Banco de Dados
  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Eclipse Solar

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Madrepérola

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Noite Escura de São Nunca

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Tropykaos

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Geraldinos

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Jovens Infelizes ou um Homem que Grita não é um Urso que Dança

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • <p style="text-align: justify;">O <em>rei do milho</em> patrocina, habitualmente, mocinhas sonhadoras que desejam tornar-se miss em qualquer concurso. Uma delas não concorda com as táticas "donjuanescas" do patrocinador e abandona tudo para voltar ao antigo noivo.</p>

    Tira a mão daí!

    O rei do milho patrocina, habitualmente, mocinhas sonhadoras que desejam tornar-se miss em qualquer concurso. Uma delas não concorda com as táticas “donjuanescas” do patrocinador e abandona tudo para voltar ao antigo noivo.

  • <p style="text-align: justify;">Após o velório de Luísa, Paulo sai vagando pelas ruas à noite, debaixo de chuva, questionando o sentido da vida. Pelos bares, encontra boêmios, prostitutas, pessoas da noite carioca... e resolve contar a sua história para um homem que bebia solitariamente: Da redação onde trabalha como jornalista, Paulo liga para marcar encontros com Luísa, uma garota de programa que vez ou outra ele encontrava pela noite, com outros fregueses. Paralelamente, Paulo mantém um caso com Jane, uma mulher casada, pertencente a uma classe social abonada, com quem ele costuma ir a festas freqüentadas também pelo playboy René, por quem o homossexual Armando é apaixonado. Avisado pelo dono do bar, Paulo corre para acudir Luísa, embriagada, e a leva para se recuperar na casa de veraneio. Feliz, Luísa até volta a ensaiar o teatro de revista do grupo Rataplã, mas fica furiosa quando se depara com Paulo sendo assediado por uma jovem que circula de bicicleta pela cidade. Por sua vez, Paulo também fica incomodado quando Luísa inventa viagens para continuar se encontrando com os seus clientes. Dulce, uma colega de redação apaixonada por Paulo, cansada de não ser correspondida por ele, resolve viajar para tentar esquecê-lo. Uma noite, após se encontrarem num hotel, Paulo inventa uma desculpa para deixar Luísa sozinha e, de um telefone público, liga para alguém. Ainda deitada na cama, ela é surpreendida por um homem que irrompe quarto adentro, alvejando-a com dois tiros. Vagando pelos arredores dos arcos da Lapa, com um ramo de flores na mão, Paulo se dirige ao velório de Luísa...</p>

    Um ramo para Luisa (1965)

    Após o velório de Luísa, Paulo sai vagando pelas ruas à noite, debaixo de chuva, questionando o sentido da vida. Pelos bares, encontra boêmios, prostitutas, pessoas da noite carioca… e resolve contar a sua história para um homem que bebia solitariamente: Da redação onde trabalha como jornalista, Paulo liga para marcar encontros com Luísa, uma garota de programa que vez ou outra ele encontrava pela noite, com outros fregueses. Paralelamente, Paulo mantém um caso com Jane, uma mulher casada, pertencente a uma classe social abonada, com quem ele costuma ir a festas freqüentadas também pelo playboy René, por quem o homossexual Armando é apaixonado. Avisado pelo dono do bar, Paulo corre para acudir Luísa, embriagada, e a leva para se recuperar na casa de veraneio. Feliz, Luísa até volta a ensaiar o teatro de revista do grupo Rataplã, mas fica furiosa quando se depara com Paulo sendo assediado por uma jovem que circula de bicicleta pela cidade. Por sua vez, Paulo também fica incomodado quando Luísa inventa viagens para continuar se encontrando com os seus clientes. Dulce, uma colega de redação apaixonada por Paulo, cansada de não ser correspondida por ele, resolve viajar para tentar esquecê-lo. Uma noite, após se encontrarem num hotel, Paulo inventa uma desculpa para deixar Luísa sozinha e, de um telefone público, liga para alguém. Ainda deitada na cama, ela é surpreendida por um homem que irrompe quarto adentro, alvejando-a com dois tiros. Vagando pelos arredores dos arcos da Lapa, com um ramo de flores na mão, Paulo se dirige ao velório de Luísa…

