Banco de Dados
  • <p style="text-align: justify;">Um manifesto poético-político-musical sobre o multiartista paraibano <strong>Pedro Osmar</strong> na luta pela liberdade que se conquista.</p>

    Pedro Osmar, prá Liberdade que se Conquista (2016)

    Um manifesto poético-político-musical sobre o multiartista paraibano Pedro Osmar na luta pela liberdade que se conquista.

  • <p style="text-align: justify;">A saga dos estudantes secundaristas de São Paulo por uma educação de qualidade. O levante do segundo semestre de 2015 contra o fechamento de 94 escolas, culminou na ocupação de mais de 200 que seriam afetadas pelas ações de precarização do ensino público engendradas pelo Governo de <strong>Geraldo Alckmin</strong> que vem perdendo apoio dia a após dia. A coragem, a autonomia, a horizontalidade, a solidariedade demonstradas pelos secundaristas e o apoio popular estão presentes! Os gritos seguem ecoando na rua talvez anunciando uma profecia já concretizada: <em>Acabou a paz, isto aqui vai virar o Chile!</em></p>

    Acabou a Paz! Isto aqui vai virar o Chile – Escolas ocupadas em São Paulo (2016)

    A saga dos estudantes secundaristas de São Paulo por uma educação de qualidade. O levante do segundo semestre de 2015 contra o fechamento de 94 escolas, culminou na ocupação de mais de 200 que seriam afetadas pelas ações de precarização do ensino público engendradas pelo Governo de Geraldo Alckmin que vem perdendo apoio dia a após dia. A coragem, a autonomia, a horizontalidade, a solidariedade demonstradas pelos secundaristas e o apoio popular estão presentes! Os gritos seguem ecoando na rua talvez anunciando uma profecia já concretizada: Acabou a paz, isto aqui vai virar o Chile!

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Égun</strong> é um filme de curta metragem de animação que busca estabelecer um diálogo entre a linguagem poética e o cinema. O filme conta a história de um pescador na busca por compreender os fatos que levaram a morte de seu pai abordando a relação entre a condição sociocultural de moradores de uma comunidade litorânea e a tradição espiritual afro-brasileira do Candomblé.</p>

    Égun – Os Mistérios do Mar (2015)

    Égun é um filme de curta metragem de animação que busca estabelecer um diálogo entre a linguagem poética e o cinema. O filme conta a história de um pescador na busca por compreender os fatos que levaram a morte de seu pai abordando a relação entre a condição sociocultural de moradores de uma comunidade litorânea e a tradição espiritual afro-brasileira do Candomblé.

  • <p style="text-align: justify;">Uma cela de cadeia abriga seis detentos. Bereco é considerado o xerife local e todos o respeitam. Portuga havia matado a esposa adúltera. Ele sonha com ela e acorda aos gritos. Todos os outros presos acordam sobressaltados. Por causa do barulho, eles pensam em currar o Portuga. Bereco intervém e pede silêncio, pois quer dormir. Portuga conta um fato do pasado de Tirica que ele descobrira na cadeia. Quando menino, no reformatório, ele fora sodomizado por Morcego. Tirica nega, mas depois confessa, alegando que fora por sobrevivência, frente à situação horrivelmente adversa do local. Os outros presos riem dele e querem currá-lo. Novamente Bereco intervém e pede silêncio, pois quer dormir. Tirica jura matar o Portuga quando ele estiver dormindo e passa um bom tempo afiando um talher no chão da cela, de modo a deixá-lo cortante. De repente, um garoto de classe média é atirado na cela. Ele se metera em uma briga no bar. Os presos o curram. Tirica se mostra impotente e é motivo de chacota no local. Seus colegas de cela acham que ele é passivo. Quando todos dormem, Tirica assassina o Portuga. Chegam dois policiais e colocam Tirica na solitária. Eles levam o garoto embora. Os presos dizem que feliz é o garoto que está livre; eles armagarão anos de carceragem na mesmice dos horrores cotidianos.</p>

    Barrela (1994)

