Banco de Dados
  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cine Rio Branco</strong> é um curta documentário que conta a história de um dos mais antigos cinemas do Brasil, o majestoso <strong>Rio Branco</strong>, fundado em 1927, situado na cidade de Nazaré das Farinhas.</p>

    Cine Rio Branco – Documentário (2017)

    Cine Rio Branco é um curta documentário que conta a história de um dos mais antigos cinemas do Brasil, o majestoso Rio Branco, fundado em 1927, situado na cidade de Nazaré das Farinhas.

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse . Elenco >> Elenco Maitê Proença Gabriel Godoy << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, […]

    Sinopse (Em Produção)

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse . Elenco >> Elenco Maitê Proença Gabriel Godoy << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, […]

  • <p style="text-align: justify;"><em>Feliciano</em>, nordestino e de aproximadamente 40 anos, está em um bar onde conhece um homem que se apresenta como <em>Morte</em>. Surpreso com a notícia de que não está mais entre os vivos, ele relembra os principais momentos de sua existência, onde o passado e o presente se misturam.</p>

    A Dança de Feliciano (2013)

    Feliciano, nordestino e de aproximadamente 40 anos, está em um bar onde conhece um homem que se apresenta como Morte. Surpreso com a notícia de que não está mais entre os vivos, ele relembra os principais momentos de sua existência, onde o passado e o presente se misturam.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>São Paulo, sinfonia da metrópole</strong> é um documentário que retrata a cidade de São Paulo no final da década de vinte. Para a realização do filme os diretores <strong>Rodolfo Lustig</strong> e <strong>Adalberto Kemeny</strong> inspiraram-se na idéia de <strong><em>Berlim: sinfonia da metrópole</em></strong> (1927) (<strong><em>Berlin: Die Sinfonie der Großstadt</em></strong> – 1927), documentário dirigido pelo alemão <strong>Walter Ruttmann</strong>.</p>

    São Paulo, Sinfonia da metrópole (1929)

    São Paulo, sinfonia da metrópole é um documentário que retrata a cidade de São Paulo no final da década de vinte. Para a realização do filme os diretores Rodolfo Lustig e Adalberto Kemeny inspiraram-se na idéia de Berlim: sinfonia da metrópole (1927) (Berlin: Die Sinfonie der Großstadt – 1927), documentário dirigido pelo alemão Walter Ruttmann.

  • <p style="text-align: justify;"><em>Ognatoque</em> é uma cidade como outra qualquer, onde pessoas se afogam em rios, tecem teias disformes, respiram um ar descompassado e mentem prá quem estiver disposto a ouvir.</p>

    As ruas de Ognatoque (2013)

    Ognatoque é uma cidade como outra qualquer, onde pessoas se afogam em rios, tecem teias disformes, respiram um ar descompassado e mentem prá quem estiver disposto a ouvir.

  • Sem recursos para o aluguel de outro apartamento, dois velhinhos resolvem suicidar-se depois de receberem uma intimação de despejo.

    Denúncia Vazia (1979)

    Sem recursos para o aluguel de outro apartamento, dois velhinhos resolvem suicidar-se depois de receberem uma intimação de despejo.

  • <p style="text-align: justify;">Aitaré namora Cora, uma moça da aldeia. Numa viagem de jangada em dia tempestuoso, ele salva o roco Coronel Felipe Rosa e sua filha, que ficam retidos nessa pequena aldeia de pescadores até a chegada de um barco, que os leva de volta à cidade de Recife. Por causa das intrigas, Cora e Aitaré se desentendem. Somente cinco anos mais tarde, tudo será esclarecido e eles se reconciliarão.</p>

    Aitaré da Praia (1925)

    Aitaré namora Cora, uma moça da aldeia. Numa viagem de jangada em dia tempestuoso, ele salva o roco Coronel Felipe Rosa e sua filha, que ficam retidos nessa pequena aldeia de pescadores até a chegada de um barco, que os leva de volta à cidade de Recife. Por causa das intrigas, Cora e Aitaré se desentendem. Somente cinco anos mais tarde, tudo será esclarecido e eles se reconciliarão.

