Banco de Dados
  • <p style="text-align: justify;">O que água e rios podem revelar sobre nós? O filme sugere uma mudança em nossa relação com a água, o que, e conseqüentemente, provocará mudanças em nossos rios e cidades.</p>

    Detox SP (2017)

    O que água e rios podem revelar sobre nós? O filme sugere uma mudança em nossa relação com a água, o que, e conseqüentemente, provocará mudanças em nossos rios e cidades.

  • <p style="text-align: justify;">Em 1997, quatro amigos encaram os deveres escolares e os primeiros grandes amores. Mas nessa jornada para a vida adulta, eles vão descobrir algo que não se ensina nos livros do colégio nem nas revistas masculinas: o valor da verdadeira amizade. Um filme divertido e sincero sobre a adolescência nos anos 90.</p>

    Em 97 era assim (2018)

    Em 1997, quatro amigos encaram os deveres escolares e os primeiros grandes amores. Mas nessa jornada para a vida adulta, eles vão descobrir algo que não se ensina nos livros do colégio nem nas revistas masculinas: o valor da verdadeira amizade. Um filme divertido e sincero sobre a adolescência nos anos 90.

  • <p style="text-align: justify;">Batista e Maria formam um casal que, aparentemente, é muito feliz em seu casamento. No entanto, as aparências enganam e muito; no fundo, Batista, um alcoólatra inveterado e Maria, que tem um caso com o namorado de sua filha mais velha, Emília, representam uma família que está à beira das ruínas.</p>

    Canastra Suja (2018)

    Batista e Maria formam um casal que, aparentemente, é muito feliz em seu casamento. No entanto, as aparências enganam e muito; no fundo, Batista, um alcoólatra inveterado e Maria, que tem um caso com o namorado de sua filha mais velha, Emília, representam uma família que está à beira das ruínas.

  • <p style="text-align: justify;">A história de Wellington, um jovem morador do <em>Complexo do Alemão</em> que criou um projeto de surfe e dedica seus finais de semana levando as crianças da comunidade para surfar na praia do <em>Recreio Dos Bandeirantes</em>, que fica a cerca de 50KMs do <em>Complexo do Alemão</em>. Você ira conhecer e se emocionar com as histórias e Wellington e seus alunos.</p>

    Surf no Alemão

    A história de Wellington, um jovem morador do Complexo do Alemão que criou um projeto de surfe e dedica seus finais de semana levando as crianças da comunidade para surfar na praia do Recreio Dos Bandeirantes, que fica a cerca de 50KMs do Complexo do Alemão. Você ira conhecer e se emocionar com as histórias e Wellington e seus alunos.

  • <p style="text-align: justify;">Uma região da Bahia é marcada pelo machismo e pela homofobia. É lá que Gilmar e Igor vivem um relacionamento escondido. Ao saberem que Mila está grávida, os dois se unem a ela e formam uma família fora dos padrões.</p>

    A Cidade do Futuro (2016)

    Uma região da Bahia é marcada pelo machismo e pela homofobia. É lá que Gilmar e Igor vivem um relacionamento escondido. Ao saberem que Mila está grávida, os dois se unem a ela e formam uma família fora dos padrões.

  • <p style="text-align: justify;">Filho retorna a sua casa de infância para cuidar da mãe em seus últimos dias de vida.</p>

    Quando os Dias Eram Eternos (2016)

    Filho retorna a sua casa de infância para cuidar da mãe em seus últimos dias de vida.

  • <p style="text-align: justify;">Nelson, um jornalista cético e desiludido, está tendo experiências estranhas. O velho cientista que mora em seu prédio tenta o convencer de que esses acontecimentos estão ligados a um antigo estudo sobre a viagem no tempo. Maria, esposa de Nelson recebe um diário de bordo que revela uma comunicação atemporal entre eles.</p>

    Rio Mumbai (2018)

    Nelson, um jornalista cético e desiludido, está tendo experiências estranhas. O velho cientista que mora em seu prédio tenta o convencer de que esses acontecimentos estão ligados a um antigo estudo sobre a viagem no tempo. Maria, esposa de Nelson recebe um diário de bordo que revela uma comunicação atemporal entre eles.