    Uma cela de cadeia abriga seis detentos. Bereco é considerado o xerife local e todos o respeitam. Portuga havia matado a esposa adúltera. Ele sonha com ela e acorda aos gritos. Todos os outros presos acordam sobressaltados. Por causa do barulho, eles pensam em currar o Portuga. Bereco intervém e pede silêncio, pois quer dormir. Portuga conta um fato do pasado de Tirica que ele descobrira na cadeia. Quando menino, no reformatório, ele fora sodomizado por Morcego. Tirica nega, mas depois confessa, alegando que fora por sobrevivência, frente à situação horrivelmente adversa do local. Os outros presos riem dele e querem currá-lo. Novamente Bereco intervém e pede silêncio, pois quer dormir. Tirica jura matar o Portuga quando ele estiver dormindo e passa um bom tempo afiando um talher no chão da cela, de modo a deixá-lo cortante. De repente, um garoto de classe média é atirado na cela. Ele se metera em uma briga no bar. Os presos o curram. Tirica se mostra impotente e é motivo de chacota no local. Seus colegas de cela acham que ele é passivo. Quando todos dormem, Tirica assassina o Portuga. Chegam dois policiais e colocam Tirica na solitária. Eles levam o garoto embora. Os presos dizem que feliz é o garoto que está livre; eles armagarão anos de carceragem na mesmice dos horrores cotidianos.

  • <p style="text-align: justify;"><em>Roberto</em> (<strong>Chico Diaz</strong>) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, <em>Júlio</em> (<strong>Caio Castro</strong>), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio está apaixonado por uma moça ingênua (<strong>Camila Camargo</strong>) e a sustenta através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade.</p>

    Travessia (2015)

    Roberto (Chico Diaz) acabou de perder a esposa e está solitário e infeliz. Além disso, o relacionamento com seu único filho, Júlio (Caio Castro), vai de mal a pior. Um dia, após se embebedar e fracassar ao tentar contratar uma prostituta, ele acaba atropelando um garoto. Desesperado, ele coloca o menino no carro e o leva ao hospital mais próximo. Apesar do socorro imediato, Roberto precisa prestar esclarecimentos na polícia e corre o risco de ser preso. Paralelamente, Júlio está apaixonado por uma moça ingênua (Camila Camargo) e a sustenta através do tráfico de drogas em festas badaladas que ocorrem na cidade.

  • <p style="text-align: justify;">Carol é mãe e passou a ter uma <em>relação dialética</em> com a sua barriga e o seu corpo após a maternidade. Dudha quer renascer a cada a dia: pensa que não vai envelhecer. Astrid não suporta fazer escova <em>progressiva, agressiva, regressiva?</em>. Isabella gosta de homens moderníssimos!</p>

    Invólucro (2015)

    Carol é mãe e passou a ter uma relação dialética com a sua barriga e o seu corpo após a maternidade. Dudha quer renascer a cada a dia: pensa que não vai envelhecer. Astrid não suporta fazer escova progressiva, agressiva, regressiva?. Isabella gosta de homens moderníssimos!

  • <p style="text-align: justify;">O documentário <strong>Marginal</strong> acompanha o ritmo frenético das marginais de São Paulo, apresentando as várias histórias que compõem este universo único entre o asfalto e os rios. Desde a famosa <em>Marginal Tiête</em> até a <em>Marginal Pinheiros</em>, as imagem fluem em meio à insanidade das grandes avenidas, refletindo uma inusitada forma de beleza.</p>

    Marginal (2016)

    O documentário Marginal acompanha o ritmo frenético das marginais de São Paulo, apresentando as várias histórias que compõem este universo único entre o asfalto e os rios. Desde a famosa Marginal Tiête até a Marginal Pinheiros, as imagem fluem em meio à insanidade das grandes avenidas, refletindo uma inusitada forma de beleza.

  • <p style="text-align: justify;">É através de uma corriqueira e banal conversa de bar entre dois amigos que são levantados os mais diversos assuntos envoltos em temas como religião e futebol, tudo isso com a estética e o sarcasmo de <strong>Quentin Tarantino</strong>.</p>

    Ópio (2012)