  • Malandro e aproveitador, Ancelmo (<strong>Leandro Hassum</strong>) morre e acaba ficando preso no limbo. Para garantir seu lugar no céu, ele precisa praticar uma boa ação e bancar o cupido, pois recebe a missão de unir um homem (<strong>Bruno Garcia</strong>) e uma mulher (<strong>Flávia Alessandra</strong>) com personalidades muito divergentes.

    O amor dá trabalho (Em Produção)

    Malandro e aproveitador, Ancelmo (Leandro Hassum) morre e acaba ficando preso no limbo. Para garantir seu lugar no céu, ele precisa praticar uma boa ação e bancar o cupido, pois recebe a missão de unir um homem (Bruno Garcia) e uma mulher (Flávia Alessandra) com personalidades muito divergentes.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Desabafo</strong> conta a história de três casais em crise, vivendo momentos cruciais em suas vidas. Cada família representando uma classe social e um grupo de valores, um conjunto de objetivos. A tediosa opulência da riqueza, a frustração de uma classe média focada em metas, a difícil tarefa de lidar com as limitações impostas pela pobreza. De alguma forma, essas vidas representam a todos nós. Juntas as histórias revelam o quadro de uma sociedade em declínio.</p>

    Desabafo (2016)

    Desabafo conta a história de três casais em crise, vivendo momentos cruciais em suas vidas. Cada família representando uma classe social e um grupo de valores, um conjunto de objetivos. A tediosa opulência da riqueza, a frustração de uma classe média focada em metas, a difícil tarefa de lidar com as limitações impostas pela pobreza. De alguma forma, essas vidas representam a todos nós. Juntas as histórias revelam o quadro de uma sociedade em declínio.

  • <p style="text-align: justify;">Um grupo de universitárias, em busca de lazer, resolve acampar a beira mar. Por motivos de segurança, procuram instalar-se num camping repleto de barracas. Ao lado, numa barraca, está a família de Adilson um jovem que tentado se aproximar do grupo oferece ajuda para alguma eventualidade. Na verdade, Adilson está interessado em Belinda, uma das moças. Durante um passeio noturno, Belinda e Adilson, assistem um ritual de umbanda, presidido por Mãe Joana. Belinda se integra ao ritual e incorpora uma entidade. Mãe Joana a aceita como uma afilhada, dentro dos preceitos do culto. Um perigoso bandido e seus comparsas conseguem fugir de um Presídio onde cumprem pena e buscam refúgio no camping. A chegada do bando ao acampamento desencadeia cenas de sexo e violência".</p>

    Belinda dos orixás na praia dos desejos (1979)

    Um grupo de universitárias, em busca de lazer, resolve acampar a beira mar. Por motivos de segurança, procuram instalar-se num camping repleto de barracas. Ao lado, numa barraca, está a família de Adilson um jovem que tentado se aproximar do grupo oferece ajuda para alguma eventualidade. Na verdade, Adilson está interessado em Belinda, uma das moças. Durante um passeio noturno, Belinda e Adilson, assistem um ritual de umbanda, presidido por Mãe Joana. Belinda se integra ao ritual e incorpora uma entidade. Mãe Joana a aceita como uma afilhada, dentro dos preceitos do culto. Um perigoso bandido e seus comparsas conseguem fugir de um Presídio onde cumprem pena e buscam refúgio no camping. A chegada do bando ao acampamento desencadeia cenas de sexo e violência”.