  • <p style="text-align: justify;">As filhas de um cangaceiro, cujo bando foi exterminado por traição de Cornélio Sabiá, são levadas por Toneco para o orfanato do padre Lara. Dez anos depois, Toneco, esperando se vingar, entra para o bando de Sabiá que, descobrindo o paradeiro das moças, destrói o orfanato, matando o padre e a diretora. As jovens partem em busca de Sabiá. Paulo Pastor lidera, com Jasmim e Débora, as cangaceiras eróticas, assim chamadas porque procuram um companheiro supermacho. Pastor enfrenta e vence Sabiá e acaba por ganhar o amor de Jasmim.</p>

    As Cangaceiras Eróticas (1974)

    As filhas de um cangaceiro, cujo bando foi exterminado por traição de Cornélio Sabiá, são levadas por Toneco para o orfanato do padre Lara. Dez anos depois, Toneco, esperando se vingar, entra para o bando de Sabiá que, descobrindo o paradeiro das moças, destrói o orfanato, matando o padre e a diretora. As jovens partem em busca de Sabiá. Paulo Pastor lidera, com Jasmim e Débora, as cangaceiras eróticas, assim chamadas porque procuram um companheiro supermacho. Pastor enfrenta e vence Sabiá e acaba por ganhar o amor de Jasmim.

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

    Guerra do Paraguay (Em Finalização)

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do […]

  • <p style="text-align: justify;">Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Uma onda de assassinatos invade o bairro. O que começa como uma curiosidade mórbida se apodera cada vez mais da vida dos jovens habitantes. Entre eles, Bia, uma garota de 15 anos. Após um encontro com a morte, ela fará de tudo para ter a certeza de que está viva.</p>

    Mata-me, por favor (2015)

    Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Uma onda de assassinatos invade o bairro. O que começa como uma curiosidade mórbida se apodera cada vez mais da vida dos jovens habitantes. Entre eles, Bia, uma garota de 15 anos. Após um encontro com a morte, ela fará de tudo para ter a certeza de que está viva.

  • <p style=Chico quer terminar o seu casamento com Nena, mas não tem coragem. Nena é muito critica e brava. E Chico é o famoso bundão. Por medo de encarar sua esposa, ele tem a brilhante ideia de contratar um amante profissional para conquistá-la.

    " title="Um namorado para minha mulher (Em Finalização)" />

    Um namorado para minha mulher (Em Finalização)

    Chico quer terminar o seu casamento com Nena, mas não tem coragem. Nena é muito critica e brava. E Chico é o famoso bundão. Por medo de encarar sua esposa, ele tem a brilhante ideia de contratar um amante profissional para conquistá-la.

  • Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco Ingrid Guimarães Alice Braga Fabio Assunção << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos […]

    Tudo bem quando acaba bem (Em Finalização)

    Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Sinopse Elenco >> Elenco Ingrid Guimarães Alice Braga Fabio Assunção << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos […]

  • <p style=O filme narra a história de três amigos que vivem no mesmo prédio na capital paulista. Jovens anti-heróis, eles superam suas desventuras amorosas e profissionais com humor e personalidade.

    " title="Amores urbanos (Em Finalização)" />

    Amores urbanos (Em Finalização)

    O filme narra a história de três amigos que vivem no mesmo prédio na capital paulista. Jovens anti-heróis, eles superam suas desventuras amorosas e profissionais com humor e personalidade.

  • <p style=Na madrugada de 29 de maio de 1983, Maria da Penha Maia Fernandes acordou com o barulho de um tiro em seu quarto. Tentou se mexer mas não conseguiu. Havia sido baleada pelas costas enquanto dormia. O agressor: Marco Antonio Heredia Viveros, seu marido e pai de suas três filhas. Essa é a história real de Maria da Penha, classe média, farmacêutica bioquímica, mãe de três filhas, que esperou dezenove anos para ver a justiça aplicada ao seu ex-marido, o mesmo que tentou matá-la duas vezes, deixando-a, aos 38 anos, numa cadeira de rodas para sempre.