    É através de uma corriqueira e banal conversa de bar entre dois amigos que são levantados os mais diversos assuntos envoltos em temas como religião e futebol, tudo isso com a estética e o sarcasmo de Quentin Tarantino.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>João Carlos Martins</strong> era uma criança com sérios problemas de saúde. Por conta disso, teve uma infância reclusa. Mas um belo dia, o piano entrou na vida de João. A partir daí, surge um garoto obstinado, que, em poucos anos, se transforma em uma das maiores promessas da musica erudita mundial. No momento que passa a ser reconhecido pela comunidade artística internacional, João sofre um acidente que afeta um nervo de seu braço e interrompe sua carreira. João não desiste e volta a tocar, mas a paralisia da mão piora e o impede de continuar. Dessa forma ele encerra sua carreira e vai se envolver com a política, onde é acusado de fraude fiscal. Quando tudo parecia estar perdido, João resolve retomar sua carreira musical e faz um enorme sucesso. Mas, por ironia do destino, João é agredido durante um assalto e sofre lesão cerebral que afeta todo seu lado direito. As dores são insuportáveis e os médicos decidem cortar o nervo da sua mão direita. Usando apenas a mão esquerda, ele realiza inúmeros concertos pelo mundo, o que causa sobrecarga na sua mão e causa um câncer. Sem desistir da sua paixão pela música, ele acaba se tornando um maestro.</p>

    A Paixão Segundo João (Em Finalização)

    João Carlos Martins era uma criança com sérios problemas de saúde. Por conta disso, teve uma infância reclusa. Mas um belo dia, o piano entrou na vida de João. A partir daí, surge um garoto obstinado, que, em poucos anos, se transforma em uma das maiores promessas da musica erudita mundial. No momento que passa a ser reconhecido pela comunidade artística internacional, João sofre um acidente que afeta um nervo de seu braço e interrompe sua carreira. João não desiste e volta a tocar, mas a paralisia da mão piora e o impede de continuar. Dessa forma ele encerra sua carreira e vai se envolver com a política, onde é acusado de fraude fiscal. Quando tudo parecia estar perdido, João resolve retomar sua carreira musical e faz um enorme sucesso. Mas, por ironia do destino, João é agredido durante um assalto e sofre lesão cerebral que afeta todo seu lado direito. As dores são insuportáveis e os médicos decidem cortar o nervo da sua mão direita. Usando apenas a mão esquerda, ele realiza inúmeros concertos pelo mundo, o que causa sobrecarga na sua mão e causa um câncer. Sem desistir da sua paixão pela música, ele acaba se tornando um maestro.

  • Teaser Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Teaser Sinopse >> Sinopse História de Kika K: atriz, comediante, estrela de campanhas publicitárias, namorada do galã do momento, provável protagonista da novela […]

    TOC – Transtornos de uma Obsessiva Compulsiva (2016)

    Teaser Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Teaser Sinopse >> Sinopse História de Kika K: atriz, comediante, estrela de campanhas publicitárias, namorada do galã do momento, provável protagonista da novela […]

  • <p style="text-align: justify;">Baseado no livro <strong>Vai na Bola, Glanderson!</strong>, de <strong>Hélio de La Peña</strong>, <strong>Correndo Atrás</strong> é ambientado nos dias atuais e começa com Ventania (<strong>Aílton Graça</strong>) se virando em diferentes bicos para conseguir ganhar dinheiro. Ele vende objetos no sinal, se veste de personagens infantis para animar as crianças e topa qualquer coisa para conseguir pagar as contas. Mas, com a grana cada vez mais curta, ele tem uma ideia e decide ser empresário de futebol e descobrir novos talentos. Para isso, vai precisar da ajuda de amigos que não querem nem vê-lo por perto porque ele deve a todo mundo.</p>

    Correndo atrás (Em Produção)

    Baseado no livro Vai na Bola, Glanderson!, de Hélio de La Peña, Correndo Atrás é ambientado nos dias atuais e começa com Ventania (Aílton Graça) se virando em diferentes bicos para conseguir ganhar dinheiro. Ele vende objetos no sinal, se veste de personagens infantis para animar as crianças e topa qualquer coisa para conseguir pagar as contas. Mas, com a grana cada vez mais curta, ele tem uma ideia e decide ser empresário de futebol e descobrir novos talentos. Para isso, vai precisar da ajuda de amigos que não querem nem vê-lo por perto porque ele deve a todo mundo.