  • <p style="text-align: justify;">Filme baseado no livro do jornalista <strong>Mário Magalhães</strong>, investiga as várias facetas do biografado. Em ritmo de <em>thriller</em>, reconstitui com realismo desconcertante passagens pela prisão, resistência à tortura, operações de espionagem na Guerra Fria e assaltos da guerrilha a bancos, carros-fortes e trem-pagador. Mas também recupera a célebre prova de física respondida em versos no Ginásio da Bahia e poemas de amor.</p>

    Marighella – o guerreiro que incendiou o mundo (Em Produção)

    Filme baseado no livro do jornalista Mário Magalhães, investiga as várias facetas do biografado. Em ritmo de thriller, reconstitui com realismo desconcertante passagens pela prisão, resistência à tortura, operações de espionagem na Guerra Fria e assaltos da guerrilha a bancos, carros-fortes e trem-pagador. Mas também recupera a célebre prova de física respondida em versos no Ginásio da Bahia e poemas de amor.

  • <p style="text-align: justify;">São José do Egito fica no Sertão pernambucano, próximo a fronteira com a Paraíba. Este documentário retrata os artistas locais e a tradição de poesia musical.</p>

    Não tem só mandacaru (2016)

    São José do Egito fica no Sertão pernambucano, próximo a fronteira com a Paraíba. Este documentário retrata os artistas locais e a tradição de poesia musical.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Raul Torres</strong> foi um dos grandes compositores e pesquisadores da música caipira na primeira metade do século XX. Através de depoimentos de músicos e pesquisadores, o documentário relembra sua história e sua importância para o enraizamento da música caipira no cenário musical.</p>

    Eu sou Raul Torres (2015)

    Raul Torres foi um dos grandes compositores e pesquisadores da música caipira na primeira metade do século XX. Através de depoimentos de músicos e pesquisadores, o documentário relembra sua história e sua importância para o enraizamento da música caipira no cenário musical.

  • <p style="text-align: justify;">Filme de aniamção dirigido por <strong>Stil</strong> e <strong>Antonio Moreno</strong>.</p>

    Reflexos

    Filme de aniamção dirigido por Stil e Antonio Moreno.

  • <p style="text-align: justify;">Um dos grandes campeões de público do cinema brasileiro, o ator <strong>Leandro Hassum</strong> está de volta no papel do melhor comediante do país. Em <strong>Chorar de Rir</strong>, o ator interpreta <em>Nilo Perequê</em>, o humorista número 1 do Brasil. Apesar do sucesso, ele está decidido a dar uma guinada na carreira e resolve se dedicar ao drama. Essa decisão afetará todos ao seu redor: seu cunhado e empresário, Jaimelito (<strong>Otávio Müller</strong>), seus pais, Romeu (<strong>Perfeito Fortuna</strong>) e Julieta (<strong>Jandira Martini</strong>), sua irmã, Kitty (<strong>Natália Lage</strong>), seu grande amor, a atriz Bárbara (<strong>Monique Alfradique</strong>), e até seu arquirrival, o comediante Jotapê Santana (<strong>Rafael Portugal</strong>). O elenco conta ainda com as participações especiais de <strong>Felipe Rocha</strong> e <strong>Sidney Magal</strong>.</p>

    Chorar de rir (Em Produção)

    Um dos grandes campeões de público do cinema brasileiro, o ator Leandro Hassum está de volta no papel do melhor comediante do país. Em Chorar de Rir, o ator interpreta Nilo Perequê, o humorista número 1 do Brasil. Apesar do sucesso, ele está decidido a dar uma guinada na carreira e resolve se dedicar ao drama. Essa decisão afetará todos ao seu redor: seu cunhado e empresário, Jaimelito (Otávio Müller), seus pais, Romeu (Perfeito Fortuna) e Julieta (Jandira Martini), sua irmã, Kitty (Natália Lage), seu grande amor, a atriz Bárbara (Monique Alfradique), e até seu arquirrival, o comediante Jotapê Santana (Rafael Portugal). O elenco conta ainda com as participações especiais de Felipe Rocha e Sidney Magal.

