Banco de Dados
  • <p style="text-align: justify;">As ruínas do <strong>Cine Continental</strong>, abandonado em pleno sertão da Paraíba, servem como ponto de partida para um filme sobre o cinema, com depoimentos de <strong>Ariano Suassuna</strong> sobre as incríveis histórias de sua memória de menino nos cinemas das cidades do interior, e de realizadores como <strong>Hector Babenco</strong>, <strong>Julio Bressane</strong>, <strong>Andrew Wajda</strong>, <strong>Vilmos Zsigmond</strong>, <strong>Ruy Guerra</strong>, <strong>Ken Loach</strong>, <strong>Béla Tarr</strong>, <strong>Gus Van Sant</strong>, <strong>Jia Zhangke</strong>, entre outros, respondendo a perguntas como: por que você faz cinema, e pra que serve o cinema?</p>

    Um filme de cinema (2015)

    As ruínas do Cine Continental, abandonado em pleno sertão da Paraíba, servem como ponto de partida para um filme sobre o cinema, com depoimentos de Ariano Suassuna sobre as incríveis histórias de sua memória de menino nos cinemas das cidades do interior, e de realizadores como Hector Babenco, Julio Bressane, Andrew Wajda, Vilmos Zsigmond, Ruy Guerra, Ken Loach, Béla Tarr, Gus Van Sant, Jia Zhangke, entre outros, respondendo a perguntas como: por que você faz cinema, e pra que serve o cinema?

  • <p style="text-align: justify;">Elias mora no interior de São Paulo e sempre sonha em conhecer o mar. Ele tem 23 anos e trabalha como assistente da estilista Diana numa confecção de roupa feminina, mas seu grande sonho é ter sua própria marca. Ao se ver apaixonado por Filipe, um imigrante africano que trabalha na linha de produção, ele começa a organizar festas de equipe para ter motivos extras para encontrar o garoto.</p>

    Corpo Elétrico (2017)

    Elias mora no interior de São Paulo e sempre sonha em conhecer o mar. Ele tem 23 anos e trabalha como assistente da estilista Diana numa confecção de roupa feminina, mas seu grande sonho é ter sua própria marca. Ao se ver apaixonado por Filipe, um imigrante africano que trabalha na linha de produção, ele começa a organizar festas de equipe para ter motivos extras para encontrar o garoto.

  • <p style="text-align: justify;">Filmado em quatro países, este filme é um documentário sobre personagens fictícios. Conta a história de Luzia e Adrián, uma roteirista brasileira e um ator colombiano, que se apaixonam num festival de cinema em 2009 e vivem um amor ao longo de seis anos, sempre em festivais de cinema ao redor do mundo.</p>

    Love Film Festival (2017)

    Filmado em quatro países, este filme é um documentário sobre personagens fictícios. Conta a história de Luzia e Adrián, uma roteirista brasileira e um ator colombiano, que se apaixonam num festival de cinema em 2009 e vivem um amor ao longo de seis anos, sempre em festivais de cinema ao redor do mundo.

  • <p style="text-align: justify;">A colecionadora de estrelas – ou sonhos – é Mariana, que vive com sua mãe em um lugar isolado, onde <em>causos</em> do imaginário popular podem se tornar realidade. Nesse sentido, a mãe traz para a filha elementos da fantasia, conta histórias e enche a casa de cheiros: do café fresco, das ervas e do milho que vai virar pamonha.</p>

    A menina que colecionava estrelas (2016)