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Espia Só

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • <p style="text-align: justify;">Documentário que investiga a violência e a natureza humana a partir da história de três personagens que tiveram seus destinos cruzados no complexo Carandiru, considerado até então o maior presídio da América Latina. Uma atriz que dedica sua vida para humanizar o sistema carcerário. A dupla de rap 509-E, formada por Dexter e Afro-X dentro do Carandiru. Um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os encarcerados. Entre a Luz e a Sombra acompanha a vida desses personagens durante sete anos, a partir do ano 2000. As temáticas da prisão, crime, violência, reintegração social extrapolam para o encontro de classes sociais distintas e as mais difusas contradições do ser humano na busca de seus ideais.</p>

    Entre a Luz e a Sombra (2009)

    Documentário que investiga a violência e a natureza humana a partir da história de três personagens que tiveram seus destinos cruzados no complexo Carandiru, considerado até então o maior presídio da América Latina. Uma atriz que dedica sua vida para humanizar o sistema carcerário. A dupla de rap 509-E, formada por Dexter e Afro-X dentro do Carandiru. Um juiz que acredita em um meio de ressocialização mais digno para os encarcerados. Entre a Luz e a Sombra acompanha a vida desses personagens durante sete anos, a partir do ano 2000. As temáticas da prisão, crime, violência, reintegração social extrapolam para o encontro de classes sociais distintas e as mais difusas contradições do ser humano na busca de seus ideais.

  • <p style="text-align: justify;">Documentário sobre a apropriação brasileira da obra de Sigmund Freud e da psicanálise. Elaborado a partir de entrevistas com leitores de Freud espalhados por cidades brasileiras e europeias. O filme toca em temas como história, tradução, cultura e linguagem e, principalmente, Freud. A diversidade da psicanálise no Brasil é o ponto forte desse filme, que de maneira peculiar nos coloca frente a frente com o fundador da psicanálise.</p>

    Hestórias da Psicanálise – Leitores de Freud (2016)

    Documentário sobre a apropriação brasileira da obra de Sigmund Freud e da psicanálise. Elaborado a partir de entrevistas com leitores de Freud espalhados por cidades brasileiras e europeias. O filme toca em temas como história, tradução, cultura e linguagem e, principalmente, Freud. A diversidade da psicanálise no Brasil é o ponto forte desse filme, que de maneira peculiar nos coloca frente a frente com o fundador da psicanálise.

  • <p style="text-align: justify;">Ana tem 17 anos e vive em uma pequena cidade na fronteira do Brasil com a Argentina, um lugar sem sinal de celular, sem internet banda larga e sem opções de lazer. Seu refúgio é "a caverna", um misto de lanhouse e sebo de livros e discos, tocada pelo misterioso argentino LP. É la que Ana conhece e se apaixona por Murilo, um amor proibido que a faz fugir na aventura de cruzar o estado de moto para participar de um festival musical.</p>

    Lua em Sagitário (2016)

    Ana tem 17 anos e vive em uma pequena cidade na fronteira do Brasil com a Argentina, um lugar sem sinal de celular, sem internet banda larga e sem opções de lazer. Seu refúgio é “a caverna”, um misto de lanhouse e sebo de livros e discos, tocada pelo misterioso argentino LP. É la que Ana conhece e se apaixona por Murilo, um amor proibido que a faz fugir na aventura de cruzar o estado de moto para participar de um festival musical.

  • <p style="text-align: justify;"><em>Aluízio Li</em>, um aficionado e alienado por filmes de artes marciais no interior do Ceará nos anos 80, vê seu mundo lúdico e inocente em xeque quando um lutador profissional aposentado (<em>Toni Tora Pleura</em>) resolve desafiar todos os <em>valentões</em> da cidade.</p>

    O Shaolin do Sertão (2016)

    Aluízio Li, um aficionado e alienado por filmes de artes marciais no interior do Ceará nos anos 80, vê seu mundo lúdico e inocente em xeque quando um lutador profissional aposentado (Toni Tora Pleura) resolve desafiar todos os valentões da cidade.