  • <p style="text-align: justify;">Esta é a história da cantora <strong>Clemilda Ferreira da Silva</strong>, a <em>Rainha do Forró</em> e da <em>música de duplo sentido</em>. Nascida em São José da Laje (AL), ela foi um grande referência da cultura popular brasileira. O filme apresenta vasto material de arquivo e soma entrevistas com músicos, amigos, familiares e produtores que conviveram com a cantora. Uma história cheia de bom humor mas também com muitos nuances de sociais.</p>

    Morena dos Olhos Pretos (2016)

    Esta é a história da cantora Clemilda Ferreira da Silva, a Rainha do Forró e da música de duplo sentido. Nascida em São José da Laje (AL), ela foi um grande referência da cultura popular brasileira. O filme apresenta vasto material de arquivo e soma entrevistas com músicos, amigos, familiares e produtores que conviveram com a cantora. Uma história cheia de bom humor mas também com muitos nuances de sociais.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Maurício Maia</strong> é um músico amador, autodidata. Vive na Baixada Fluminense, suburbio do Rio de Janeiro. Cada vez que quer tocar piano, ele empreende uma viagem desde a periferia até ao centro da cidade. Maurício acredita que a sua música vai guiar o seu futuro, ter um piano é fundamental.</p>

    Piano Forte (2017)

    Maurício Maia é um músico amador, autodidata. Vive na Baixada Fluminense, suburbio do Rio de Janeiro. Cada vez que quer tocar piano, ele empreende uma viagem desde a periferia até ao centro da cidade. Maurício acredita que a sua música vai guiar o seu futuro, ter um piano é fundamental.

  • <p style="text-align: justify;"><em>82 minutos</em> é o tempo exato que uma escola de samba tem para fazer seu desfile no Rio de Janeiro. Para saber o que há por trás deste momento, o diretor <strong>Nelson Hoineff</strong> acompanha o dia a dia da <em>Portela</em>, que prepara sua entrada na avenida no <em>Carnaval 2015</em>. O processo criativo, a escolha do enredo, do samba, das fantasias, das alegorias até a apuração dos votos, na <em>Quarta-Feira de Cinzas</em>, todos os passos estão aqui.</p>

    82 minutos (2016)

    82 minutos é o tempo exato que uma escola de samba tem para fazer seu desfile no Rio de Janeiro. Para saber o que há por trás deste momento, o diretor Nelson Hoineff acompanha o dia a dia da Portela, que prepara sua entrada na avenida no Carnaval 2015. O processo criativo, a escolha do enredo, do samba, das fantasias, das alegorias até a apuração dos votos, na Quarta-Feira de Cinzas, todos os passos estão aqui.

Sugestões de Leitura
  • <p style="text-align: justify;">O caminho mais comum para a realização de filmes de longa-metragem e outras obras audiovisuais no Brasil é a captação de recursos pelas leis de incentivo fiscais. No entanto, o caminho é confuso, pois existe um conjunto de mecanismos de incentivo e a leitura da legislação e dos regulamentos disponíveis é árida. Numa linguagem acessível, de forma didática, o autor <strong>Marcelo Ikeda</strong> dá exemplos práticos, descreve os mecanismos, seus percentuais de dedução fiscal para o investidor e apresenta os tipos de projetos que podem ser enquadrados em cada mecanismo.</p>

    LIVRO – Leis de Incentivo para o audiovisual: como captar recursos para o projeto de uma obra de cinema e video