    A colecionadora de estrelas – ou sonhos – é Mariana, que vive com sua mãe em um lugar isolado, onde causos do imaginário popular podem se tornar realidade. Nesse sentido, a mãe traz para a filha elementos da fantasia, conta histórias e enche a casa de cheiros: do café fresco, das ervas e do milho que vai virar pamonha.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Gianfrancesco Guarnieri</strong> foi ator de grande sucesso na televisão, autor fundamental na história do teatro brasileiro e imagem-síntese do artista engajado. Figura pública excepcional, em relação a seus dois filhos mais velhos, sua figura paterna estava mais para ausente. Contrariando os caminhos do pai, eles, <strong>Flávio Guarnieri</strong> e <strong>Paulo Guarnieri</strong>, também atores, assumiram um total distanciamento entre arte, trabalho e política, privilegiando a esfera da família. A partir desses dois retratos geracionais, o diretor <strong>Francisco Guarnieri</strong> procura reconstruir a figura de seu avô distante. Valendo-se de materiais de arquivo íntimos e públicos, entrevistas e reencenações, o filme pretende refletir sobre um passado ao mesmo tempo nacional e privado, e sobre o papel do indivíduo na sociedade, na arte e na família.</p>

    Guarniere (2017)

    Gianfrancesco Guarnieri foi ator de grande sucesso na televisão, autor fundamental na história do teatro brasileiro e imagem-síntese do artista engajado. Figura pública excepcional, em relação a seus dois filhos mais velhos, sua figura paterna estava mais para ausente. Contrariando os caminhos do pai, eles, Flávio Guarnieri e Paulo Guarnieri, também atores, assumiram um total distanciamento entre arte, trabalho e política, privilegiando a esfera da família. A partir desses dois retratos geracionais, o diretor Francisco Guarnieri procura reconstruir a figura de seu avô distante. Valendo-se de materiais de arquivo íntimos e públicos, entrevistas e reencenações, o filme pretende refletir sobre um passado ao mesmo tempo nacional e privado, e sobre o papel do indivíduo na sociedade, na arte e na família.

  • <p style="text-align: justify;">Uma jovem da alta sociedade decide rifar-se a si mesma a fim de conseguir dinheiro para concluir a construção de um hospital, obra social a que se dedicara. Tira uma fotografia despida, manda fazer diversas cópias, que são numeradas e vendidas. O plano, inicialmente, estava previsto para limitar-se às pessoas de sua intimidade, sendo adotadas diversas providências para que a fotografia não fosse vista de um círculo limitado. Mas aquelas providências resultam insatisfatórias e, em pouco tempo, a rifa ultrapassa os limites sob controle de sua promotora. O fato se torna o principal assunto da cidade e as fotos-rifas são vendidas, e adquiridas vorazmente, em toda parte na rua, nas Universidades, escritórios, lojas. A jovem vê-se de repente em sérias dificuldades, mas consegue livrar-se de todas e, finalmente, concluir a construção do hospital.</p>

    Rifa-se uma mulher (1969)

    Uma jovem da alta sociedade decide rifar-se a si mesma a fim de conseguir dinheiro para concluir a construção de um hospital, obra social a que se dedicara. Tira uma fotografia despida, manda fazer diversas cópias, que são numeradas e vendidas. O plano, inicialmente, estava previsto para limitar-se às pessoas de sua intimidade, sendo adotadas diversas providências para que a fotografia não fosse vista de um círculo limitado. Mas aquelas providências resultam insatisfatórias e, em pouco tempo, a rifa ultrapassa os limites sob controle de sua promotora. O fato se torna o principal assunto da cidade e as fotos-rifas são vendidas, e adquiridas vorazmente, em toda parte na rua, nas Universidades, escritórios, lojas. A jovem vê-se de repente em sérias dificuldades, mas consegue livrar-se de todas e, finalmente, concluir a construção do hospital.