    " title="Vidas partidas (2016)" />

    Vidas partidas (2016)

    Na madrugada de 29 de maio de 1983, Maria da Penha Maia Fernandes acordou com o barulho de um tiro em seu quarto. Tentou se mexer mas não conseguiu. Havia sido baleada pelas costas enquanto dormia. O agressor: Marco Antonio Heredia Viveros, seu marido e pai de suas três filhas. Essa é a história real de Maria da Penha, classe média, farmacêutica bioquímica, mãe de três filhas, que esperou dezenove anos para ver a justiça aplicada ao seu ex-marido, o mesmo que tentou matá-la duas vezes, deixando-a, aos 38 anos, numa cadeira de rodas para sempre.

  • <p style="text-align: justify;">Rio de Janeiro, 1985. Um empresário está tentando a todo custo criar o maior festival de música do Brasil, o Rock in Rio, reunindo fundos para o projeto. Ao mesmo tempo, um jornalista inexperiente conquista  a possibilidade de acompanhar um grande evento musical. No local, ele conhece a bela Magda, uma grande fã de Freddie Mercury. Os caminhos dos três se cruzam ao longo de várias edições do Rock in Rio.</p>

    Se a vida começasse agora (2016)

    Rio de Janeiro, 1985. Um empresário está tentando a todo custo criar o maior festival de música do Brasil, o Rock in Rio, reunindo fundos para o projeto. Ao mesmo tempo, um jornalista inexperiente conquista a possibilidade de acompanhar um grande evento musical. No local, ele conhece a bela Magda, uma grande fã de Freddie Mercury. Os caminhos dos três se cruzam ao longo de várias edições do Rock in Rio.

  • <p style="text-align: justify;">Hasting, o homem de confiança de Simon, presidente da Organização, candidata-se às eleições por sentir que o regime não tem condições de sobrevivência. Sem apoio do povo, Simon se elege fraudulentamente. Hasting, perseguido, é obrigado a exilar-se. Do exílio, através de várias tentativas armadas, tenta recuperar a posição que ganhou legitimamente. Tudo fracassa em virtude da infiltração de homens de Simon em suas filieras. Alguns anos mais tarde, Hasting é atraído à fronteira de seu país por Kramer, pois, segundo este, existem armas e homens suficientes para derrubar Simon. Hasting aceita o plano, mas, no local combinado, descobre que se trata de uma cilada para eliminá-lo. Depois de uma perseguição de automóvel, Hasting é assassinado e enterrado perto de um rio, juntamente com sua secretária.</p>

    Um homem tem que ser morto (1973)

    Hasting, o homem de confiança de Simon, presidente da Organização, candidata-se às eleições por sentir que o regime não tem condições de sobrevivência. Sem apoio do povo, Simon se elege fraudulentamente. Hasting, perseguido, é obrigado a exilar-se. Do exílio, através de várias tentativas armadas, tenta recuperar a posição que ganhou legitimamente. Tudo fracassa em virtude da infiltração de homens de Simon em suas filieras. Alguns anos mais tarde, Hasting é atraído à fronteira de seu país por Kramer, pois, segundo este, existem armas e homens suficientes para derrubar Simon. Hasting aceita o plano, mas, no local combinado, descobre que se trata de uma cilada para eliminá-lo. Depois de uma perseguição de automóvel, Hasting é assassinado e enterrado perto de um rio, juntamente com sua secretária.

  • <p style="text-align: justify;">Inspirado na obra literária <strong>Santa Maria do Circo</strong>, do premiado escritor mexicano <strong>David Toscana</strong>, <strong>Deserto</strong> é uma alegoria do mundo e da condição humana. Um grupo de velhos artistas saltimbancos viaja pelo sertão brasileiro no início do século passado. A trupe é formada por anti-heróis, como Draco, um mágico que sofre de artrite e niilismo; um anão com medo da morte; Alma, uma velha comediante perdendo a razão; Valquíria, uma nostálgica cantora e pianista; Hércules, a força em decadência; Domênico, um velho domador sem leão; Narcisa, uma menina que escreve no corpo à faca; Dom Aleixo, o líder do grupo derrotado pelo tempo e seu porco de estimação. Ao encontrar uma cidade abandonada, constituída de algumas casas, uma igreja e uma fonte que jorra água limpa, como em um milagre bíblico, o grupo resolve deixar a vida errante e esculpir o que consideram uma vida normal. Para construir uma nova cidade, seus integrantes escrevem em papéis as funções que consideram fundamentais em uma sociedade e, com um sorteio, selam seus novos destinos. Padre, médico, carpinteiro, negro, prostituta, caçadora e cozinheira são os personagens que eles passam a encarnar nesta nova jornada que mostra a fragilidade dos valores morais, o tempo, a velhice, a solidão e o exílio. Para uns, o fim de um caminho. Para outros, a descoberta de novas possibilidades.</p>