    O caminho mais comum para a realização de filmes de longa-metragem e outras obras audiovisuais no Brasil é a captação de recursos pelas leis de incentivo fiscais. No entanto, o caminho é confuso, pois existe um conjunto de mecanismos de incentivo e a leitura da legislação e dos regulamentos disponíveis é árida. Numa linguagem acessível, de forma didática, o autor Marcelo Ikeda dá exemplos práticos, descreve os mecanismos, seus percentuais de dedução fiscal para o investidor e apresenta os tipos de projetos que podem ser enquadrados em cada mecanismo.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O livro que todo fotógrafo, editor de vídeo e cinema precisa ler! Descubra os segredos da correção de cor para não perder tempo e não perder dinheiro. Este livro do aclamado diretor de fotografia <strong>Edgar Moura</strong>, convida fotógrafos, produtores e diretores de cinema a entrarem no mundo da correção de cor. Esta obra ensina como funciona todo o processo de ajuste de cores para filmes, vídeos e fotos. O livro possui um conteúdo riquíssimo e será um divisor de águas na forma de você ver, entender e corrigir imagens. O prefácio do livro é do renomado autor de novelas, <strong>Gilberto Braga</strong>.</p>

    LIVRO – Da cor

    O livro que todo fotógrafo, editor de vídeo e cinema precisa ler! Descubra os segredos da correção de cor para não perder tempo e não perder dinheiro. Este livro do aclamado diretor de fotografia Edgar Moura, convida fotógrafos, produtores e diretores de cinema a entrarem no mundo da correção de cor. Esta obra ensina como funciona todo o processo de ajuste de cores para filmes, vídeos e fotos. O livro possui um conteúdo riquíssimo e será um divisor de águas na forma de você ver, entender e corrigir imagens. O prefácio do livro é do renomado autor de novelas, Gilberto Braga.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A política e a economia do <em>Segundo Império</em> vistas por intermédio da biografia de <strong>Irineu Evangelista de Sousa</strong>, barão e visconde de Mauá, um empresário exemplar.</p>

    LIVRO – Mauá: Empresário do Império

    A política e a economia do Segundo Império vistas por intermédio da biografia de Irineu Evangelista de Sousa, barão e visconde de Mauá, um empresário exemplar.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">"... e estava assim na janela, quando ela veio por trás e se enroscou de novo em mim, passando desenvolta a corda dos braços pelo meu pescoço, mas eu com jeito, usando de leve os cotovelos, amassando um pouco seus firmes seios, acabei dividindo com ela a prisão a que estava sujeito, e, lado a lado, entrelaçados, os dois passamos, aos poucos, a trançar os passos, e foi assim que fomos diretamente pro chuveiro."
"O corpo antes da roupa", afirma o personagem de Um copo de cólera ao narrar o que acontece numa manhã qualquer, depois de uma noite de amor, quando a aparente harmonia entre ele e sua parceira se rompe de repente. Tensa, contundente, a linguagem de Um copo de cólera alcança tal intensidade e vibração que faz desta narrativa uma obra singular da literatura brasileira, um clássico dos nossos tempos.</p>

    LIVRO – Um copo de cólera

    "... e estava assim na janela, quando ela veio por trás e se enroscou de novo em mim, passando desenvolta a corda dos braços pelo meu pescoço, mas eu com jeito, usando de leve os cotovelos, amassando um pouco seus firmes seios, acabei dividindo com ela a prisão a que estava sujeito, e, lado a lado, entrelaçados, os dois passamos, aos poucos, a trançar os passos, e foi assim que fomos diretamente pro chuveiro." "O corpo antes da roupa", afirma o personagem de Um copo de cólera ao narrar o que acontece numa manhã qualquer, depois de uma noite de amor, quando a aparente harmonia entre ele e sua parceira se rompe de repente. Tensa, contundente, a linguagem de Um copo de cólera alcança tal intensidade e vibração que faz desta narrativa uma obra singular da literatura brasileira, um clássico dos nossos tempos.

    Continue Lendo...

  • Numa época em que são travados inúmeros debates sobre os espaços públicos destinados à sociabilidade, parece oportuno refletir sobre a habitação de memórias e espaços comuns das cidades. E é nesse contexto que se encontra o conteúdo do livro <strong>Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: <em>memórias do Cine São Luiz</em></strong>.