  • <p style="text-align: justify;">É o relato da vida acidentada e por vezes trágica de D. Luiz XII que comanda com mão de ferro, mas geralmente com muito amor e compreensão, os nove habitantes de seu universo, uma pensão num velho prédio que relembre o Rio de Janeiro de antigamente. As fantasias dessas personagens que circundam entre as minúcias de seu trabalho de conserto de peças antigas de relojoaria e sua amizade, à beira do desvario, por um jovem chamado Pig, envolvem sete lindas mulheres que querem se afirmar na vida de alguma maneira, parte delas à custa de sacrifícios, e uma senhora que se nutre das ilusões de um dia poder voltar aos seus grandes momentos como atriz de teatro de revista.</p>

    Estranhas Relações (1983)

    É o relato da vida acidentada e por vezes trágica de D. Luiz XII que comanda com mão de ferro, mas geralmente com muito amor e compreensão, os nove habitantes de seu universo, uma pensão num velho prédio que relembre o Rio de Janeiro de antigamente. As fantasias dessas personagens que circundam entre as minúcias de seu trabalho de conserto de peças antigas de relojoaria e sua amizade, à beira do desvario, por um jovem chamado Pig, envolvem sete lindas mulheres que querem se afirmar na vida de alguma maneira, parte delas à custa de sacrifícios, e uma senhora que se nutre das ilusões de um dia poder voltar aos seus grandes momentos como atriz de teatro de revista.

  • <p style="text-align: justify;">A rua, nas grandes metrópoles, é um local de encontros e de grandes acontecimentos. A relação mais clara, entretanto, é aquela entre os motoristas de carros de passeio e de transporte público e os transeuntes, inclusive moradores de rua e pedintes. Personagens urbanos se chocam e dialogam entre si.</p>

    No Vermelho (2016)

    A rua, nas grandes metrópoles, é um local de encontros e de grandes acontecimentos. A relação mais clara, entretanto, é aquela entre os motoristas de carros de passeio e de transporte público e os transeuntes, inclusive moradores de rua e pedintes. Personagens urbanos se chocam e dialogam entre si.

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Mistério na Ilha de Vênus</strong> (<strong><em>Macumba Love</em></strong>, 1960), produção americana rodada no Brasil. Dirigido pelo ator <strong>Douglas Fowley</strong>, o filme é estrelado por <strong>Walter Reed</strong>, <strong>Ziva Rodann</strong>, <strong>William Wellman Jr.</strong>, <strong>June Wilkinson</strong>. Também com atores brasileiros no elenco, como <strong>Ruth de Souza</strong>, <strong>Pedro Paulo Hatheyer</strong>, <strong>Cléa Simóes</strong> e <strong>Victor Merinow</strong>, entre outros.</p>

    Mistério na Ilha de Vênus (1960)

    Mistério na Ilha de Vênus (Macumba Love, 1960), produção americana rodada no Brasil. Dirigido pelo ator Douglas Fowley, o filme é estrelado por Walter Reed, Ziva Rodann, William Wellman Jr., June Wilkinson. Também com atores brasileiros no elenco, como Ruth de Souza, Pedro Paulo Hatheyer, Cléa Simóes e Victor Merinow, entre outros.

  • <p style="text-align: justify;">Cenas documentais da região enquanto um locutor expõe o problema social pela posse das áreas cacaueiras. Em seguida faz a apresentação de alguns personagens importantes: o todo poderoso Zéca Marajó, a prostituta Nancy, e Sergio de Oliveira, para mostrar depois os domínios do oponente Raimundo, a esposa Irene e Joana, a empregada. Após esta apresentação, (...) os personagens são dispostos em embates pela conquista das terras que formara o desenvolvimento da trama. Praticamente, até o fim, serão seqüências da confrontação dos dois grandes latifundiários, crimes praticados por jagunços, misturado com os amores da prostituta e da nova conquista de Carlos, Irene.</p>

    Terra violenta (1948)

    Cenas documentais da região enquanto um locutor expõe o problema social pela posse das áreas cacaueiras. Em seguida faz a apresentação de alguns personagens importantes: o todo poderoso Zéca Marajó, a prostituta Nancy, e Sergio de Oliveira, para mostrar depois os domínios do oponente Raimundo, a esposa Irene e Joana, a empregada. Após esta apresentação, (…) os personagens são dispostos em embates pela conquista das terras que formara o desenvolvimento da trama. Praticamente, até o fim, serão seqüências da confrontação dos dois grandes latifundiários, crimes praticados por jagunços, misturado com os amores da prostituta e da nova conquista de Carlos, Irene.