  • <p style="text-align: justify;">A invasão da <strong>Universidade de Brasília</strong> por tropas militares em 1968. A prisão de 500 estudantes, a violência contra parlamentares e outras ocorrências, culminando com a promulgação do <em>AI-5</em> e o fechamento do <em>Congresso Nacional</em>. A luta de <strong>Darcy Ribeiro</strong> no início dos anos 60 para criar e implantar a <strong>UNB</strong>. E as repetidas agressões sofridas pela UNB, desde o golpe militar de 64 até os acontecimentos de 1968, quando foram detidos numa quadra de esportes no campus cerca de 500 estudantes. A crise culminaria com o <strong>Ato Institucional nº 5</strong>, o <strong>AI-5</strong>, e o <strong>Ato Suplementar nº 38</strong>, este último pondo o <em>Congresso Nacional</em> em recesso indefinidamente.</p>

    Barra 68 – Sem perder a ternura (2000)

    A invasão da Universidade de Brasília por tropas militares em 1968. A prisão de 500 estudantes, a violência contra parlamentares e outras ocorrências, culminando com a promulgação do AI-5 e o fechamento do Congresso Nacional. A luta de Darcy Ribeiro no início dos anos 60 para criar e implantar a UNB. E as repetidas agressões sofridas pela UNB, desde o golpe militar de 64 até os acontecimentos de 1968, quando foram detidos numa quadra de esportes no campus cerca de 500 estudantes. A crise culminaria com o Ato Institucional nº 5, o AI-5, e o Ato Suplementar nº 38, este último pondo o Congresso Nacional em recesso indefinidamente.

  • <p style="text-align: justify;">Primeiro longa de ficção gravado com <em>smarthones</em> no Brasil, <strong>Charlote SP</strong> mostra contradições de São Paulo em jornada existencial da ex-modelo Charlote que, após muitos anos em Londres, volta a São Paulo em busca de um reencontro com suas memórias.</p>

    Charlote SP (2016)

    Primeiro longa de ficção gravado com smarthones no Brasil, Charlote SP mostra contradições de São Paulo em jornada existencial da ex-modelo Charlote que, após muitos anos em Londres, volta a São Paulo em busca de um reencontro com suas memórias.

Sugestões de Leitura
  • <p style="text-align: justify;">Durante mais de vinte anos 
<strong>Mazzaropi</strong> foi um dos principais produtores do cinema nacional. Ator genial e empresário astuto, o comediante atuou em 32 filmes, tendo antes acumulado uma vasta experiência no circo, teatro, rádio e televisão. <strong>Clauco Barsalini</strong> descortina, nessa importante obra, as influências artísticas que levaram à construção da personagem caipira de <strong>Mazzaropi</strong>, os segredos do sucesso do Jeca e de seu criador, e as relações simbólicas entre tal personagem e o universo social, econômico, político e cultural de sua época.</p>

    LIVRO – Mazzaropi: o Jeca do Brasil

    Durante mais de vinte anos Mazzaropi foi um dos principais produtores do cinema nacional. Ator genial e empresário astuto, o comediante atuou em 32 filmes, tendo antes acumulado uma vasta experiência no circo, teatro, rádio e televisão. Clauco Barsalini descortina, nessa importante obra, as influências artísticas que levaram à construção da personagem caipira de Mazzaropi, os segredos do sucesso do Jeca e de seu criador, e as relações simbólicas entre tal personagem e o universo social, econômico, político e cultural de sua época.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Galileu Garcia</strong>, cineasta e jornalista, que trabalhou como assistente de direção em vários dos 32 filmes de <strong>Mazzaropi</strong>, desde o primeiro <strong>Sai da Frente</strong>, relata os momentos da vida do ator e mostra uma história poética e humana.</p>

    LIVRO – Mazzaropi: o caipira mais caipira do Brasil

    Galileu Garcia, cineasta e jornalista, que trabalhou como assistente de direção em vários dos 32 filmes de Mazzaropi, desde o primeiro Sai da Frente, relata os momentos da vida do ator e mostra uma história poética e humana.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Foram 30 anos de trabalho para resumir os quase 70 anos de vida do ator e cineasta <strong>Amácio Mazzaropi</strong>. As memórias sobre o artista estão presentes no livro <strong>100 anos depois: <em>A história de Mazzaropi</em></strong> (<strong>Editora Nelpa</strong>), foi lançado em 2013 pelo escritor <strong>José Daher</strong>, de 53 anos, mais conhecido como <strong>Zé Paraibuna</strong>.</p>