    Deserto (Em Finalização)

    Inspirado na obra literária Santa Maria do Circo, do premiado escritor mexicano David Toscana, Deserto é uma alegoria do mundo e da condição humana. Um grupo de velhos artistas saltimbancos viaja pelo sertão brasileiro no início do século passado. A trupe é formada por anti-heróis, como Draco, um mágico que sofre de artrite e niilismo; um anão com medo da morte; Alma, uma velha comediante perdendo a razão; Valquíria, uma nostálgica cantora e pianista; Hércules, a força em decadência; Domênico, um velho domador sem leão; Narcisa, uma menina que escreve no corpo à faca; Dom Aleixo, o líder do grupo derrotado pelo tempo e seu porco de estimação. Ao encontrar uma cidade abandonada, constituída de algumas casas, uma igreja e uma fonte que jorra água limpa, como em um milagre bíblico, o grupo resolve deixar a vida errante e esculpir o que consideram uma vida normal. Para construir uma nova cidade, seus integrantes escrevem em papéis as funções que consideram fundamentais em uma sociedade e, com um sorteio, selam seus novos destinos. Padre, médico, carpinteiro, negro, prostituta, caçadora e cozinheira são os personagens que eles passam a encarnar nesta nova jornada que mostra a fragilidade dos valores morais, o tempo, a velhice, a solidão e o exílio. Para uns, o fim de um caminho. Para outros, a descoberta de novas possibilidades.

Sugestões de Leitura
  • Sinopse Sinopse Maria da Conceição Tavares

    LIVRO – Desenvolvimento Econômico e Crise

    Sinopse Sinopse Maria da Conceição Tavares

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse

    LIVRO – Teatro Oficina: onde a arte não dormia

    Sinopse Sinopse

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse

    LIVRO – Orson Welles no Brasil

    Sinopse Sinopse

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O relançamento de <strong>Minha razão de viver</strong> traz um clássico enriquecido por requintes gráficos, documentos inéditos e imagens que, segundo o autor, falam virtualmente. As informações complementares adentram labirintos e porões do esquema de arrecadação de dinheiro destinado a financiar o contragolpe preventivo rascunhado entre meados de 1963 e abril de 1964 por partidários do Presidente <strong>João Goulart</strong>. <strong>Samuel Wainer</strong> foi testemunha e, com frequência, protagonista dos preparativos para a ação abortada por inimigos mais ágeis. O golpe militar chegou antes.</p>

    LIVRO – Minha razão de viver (Ed. 2005)

    O relançamento de Minha razão de viver traz um clássico enriquecido por requintes gráficos, documentos inéditos e imagens que, segundo o autor, falam virtualmente. As informações complementares adentram labirintos e porões do esquema de arrecadação de dinheiro destinado a financiar o contragolpe preventivo rascunhado entre meados de 1963 e abril de 1964 por partidários do Presidente João Goulart. Samuel Wainer foi testemunha e, com frequência, protagonista dos preparativos para a ação abortada por inimigos mais ágeis. O golpe militar chegou antes.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Com a habilidade de um sábio contador de histórias, Martinho da Vila puxa o fio de uma narrativa saborosa, acompanhando os movimentos da história de amor de Daomé Benino e Iana Smith. Para além da simples obra de ficção, neste livro o autor traça um grande painel em que fragmentos de memória compõem um conjunto harmonioso. Analisando os detalhes deste rico mosaico, o leitor pode perceber uma espécie de panteão, formado pelos heróis que construíram a identidade negra do Brasil. No pano de fundo, lugares, personagens e canções que, em cada época, pontuaram as memórias do narrador e de seus protagonistas.</p>