  • <p style="text-align: justify;">Depois do ataque ao jornal <em>Charlie Hebdo</em> em Paris, Ivan, o filho fútil de um importante jornalista argentino, embarca em uma jornada, perseguindo diferentes eventos e conflitos geopolíticos ao redor do mundo. No entanto, encontrar os acontecimentos na linha de frente é uma tarefa árdua. E ainda mais difícil do que se tornar um correspondente de guerra é marcar as fronteiras entre sua vida e o egocentrismo que guia Ivan, seu pai e os conflitos globais da atualidade.</p>

    Los Territorios (2017)

    Depois do ataque ao jornal Charlie Hebdo em Paris, Ivan, o filho fútil de um importante jornalista argentino, embarca em uma jornada, perseguindo diferentes eventos e conflitos geopolíticos ao redor do mundo. No entanto, encontrar os acontecimentos na linha de frente é uma tarefa árdua. E ainda mais difícil do que se tornar um correspondente de guerra é marcar as fronteiras entre sua vida e o egocentrismo que guia Ivan, seu pai e os conflitos globais da atualidade.

  • <p style="text-align: justify;">O filme acompanha o percurso do Rio Paraíba do Sul, da nascente à boca, mostrando sua importância histórica e, especialmente, sua importância atual para produção de alimentos e energia para o sudeste brasileiro.</p>

    Caminho do Mar (2017)

    O filme acompanha o percurso do Rio Paraíba do Sul, da nascente à boca, mostrando sua importância histórica e, especialmente, sua importância atual para produção de alimentos e energia para o sudeste brasileiro.

  • <p style="text-align: justify;">As cidades foram feitas para as mulheres? O filme narra a história de Raquel, Rosa e Teresa, moradoras de três cidades brasileiras, que, por meio de ativismo, arte e poesia resistem e propõem novas formas de (con)viver no espaço público.</p>

    Chega de Fiu-Fiu (2018)

    As cidades foram feitas para as mulheres? O filme narra a história de Raquel, Rosa e Teresa, moradoras de três cidades brasileiras, que, por meio de ativismo, arte e poesia resistem e propõem novas formas de (con)viver no espaço público.

  • <p style="text-align: justify;"><em>Diamantino</em> é uma estrela do futebol mundial, até que, de repente, perde todo o seu talento e se aposenta como um fracasso aos olhos da opinião pública. A partir disso, o ex-craque passa a procurar um novo propósito para a sua vida. Inicialmente ele resolve confrontar o neo-fascismo, em seguida se envolve com a crise dos refugiados, chegando na questão da modificação genética até a busca pela origem do genial.</p>

    Diamantino (2018)

    Diamantino é uma estrela do futebol mundial, até que, de repente, perde todo o seu talento e se aposenta como um fracasso aos olhos da opinião pública. A partir disso, o ex-craque passa a procurar um novo propósito para a sua vida. Inicialmente ele resolve confrontar o neo-fascismo, em seguida se envolve com a crise dos refugiados, chegando na questão da modificação genética até a busca pela origem do genial.

  • <p style="text-align: justify;">O Brasil é o país com o maior número de cesáreas no mundo. O documentário busca elucidar os mitos e torno do parto normal e divulgar os cuidados para a realização dele.  Violência obstétrica, o SUS que dá certo, parto de gêmeos, parto pélvico e o sistema universal no Reino Unido. Um filme pra todo mundo que nasceu.</p>

    O renascimento do parto 2 (2018)

    O Brasil é o país com o maior número de cesáreas no mundo. O documentário busca elucidar os mitos e torno do parto normal e divulgar os cuidados para a realização dele. Violência obstétrica, o SUS que dá certo, parto de gêmeos, parto pélvico e o sistema universal no Reino Unido. Um filme pra todo mundo que nasceu.