    LIVRO – 100 Anos depois: A História de Mazzaropi

    Foram 30 anos de trabalho para resumir os quase 70 anos de vida do ator e cineasta Amácio Mazzaropi. As memórias sobre o artista estão presentes no livro 100 anos depois: A história de Mazzaropi (Editora Nelpa), foi lançado em 2013 pelo escritor José Daher, de 53 anos, mais conhecido como Zé Paraibuna.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Este livro propõe identificar, a partir da análise fílmica da obra de <strong>Mazzaropi</strong>, elementos que representam a cultura caipira nos anos de 1950 a 1970. Para isso, analisa fatores presentes nos filmes que, de certa forma, criam a figura do caipira no imaginário social, ao mesmo tempo, que possibilita uma abordagem prática sobre questões que foram pouco abordadas nos discursos textuais. Ocorre, então, uma leitura do mundo rural, a partir de uma linguagem cinematográfica, compreendendo as relações sociais por meio das tradições, mentalidades e costumes.</p>

    LIVRO – O Jeca Coronel, Mazzaropi e a invenção do caipira paulista nas telas do cinema

    Este livro propõe identificar, a partir da análise fílmica da obra de Mazzaropi, elementos que representam a cultura caipira nos anos de 1950 a 1970. Para isso, analisa fatores presentes nos filmes que, de certa forma, criam a figura do caipira no imaginário social, ao mesmo tempo, que possibilita uma abordagem prática sobre questões que foram pouco abordadas nos discursos textuais. Ocorre, então, uma leitura do mundo rural, a partir de uma linguagem cinematográfica, compreendendo as relações sociais por meio das tradições, mentalidades e costumes.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Ao propor e realizar, com o apoio da <strong>Universidade de Taubaté</strong>, o projeto <strong>Mazzaropi: <em>a imagem de um caipira</em></strong>, o <strong>SESC-SP</strong> reafirma seu compromisso para com a memória da cultura brasileira. Compromisso que anda longe de exaurir-se no registro linear e rememorativo. Que vai além, em busca das conexões entre a obra e o contexto específico que lhe serve de origem.</p>

    LIVRO – Mazzaropi: a imagem de um caipira

    Ao propor e realizar, com o apoio da Universidade de Taubaté, o projeto Mazzaropi: a imagem de um caipira, o SESC-SP reafirma seu compromisso para com a memória da cultura brasileira. Compromisso que anda longe de exaurir-se no registro linear e rememorativo. Que vai além, em busca das conexões entre a obra e o contexto específico que lhe serve de origem.

    Continue Lendo...

  • A Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), o Canal Brasil e a Editora Letramento lançam o livro “100 Melhores Filmes Brasileiros” durante o 44º Festival de Cinema de Gramado. […]

    LIVRO – 100 Melhores Filmes do Cinema Brasileiro

    A Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine), o Canal Brasil e a Editora Letramento lançam o livro “100 Melhores Filmes Brasileiros” durante o 44º Festival de Cinema de Gramado. […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Escrito pela jornalista <strong>Débora Aguillar</strong> e pelo escritor <strong>Paulo Cesar Ribeiro</strong>, o livro é baseado nos depoimentos de <strong>Antônio Aguillar</strong>, figura emblemática do rádio e da televisão brasileira dos anos 1960. Presente em vários momentos históricos do período, Aguillar obteve um estrondoso sucesso na <em>Rádio Nacional</em> com o programa <em>Ritmos para a Juventude</em>, líder de audiência em todo o país e que rendeu ao radialista a alcunha de <em>timoneiro da juventude</em>.</p>

    LIVRO – Histórias da Jovem Guarda

    Escrito pela jornalista Débora Aguillar e pelo escritor Paulo Cesar Ribeiro, o livro é baseado nos depoimentos de Antônio Aguillar, figura emblemática do rádio e da televisão brasileira dos anos 1960. Presente em vários momentos históricos do período, Aguillar obteve um estrondoso sucesso na Rádio Nacional com o programa Ritmos para a Juventude, líder de audiência em todo o país e que rendeu ao radialista a alcunha de timoneiro da juventude.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: As Máscaras do Pavor Autor: Rubens Francisco Lucchetti Editora: Devaneio | Editorial Corvo Ano da Edição: Encadernação: Brochura | cm […]

    LIVRO – As Máscaras do Pavor

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: As Máscaras do Pavor Autor: Rubens Francisco Lucchetti Editora: Devaneio | Editorial Corvo Ano da Edição: Encadernação: Brochura | cm […]

    Continue Lendo...