    LIVRO – Barras, Vilas e Amores

    Com a habilidade de um sábio contador de histórias, Martinho da Vila puxa o fio de uma narrativa saborosa, acompanhando os movimentos da história de amor de Daomé Benino e Iana Smith. Para além da simples obra de ficção, neste livro o autor traça um grande painel em que fragmentos de memória compõem um conjunto harmonioso. Analisando os detalhes deste rico mosaico, o leitor pode perceber uma espécie de panteão, formado pelos heróis que construíram a identidade negra do Brasil. No pano de fundo, lugares, personagens e canções que, em cada época, pontuaram as memórias do narrador e de seus protagonistas.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A trajetória de <strong>Ittala Nandi</strong>, uma das mais importantes atrizes brasileiras, em atividade há mais de cinquenta anos no teatro, no cinema e na televisão. Um depoimento ao jornalista e escritor <strong>Claudio Maria Valentinetti</strong> no qual rememora suas origens, o início da vida artística, a consciência política, sua presença no Teatro Oficina e os trabalhos no Cinema Novo e em poucas, mas importantes telenovelas.</p>

    LIVRO – Ittala Nandi: o caminho de uma deusa

    A trajetória de Ittala Nandi, uma das mais importantes atrizes brasileiras, em atividade há mais de cinquenta anos no teatro, no cinema e na televisão. Um depoimento ao jornalista e escritor Claudio Maria Valentinetti no qual rememora suas origens, o início da vida artística, a consciência política, sua presença no Teatro Oficina e os trabalhos no Cinema Novo e em poucas, mas importantes telenovelas.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Paulo Henrique Amorim</strong>, um dos mais influentes jornalistas brasileiros contemporâneos, ao completar 50 anos de carreira nos mais importantes órgãos de imprensa e TV do país (<em>Globo, Veja, Jornal do Brasil</em>), reúne em livro meio século de atividade profissional com tudo aquilo que as notícias nunca deram: o lado de dentro do jornalismo e do poder. <strong>O quarto poder – uma outra história</strong> é um livro de memórias e um livro de história: a história pouco conhecida dos meios de comunicação no Brasil desde os primórdios, no período Vargas, passando pela criação e pelo apogeu da Rede Globo, a partir do governo militar, e incluindo os bastidores de grandes momentos da história contemporânea (ditadura, período de transição, governos <strong>Sarney</strong>, <strong>Collor</strong>, <strong>FHC</strong> e <strong>PT</strong>) – além de encontros reveladores com os principais nomes da mídia e do poder que fizeram e desfizeram a história recente do país e os bastidores dos episódios mais marcantes (<em>Plano Cruzado</em>, <em>Plano Collor</em>, negociação da dívida externa, Plano Real, debate eleitoral Collor x Lula...), até os dias de hoje.</p>

    LIVRO – O quarto poder: uma outra história

    Paulo Henrique Amorim, um dos mais influentes jornalistas brasileiros contemporâneos, ao completar 50 anos de carreira nos mais importantes órgãos de imprensa e TV do país (Globo, Veja, Jornal do Brasil), reúne em livro meio século de atividade profissional com tudo aquilo que as notícias nunca deram: o lado de dentro do jornalismo e do poder. O quarto poder – uma outra história é um livro de memórias e um livro de história: a história pouco conhecida dos meios de comunicação no Brasil desde os primórdios, no período Vargas, passando pela criação e pelo apogeu da Rede Globo, a partir do governo militar, e incluindo os bastidores de grandes momentos da história contemporânea (ditadura, período de transição, governos Sarney, Collor, FHC e PT) – além de encontros reveladores com os principais nomes da mídia e do poder que fizeram e desfizeram a história recente do país e os bastidores dos episódios mais marcantes (Plano Cruzado, Plano Collor, negociação da dívida externa, Plano Real, debate eleitoral Collor x Lula...), até os dias de hoje.

    Continue Lendo...

  • REVISTA – Exibidor nº 19

    Continue Lendo...