  • <p style="text-align: justify;">O documentário apresenta <strong>Marcos Medeiros</strong>, um personagem esquecido da nossa história que foi líder estudantil em 1968. Preso, torturado, cassado e exilado na Europa, <strong>Marcos</strong> começou a se dedicar ao cinema, tendo feito curtas com <strong>Chris Marker</strong> na França, um longa com <strong>Glauber Rocha</strong> em Cuba, e depois trabalhado na Itália com <strong>Roberto Rosselini</strong>. De volta ao Brasil, nos anos 80, com a anistia, <strong>Marcos</strong> inicia um trabalho pioneiro em vídeo, mas não encontra um espaço para viabilizar sua arte que não se identificava com o main stream. A incapacidade de se inserir numa sociedade burquesa e sem utopias leva <strong>Marcos</strong> à depresão. Morre em 1997 depois de uma longa internação no <em>Pinel</em>.</p>

    Marcos Medeiros, Codinome Vampiro (2018)

    O documentário apresenta Marcos Medeiros, um personagem esquecido da nossa história que foi líder estudantil em 1968. Preso, torturado, cassado e exilado na Europa, Marcos começou a se dedicar ao cinema, tendo feito curtas com Chris Marker na França, um longa com Glauber Rocha em Cuba, e depois trabalhado na Itália com Roberto Rosselini. De volta ao Brasil, nos anos 80, com a anistia, Marcos inicia um trabalho pioneiro em vídeo, mas não encontra um espaço para viabilizar sua arte que não se identificava com o main stream. A incapacidade de se inserir numa sociedade burquesa e sem utopias leva Marcos à depresão. Morre em 1997 depois de uma longa internação no Pinel.

  • <p style="text-align: justify;">O solitário Tony viaja até o extremo sul do país para um funeral. Ele acaba se atrasando e perde a cerimônia, mas conhece Blanca, com quem começa uma relação imprevista.</p>

    A superfície da sombra (2018)

    O solitário Tony viaja até o extremo sul do país para um funeral. Ele acaba se atrasando e perde a cerimônia, mas conhece Blanca, com quem começa uma relação imprevista.

  • <p style="text-align: justify;">Inspirado em casos reais, o filme relata o drama de Jonathas, menino negro e pobre que acaba preterido nos processo de adoção por ser diferente.</p>

    O Órfão (2018)

    Inspirado em casos reais, o filme relata o drama de Jonathas, menino negro e pobre que acaba preterido nos processo de adoção por ser diferente.

  • <p style="text-align: justify;">Nascido de mais de 80 entrevistas com famílias colombianas e filmado na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, o longa <strong>Los Silencios</strong> narra a jornada de Amparo, que foge do conflito armado em seu país e se abriga com os dois filhos pequenos em uma pequena ilha com casas de palafita no Rio Amazonas.</p>

    Los Silencios (2018)

    Nascido de mais de 80 entrevistas com famílias colombianas e filmado na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, o longa Los Silencios narra a jornada de Amparo, que foge do conflito armado em seu país e se abriga com os dois filhos pequenos em uma pequena ilha com casas de palafita no Rio Amazonas.

  • <p style="text-align: justify;">É noite e a calma reina na floresta que circunda a cidade. Quando os vivos dormem, a floresta acorda. <em>Ihjãc</em>, um jovem indígena <em>Krahô</em> que mora no norte do Brasil, tem pesadelos desde que perdeu o pai. Ele anda no escuro, seu corpo suado se move com cautela. Quando uma canção distante é ouvida através das palmeiras, é a voz de seu pai desaparecido que chama seu filho da cachoeira, porque chegou a hora de organizar a cerimônia fúnebre que conclui o duelo e permite que seu espírito alcance a cidade. dos mortos. <em>Ihjãc</em> decide fugir para a cidade para escapar de seu dever e não se tornar um <em>xamã</em>. Longe de seu povo e sua cultura, ele enfrenta a dura realidade que é sua, sendo um aborígene no Brasil hoje.</p>

    Chuva é cantoria na aldeia dos mortos (2018)

    É noite e a calma reina na floresta que circunda a cidade. Quando os vivos dormem, a floresta acorda. Ihjãc, um jovem indígena Krahô que mora no norte do Brasil, tem pesadelos desde que perdeu o pai. Ele anda no escuro, seu corpo suado se move com cautela. Quando uma canção distante é ouvida através das palmeiras, é a voz de seu pai desaparecido que chama seu filho da cachoeira, porque chegou a hora de organizar a cerimônia fúnebre que conclui o duelo e permite que seu espírito alcance a cidade. dos mortos. Ihjãc decide fugir para a cidade para escapar de seu dever e não se tornar um xamã. Longe de seu povo e sua cultura, ele enfrenta a dura realidade que é sua, sendo um aborígene no Brasil hoje.