    LIVRO – Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: memórias do Cine São Luiz

    Numa época em que são travados inúmeros debates sobre os espaços públicos destinados à sociabilidade, parece oportuno refletir sobre a habitação de memórias e espaços comuns das cidades. E é nesse contexto que se encontra o conteúdo do livro Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: memórias do Cine São Luiz.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Avaliar o ciclo dos governos dos presidentes <strong>Luiz Inácio Lula da Silva</strong> e <strong>Dilma Rousseff</strong> é tarefa complexa e essencial ao mesmo tempo. Abrange aspectos históricos, conjunturais e conceituais, e se insere no contexto internacional. Este livro tem esse espectro, uma contribuição de diferentes opiniões — quadros partidários, professores universitários, especialistas em vários temas constantes desta coletânea — que buscam compreender o significado daquela experiência, procurando situar os acontecimentos em seus devidos contextos. A síntese dessa abordagem é um painel que mostra o <strong>Ciclo Lula-Dilma</strong> como acontecimento de grande amplitude, de notável legado ao país e ao povo, resultado do protagonismo da esquerda à frente de governo nacional constituído de construções políticas amplas, embora com limitações ditadas pelas circunstâncias da época — além de erros e insuficiências.</p>

    LIVRO – Governos Lula e Dilma: o ciclo golpeado

    Avaliar o ciclo dos governos dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff é tarefa complexa e essencial ao mesmo tempo. Abrange aspectos históricos, conjunturais e conceituais, e se insere no contexto internacional. Este livro tem esse espectro, uma contribuição de diferentes opiniões — quadros partidários, professores universitários, especialistas em vários temas constantes desta coletânea — que buscam compreender o significado daquela experiência, procurando situar os acontecimentos em seus devidos contextos. A síntese dessa abordagem é um painel que mostra o Ciclo Lula-Dilma como acontecimento de grande amplitude, de notável legado ao país e ao povo, resultado do protagonismo da esquerda à frente de governo nacional constituído de construções políticas amplas, embora com limitações ditadas pelas circunstâncias da época — além de erros e insuficiências.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse As curvas do tempo, é o livro de memórias de Oscar Niemeyer, uma das maiores personalidades deste século. A Editora Revan apresenta uma bela edição ilustrada […]

    LIVRO – As curvas do tempo

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse As curvas do tempo, é o livro de memórias de Oscar Niemeyer, uma das maiores personalidades deste século. A Editora Revan apresenta uma bela edição ilustrada […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Jurada de programa de calouros, cantora de prestígio, principal intérprete de Noel Rosa, frequentadora das altas rodas da malandragem e do high society carioca. Em <strong>Aracy de Almeida – não tem tradução</strong>, o jornalista <strong>Eduardo Logullo</strong> apresenta as diversas facetas de uma das maiores artistas brasileiras. São trechos de entrevistas e programas de TV, frases de efeito, além de depoimentos de alguns dos principais nomes da cultura nacional, como <strong>Caetano Veloso</strong>, <strong>Jorge Mautner</strong>, <strong>Elza Soares</strong>, <strong>Ary Barroso</strong>, <strong>Carmen Miranda</strong>, <strong>Mario de Andrade</strong>, entre tantos outros.</p>

    LIVRO – Aracy de Almeida: não tem tradução

    Jurada de programa de calouros, cantora de prestígio, principal intérprete de Noel Rosa, frequentadora das altas rodas da malandragem e do high society carioca. Em Aracy de Almeida – não tem tradução, o jornalista Eduardo Logullo apresenta as diversas facetas de uma das maiores artistas brasileiras. São trechos de entrevistas e programas de TV, frases de efeito, além de depoimentos de alguns dos principais nomes da cultura nacional, como Caetano Veloso, Jorge Mautner, Elza Soares, Ary Barroso, Carmen Miranda, Mario de Andrade, entre tantos outros.

    Continue Lendo...