  • <p style="text-align: justify;">Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.</p>

    Ana, a Libertina (1975)

    Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.

  • <p style="text-align: justify;">No início do século, o músico Pestana conhece a fama nos salões do Rio de Janeiro, com suas composições populares. Mas seu maior desejo é a consagração como compositor erudito, o que lhe causa conflitos interiores, agravado com a descoberta de que é traído por Marcela, a mullher amada, com um embaixador, com quem afinal vem a se casar. Decepcionado, Pestana busca conforto na bebida e na companhia de outras mulheres. Conhece Maria e com ela se casa, podendo enfim dedicar-se a suas composições eruditas. Maria, entretanto, adoece e morre. Levado ao desespero, ele é internado num hospício por dois anos. Quando se recupera, dedica-se à música popular para sobreviver, mas é acometido de enfermidade que em pouco se torna fatal.</p>

    Um homem célebre (1976)

    No início do século, o músico Pestana conhece a fama nos salões do Rio de Janeiro, com suas composições populares. Mas seu maior desejo é a consagração como compositor erudito, o que lhe causa conflitos interiores, agravado com a descoberta de que é traído por Marcela, a mullher amada, com um embaixador, com quem afinal vem a se casar. Decepcionado, Pestana busca conforto na bebida e na companhia de outras mulheres. Conhece Maria e com ela se casa, podendo enfim dedicar-se a suas composições eruditas. Maria, entretanto, adoece e morre. Levado ao desespero, ele é internado num hospício por dois anos. Quando se recupera, dedica-se à música popular para sobreviver, mas é acometido de enfermidade que em pouco se torna fatal.

  • <p style="text-align: justify;">Helena e Marcos, herdeiros de um garimpo, desembarcam em uma pequena aldeia, último pouso do avião comercial. Para atingirem o garimpo eles são obrigados a contratar o taxi-aéreo de João Querido. Eles chegam ao local numa época perigosa, de <em>bruma seca</em>. Os garimpeiros, contudo, haviam recebido anteriormente o direito de propriedade do tio de Marcos, e se dispõem a lutar contra os <em>invasores</em>. Na viagem de volta, o avião de João Querido sofre uma pane por falta de gasolina, provocada pelos garimpeiros. O piloto consegue fazer uma aterrissagem, e a marcha continua pela mata. Durante a viagem, o casal entra em crise. Marcos, uma pessoa da cidade, não consegue vencer as dificuldades da natureza, sendo suplantado por João Querido. Para Helena, o marido se amesquinha, enquanto o piloto cresce aos seus olhos. Eles tomam abrigo na casa de Luisa, que está para dar à luz. Na sequência da marcha, um ataque de <em>mariscadores</em> fere Marcos, que pede para João Querido levar Helena. Os <em>mariscadores</em> matam Marcos e seguem atrás de Helena. O piloto esconde a mulher e combate os inimigos até liquidar com o bando. Livres de todos os perigos, os dois partem para uma nova vida.</p>

    Bruma Seca (1961)

    Helena e Marcos, herdeiros de um garimpo, desembarcam em uma pequena aldeia, último pouso do avião comercial. Para atingirem o garimpo eles são obrigados a contratar o taxi-aéreo de João Querido. Eles chegam ao local numa época perigosa, de bruma seca. Os garimpeiros, contudo, haviam recebido anteriormente o direito de propriedade do tio de Marcos, e se dispõem a lutar contra os invasores. Na viagem de volta, o avião de João Querido sofre uma pane por falta de gasolina, provocada pelos garimpeiros. O piloto consegue fazer uma aterrissagem, e a marcha continua pela mata. Durante a viagem, o casal entra em crise. Marcos, uma pessoa da cidade, não consegue vencer as dificuldades da natureza, sendo suplantado por João Querido. Para Helena, o marido se amesquinha, enquanto o piloto cresce aos seus olhos. Eles tomam abrigo na casa de Luisa, que está para dar à luz. Na sequência da marcha, um ataque de mariscadores fere Marcos, que pede para João Querido levar Helena. Os mariscadores matam Marcos e seguem atrás de Helena. O piloto esconde a mulher e combate os inimigos até liquidar com o bando. Livres de todos os perigos, os dois partem para uma nova vida.