  • <p style="text-align: justify;">Um filme com <strong>Nicolas Prattes</strong>, dirigido por <strong>Diego Freitas</strong>, com produção <strong>Parakino Filmes</strong> e <strong>Movioca - Content House</strong>, com distribuição da <strong>Elo Company</strong>.</p>

    O Segredo de Davi (2018)

    Um filme com Nicolas Prattes, dirigido por Diego Freitas, com produção Parakino Filmes e Movioca – Content House, com distribuição da Elo Company.

Sugestões de Leitura
  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Biografia do ator e cantor Sidney Magal. Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: Sidney Magal: muito mais que um amante latino Autora: Bruna Ramos da Fonte […]

    LIVRO – Sidney Magal: muito mais que um amante latino

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Biografia do ator e cantor Sidney Magal. Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: Sidney Magal: muito mais que um amante latino Autora: Bruna Ramos da Fonte […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Biografia da atriz, dramaturga, produtora e diretora do <em>Sindicato dos Atores</em> <strong>Analy Alvarez</strong>, que tem uma longa e produtiva carreira nos palcos, tanto na frente do público como também nos bastidores, exercendo cargos de importância na <em>Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo</em>, na <em>Apetesp</em> e na <em>TV Cultura</em>. Sem esquecer seu trabalho como autora de telenovelas (<em>As Pupilas do Senhor Reitor</em>, <em>Razão de Viver</em>, ambas no SBT).</p>

    LIVRO – Analy Alvarez: de corpo e alma

    Biografia da atriz, dramaturga, produtora e diretora do Sindicato dos Atores Analy Alvarez, que tem uma longa e produtiva carreira nos palcos, tanto na frente do público como também nos bastidores, exercendo cargos de importância na Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, na Apetesp e na TV Cultura. Sem esquecer seu trabalho como autora de telenovelas (As Pupilas do Senhor Reitor, Razão de Viver, ambas no SBT).

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Extrapolando as fronteiras entre arte e educação, <strong>Carla Caffé</strong> se vale do viés da história em quadrinhos para retratar como foi o trabalho de direção de arte do premiado longa-metragem <strong>Era o hotel Cambridge</strong> (2016), de <strong>Eliane Caffé</strong>. Com o auxílio de 21 estudantes de arquitetura da <strong>Escola da Cidade</strong>, a autora trabalhou a composição da direção de arte do filme a partir das melhorias arquitetônicas que poderiam ser deixadas no edifício para as famílias que moram na <em>Ocupação Cambridge</em>, no centro de São Paulo. Mesclando trabalho e criação coletiva e o problema da falta de moradia e do refúgio nas grandes cidades, o livro traz ainda textos de <strong>Eliane Caffé</strong>, <strong>Jorge Lobos</strong>, <strong>Lucia Santaella</strong>, <strong>Nabil Bonduki</strong> e <strong>Raquel Rolnik</strong>, além de uma esclarecedora entrevista com <strong>Carmen Silva</strong>, líder da <em>Frente de Luta por Moradia (FLM)</em>.</p>

    LIVRO – Era o Hotel Cambridge: Arquitetura, Cinema e Educação

    Extrapolando as fronteiras entre arte e educação, Carla Caffé se vale do viés da história em quadrinhos para retratar como foi o trabalho de direção de arte do premiado longa-metragem Era o hotel Cambridge (2016), de Eliane Caffé. Com o auxílio de 21 estudantes de arquitetura da Escola da Cidade, a autora trabalhou a composição da direção de arte do filme a partir das melhorias arquitetônicas que poderiam ser deixadas no edifício para as famílias que moram na Ocupação Cambridge, no centro de São Paulo. Mesclando trabalho e criação coletiva e o problema da falta de moradia e do refúgio nas grandes cidades, o livro traz ainda textos de Eliane Caffé, Jorge Lobos, Lucia Santaella, Nabil Bonduki e Raquel Rolnik, além de uma esclarecedora entrevista com Carmen Silva, líder da Frente de Luta por Moradia (FLM).