  • <p style="text-align: justify;">Carlos, executivo bem sucedido, casado e pai de três filhos, resolve abandonar a poluição da vida moderna no Rio de Janeiro e parte para Porto Seguro, na Bahia, com a idéia de recomeçar sua vida como pescador. De todas as mulheres que convida para acompanhá-lo, inclusive a própria esposa, Helena, a única que aceita é Gilda, jovem livre e sem preconceitos. Mas quando chegam a Porto Seguro, ela tenta convencê-lo de que aquele é um belo lugar para um grande empreendimento imobiliário, e que ele deve retomar suas funções de empresário.</p>

    Ipanema, adeus (1975)

    Carlos, executivo bem sucedido, casado e pai de três filhos, resolve abandonar a poluição da vida moderna no Rio de Janeiro e parte para Porto Seguro, na Bahia, com a idéia de recomeçar sua vida como pescador. De todas as mulheres que convida para acompanhá-lo, inclusive a própria esposa, Helena, a única que aceita é Gilda, jovem livre e sem preconceitos. Mas quando chegam a Porto Seguro, ela tenta convencê-lo de que aquele é um belo lugar para um grande empreendimento imobiliário, e que ele deve retomar suas funções de empresário.

  • <p style="text-align: justify;">Anita era viciada em drogas e teve uma juventude conturbada. Atualmente vivendo em uma praia, ela leva uma vida sem propósitos e amedrontada pelos próprios medos. Enclausurada nesse local repleto de lendas sobre demônios e vozes que vem do mar, o que ela mais teme está dentro de sua casa, o marido Vitorino.</p>

    Mar Inquieto (2017)

    Anita era viciada em drogas e teve uma juventude conturbada. Atualmente vivendo em uma praia, ela leva uma vida sem propósitos e amedrontada pelos próprios medos. Enclausurada nesse local repleto de lendas sobre demônios e vozes que vem do mar, o que ela mais teme está dentro de sua casa, o marido Vitorino.

  • <p style="text-align: justify;">O pintor <strong>Juarez Paraíso</strong> descreve a montagem de painéis na entrada do <strong>Cinema Tupi</strong>, em Salvador, explicando o seu significado.</p>

    Paraiso, Juarez (1971)

    O pintor Juarez Paraíso descreve a montagem de painéis na entrada do Cinema Tupi, em Salvador, explicando o seu significado.

  • <p style="text-align: justify;">O documentário <strong>Novas Espécies</strong> registrou um feito inédito: a expedição de um grupo de 70 pessoas, sendo 50 renomados cientistas, numa região inexplorada da Amazônia, a Serra da Mocidade, em Roraima. Acessível somente por meio de helicópteros militares, o local nunca havia sido visitado pelo homem. Superando todo tipo de obstáculo, os pesquisadores conseguiram identificar mais de 80 novas espécies de animais, insetos e plantas - uma das mais importantes descobertas científicas desse século!</p>

    Novas Espécies

    O documentário Novas Espécies registrou um feito inédito: a expedição de um grupo de 70 pessoas, sendo 50 renomados cientistas, numa região inexplorada da Amazônia, a Serra da Mocidade, em Roraima. Acessível somente por meio de helicópteros militares, o local nunca havia sido visitado pelo homem. Superando todo tipo de obstáculo, os pesquisadores conseguiram identificar mais de 80 novas espécies de animais, insetos e plantas – uma das mais importantes descobertas científicas desse século!

  • Era baseado num poema de Cassiano Ricardo que descrevia a cidade de São Paulo com suas fábricas, suas casas, seus bondes, suas luzes, sua vida enfim; uma moça recitava o poema enquanto as imagens mostravam o que ela esta dizendo. Uma maravilha.

    O Canto da Raça

    Era baseado num poema de Cassiano Ricardo que descrevia a cidade de São Paulo com suas fábricas, suas casas, seus bondes, suas luzes, sua vida enfim; uma moça recitava o poema enquanto as imagens mostravam o que ela esta dizendo. Uma maravilha.

Sugestões de Leitura
  • <p style="text-align: justify;">Avaliar o ciclo dos governos dos presidentes <strong>Luiz Inácio Lula da Silva</strong> e <strong>Dilma Rousseff</strong> é tarefa complexa e essencial ao mesmo tempo. Abrange aspectos históricos, conjunturais e conceituais, e se insere no contexto internacional. Este livro tem esse espectro, uma contribuição de diferentes opiniões — quadros partidários, professores universitários, especialistas em vários temas constantes desta coletânea — que buscam compreender o significado daquela experiência, procurando situar os acontecimentos em seus devidos contextos. A síntese dessa abordagem é um painel que mostra o <strong>Ciclo Lula-Dilma</strong> como acontecimento de grande amplitude, de notável legado ao país e ao povo, resultado do protagonismo da esquerda à frente de governo nacional constituído de construções políticas amplas, embora com limitações ditadas pelas circunstâncias da época — além de erros e insuficiências.</p>

    LIVRO – Governos Lula e Dilma: o ciclo golpeado

    Avaliar o ciclo dos governos dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff é tarefa complexa e essencial ao mesmo tempo. Abrange aspectos históricos, conjunturais e conceituais, e se insere no contexto internacional. Este livro tem esse espectro, uma contribuição de diferentes opiniões — quadros partidários, professores universitários, especialistas em vários temas constantes desta coletânea — que buscam compreender o significado daquela experiência, procurando situar os acontecimentos em seus devidos contextos. A síntese dessa abordagem é um painel que mostra o Ciclo Lula-Dilma como acontecimento de grande amplitude, de notável legado ao país e ao povo, resultado do protagonismo da esquerda à frente de governo nacional constituído de construções políticas amplas, embora com limitações ditadas pelas circunstâncias da época — além de erros e insuficiências.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse As curvas do tempo, é o livro de memórias de Oscar Niemeyer, uma das maiores personalidades deste século. A Editora Revan apresenta uma bela edição ilustrada […]

    LIVRO – As curvas do tempo

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse As curvas do tempo, é o livro de memórias de Oscar Niemeyer, uma das maiores personalidades deste século. A Editora Revan apresenta uma bela edição ilustrada […]

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Jurada de programa de calouros, cantora de prestígio, principal intérprete de Noel Rosa, frequentadora das altas rodas da malandragem e do high society carioca. Em “Aracy […]

    LIVRO – Aracy de Almeida: não tem tradução

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Jurada de programa de calouros, cantora de prestígio, principal intérprete de Noel Rosa, frequentadora das altas rodas da malandragem e do high society carioca. Em “Aracy […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A história do cinema e dos filmes brasileiros, em especial no Rio de Janeiro dos anos 30 e 40 do século XX, é o tema deste livro. Envolvida pela efervescência urbana carioca que caracteriza o período, a autora examina, através de pesquisa inovadora de fontes e de criteriosa observação sociocultural, a história do cinema e de seus filmes mais expressivos, sugerindo a cinematografia como textos narrativos pelos quais se pode observar, ler e discutir a realidade brasileira. A autora relaciona a cultura com aspectos econômicos e políticos e discute proposições sempre atuais do nosso debate político-cultural, sugerindo uma abordagem interpretativa dos processos identitários brasileiros mais includente e destituída de presunções elitistas superiores que tanto marcam a maior parte dos conceitos que atravessa ações e iniciativas culturais.</p>