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Lançado pela <strong>Editora Globo</strong> em 2007, o livro foi escrito por <strong>Guto Goffi</strong>, <strong>Ezequiel Neves</strong> e pelo jornalista <strong>Rodrigo Pinto</strong>. O livro relata a história da banda <strong>Barão Vermelho</strong> desde a sua fundação em 1981 até o seu recesso em 2007 e vem acompanhado de um CD com os primeiros registros do <strong>Barão Vermelho</strong>.</p>

    LIVRO – Barão Vermelho: por que a gente é assim

    Lançado pela Editora Globo em 2007, o livro foi escrito por Guto Goffi, Ezequiel Neves e pelo jornalista Rodrigo Pinto. O livro relata a história da banda Barão Vermelho desde a sua fundação em 1981 até o seu recesso em 2007 e vem acompanhado de um CD com os primeiros registros do Barão Vermelho.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse Um clássico da historiografia do cinema mundial no Brasil, Sétima arte aborda a afirmação do cinema como forma de arte e o porquê de sua acolhida pelos modernos […]

    LIVRO SETIMA ARTE: UM CULTO MODERNO O IDEALISMO ESTETICO E O CINEMA

    Sinopse Sinopse Um clássico da historiografia do cinema mundial no Brasil, Sétima arte aborda a afirmação do cinema como forma de arte e o porquê de sua acolhida pelos modernos […]

    Continue Lendo...

  • Na antologia <strong>A experiência do cinema</strong>, <strong>Ismail Xavier</strong> reúne textos de teóricos, críticos, filósofos e cineastas das tradições francesa, anglófona, russa e alemã, produzidos entre 1916 e 1980. Assim, apresenta as principais teorias e uma abrangente reflexão sobre o cinema, revelando a diversidade de análises que têm marcado o pensamento sobre a experiência cinematográfica – desde as explicações básicas dos cineastas do princípio do século até as sínteses e novas propostas estéticas do pensamento contemporâneo.

    LIVRO – A Experiência do Cinema (Ed. 2018)

    Na antologia A experiência do cinema, Ismail Xavier reúne textos de teóricos, críticos, filósofos e cineastas das tradições francesa, anglófona, russa e alemã, produzidos entre 1916 e 1980. Assim, apresenta as principais teorias e uma abrangente reflexão sobre o cinema, revelando a diversidade de análises que têm marcado o pensamento sobre a experiência cinematográfica – desde as explicações básicas dos cineastas do princípio do século até as sínteses e novas propostas estéticas do pensamento contemporâneo.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Às vésperas do desfecho de uma guerra jurídica sem precedentes chega às livrarias o livro <strong>A verdade vencerá: <em>o povo sabe por que me condenam</em></strong>, do ex-presidente <strong>Luiz Inácio Lula da Silva</strong>. O lançamento se situa em um momento crucial da vida de um dos maiores políticos da história brasileira, na virada de fevereiro para março de 2018, enquanto o país aguarda a decisão do Poder Judiciário sobre sua prisão em decorrência da perseguição movida pela <em>Operação Lava Jato</em>.</p>

    LIVRO – A Verdade Vencerá: o povo sabe por que me condenam

    Às vésperas do desfecho de uma guerra jurídica sem precedentes chega às livrarias o livro A verdade vencerá: o povo sabe por que me condenam, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O lançamento se situa em um momento crucial da vida de um dos maiores políticos da história brasileira, na virada de fevereiro para março de 2018, enquanto o país aguarda a decisão do Poder Judiciário sobre sua prisão em decorrência da perseguição movida pela Operação Lava Jato.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Ao longo de dois anos, a jornalista <strong>Ângela Britto</strong> colheu mais de 50 depoimentos de atores, atrizes e técnicos que conviveram com <strong>Walter Avancini</strong> (1935-2001), um revolucionário de nossa teledramaturgia, que imprimiu sua marca autoral em novelas, minisséries e especiais que dirigiu em 58 anos de carreira. O emocionante e saboroso resultado pode ser visto nas 308 páginas do livro <strong>O Último Artesão – Walter Avancini</strong>.</p>

    LIVRO – O Último Artesão: Walter Avancini

    Ao longo de dois anos, a jornalista Ângela Britto colheu mais de 50 depoimentos de atores, atrizes e técnicos que conviveram com Walter Avancini (1935-2001), um revolucionário de nossa teledramaturgia, que imprimiu sua marca autoral em novelas, minisséries e especiais que dirigiu em 58 anos de carreira. O emocionante e saboroso resultado pode ser visto nas 308 páginas do livro O Último Artesão – Walter Avancini.

    Continue Lendo...