    LIVRO – Cinema carioca nos anos 30 e 40: os filmes musicais nas telas da cidade

    A história do cinema e dos filmes brasileiros, em especial no Rio de Janeiro dos anos 30 e 40 do século XX, é o tema deste livro. Envolvida pela efervescência urbana carioca que caracteriza o período, a autora examina, através de pesquisa inovadora de fontes e de criteriosa observação sociocultural, a história do cinema e de seus filmes mais expressivos, sugerindo a cinematografia como textos narrativos pelos quais se pode observar, ler e discutir a realidade brasileira. A autora relaciona a cultura com aspectos econômicos e políticos e discute proposições sempre atuais do nosso debate político-cultural, sugerindo uma abordagem interpretativa dos processos identitários brasileiros mais includente e destituída de presunções elitistas superiores que tanto marcam a maior parte dos conceitos que atravessa ações e iniciativas culturais.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>O trevo e a vassoura</strong> (selo <strong>A Girafa</strong>), de <strong>Gabriel Kwak</strong>, fala sobre os donos do eleitorado paulista nas décadas de 1950 e 1960: <strong>Jânio Quadros</strong> e <strong>Adhemar de Barros</strong>. Ao contextualizar as ações desses dois políticos em seu antagonismo crônico, o autor trata de um período rico da história política de São Paulo e contribui para tornar menos nebulosos alguns episódios políticos do período.</p>

    LIVRO – O trevo e a vassoura: os destinos de Jânio Quadros e Adhemar de Barros

    O trevo e a vassoura (selo A Girafa), de Gabriel Kwak, fala sobre os donos do eleitorado paulista nas décadas de 1950 e 1960: Jânio Quadros e Adhemar de Barros. Ao contextualizar as ações desses dois políticos em seu antagonismo crônico, o autor trata de um período rico da história política de São Paulo e contribui para tornar menos nebulosos alguns episódios políticos do período.

    Continue Lendo...

  • Livro fundamental para todas as empresas produtoras e produtores independentes, <strong>Desvendando a Ancine</strong> revela as melhores dicas para regularizar as empresas e também as obras, além de prestar as informações necessárias para que as produtoras acessem os recursos do <strong>Fundo Setorial do Audiovisual</strong> ou as leis de incentivo.

    LIVRO – Desvendando a Ancine

    Livro fundamental para todas as empresas produtoras e produtores independentes, Desvendando a Ancine revela as melhores dicas para regularizar as empresas e também as obras, além de prestar as informações necessárias para que as produtoras acessem os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual ou as leis de incentivo.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Objeto de verdadeira polêmica pública, a batalha em torno da proibição de <strong>Roberto Carlos em detalhes</strong> é o cerne de <strong>O réu e o Rei</strong>. <strong>Paulo Cesar de Araújo</strong> conta a história da sua intensa relação com a música de <strong>Roberto Carlos</strong>, os dezesseis anos de pesquisa que embasaram a redação da biografia, e por fim os meandros de uma das mais comentadas e controversas guerras judiciais travadas recentemente no Brasil.</p>

    LIVRO – O Réu e o Rei: minha história com Roberto Carlos, em detalhes

    Objeto de verdadeira polêmica pública, a batalha em torno da proibição de Roberto Carlos em detalhes é o cerne de O réu e o Rei. Paulo Cesar de Araújo conta a história da sua intensa relação com a música de Roberto Carlos, os dezesseis anos de pesquisa que embasaram a redação da biografia, e por fim os meandros de uma das mais comentadas e controversas guerras judiciais travadas recentemente no Brasil.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse

    LIVRO – O Rei e Eu: minha vida com Roberto Carlos

    Sinopse Sinopse

    Continue Lendo...