Amor Maldito (1984)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

Duas mulheres, dois mundos diferentes: Fernanda e Sueli. Fernanda, uma mulher segura, com vida organizada, emprego garantido e um pequeno apartamento. Sueli, uma moça sonhadora, com sonhos de ser famosa, chegar à televisão, ser requisitada por revistas masculinas…Teve uma criação muito rígida pelo pai, pastor protestante, e pela mãe, submissa, vivendo exclusivamente para o marido e para as duas filhas: Vera, uma menina problemática e Sueli, a ovelha negra da família. Fernanda conheceu Sueli quando esta foi ao seu escritório vender convites para o concurso de miss do qual seria concorrente. Mais tarde reencontram-se na praia, quando Sueli conta que vencera o concurso, mas que por isso fora expulsa de casa e no momento não tinha para onde ir. Fernanda, solidária, ofereceu-lhe sua casa até que a situação se acomodasse um pouco. Do convívio diário nasceu um relacionamento íntimo entre as duas. Em uma festa na casa de Fernanda, Sueli conhece um jornalista. Sua fantasia projeta nele um futuro brilhante, um trampolim para o sucesso. Sai da casa de Fernanda para viver seu sonho, mas engravida, é abandonada pelo jornalista e desilude-se. Num momento de desespero, volta à casa de Fernanda, joga-se pela janela e morre. Fernanda é arrolada no caso e acaba no banco dos réus. No tribunal é acusada da morte de Sueli. O pastor Daniel a rotula de corruptora da moral e da família levando sua filha à morte. Depõem também conhecidos, colegas de trabalho, o jornalista Jorge, o síndico do prédio, a manicure, a mãe e a irmã de Sueli. Quase todos abstendo-se de tomar posições, de mostrar comoção ou compreensão com a tragédia ocorrida. Os advogados, por sua vez, contribuíram em muito para transformar o tribunal no palco de uma enorme farsa. Fernanda é absolvida pelo júri. Porém, a morte de sua grande amiga e a forma insensível com que o mundo recebeu esse fato, não permitiriam que a sua vida fosse jamais a mesma. A morte de Sueli era também um pouco de sua própria morte.

Elenco

Lafond, Monique (Fernanda)
Dias, Wilma (Sueli)
Queiroz, Emiliano (Pastor)
Amaral, Neuza (Manicure)
Ferreira, Tony (Advogado de defesa)
Salvatori, Vinicius (Advogado de acusação)
Parente, Nildo (Juiz)
Letícia, Maria (Vera)
Barcelos, Jalusa (Angela)
Miranda, Julia (Mãe de Sueli)
Petraglia, Mário (Jornalista)
Vinicius, Marcus (Bicha)
Ascoli, Sergio (Síndico)
Coutinho, Octacílo (Delegado)

Participação especial:
Cresta, Isolda

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Amor Maldito (1984) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Adelia Sampaio
Argumento: Adelia Sampaio
Roteiro: José Louzeiro
Assistência de direção: Antonio Moreno
Continuidade: Antonio Moreno
Produção: Elias, João e Adelia Sampaio
Direção de produção: Maria, Eliana; Ferreira, Cláudia
Produtor associado: Lima, Edy; Eckart, Antonio; Damasio, Francisco; Medeiros, José
Coordenação de produção: Cobbett, Eliana
Direção de fotografia: Mauro, Paulo Cesar
Assistência de câmera: Cruz, Enio
Fotografia de cena: Ferreira, Cláudia
Montagem: Leone, Eduardo
Cenografia: Dudu Continentino
Maquiagem: Rubesse, Sônia
Vestuário: Dudu Continentino
Música: Fróes, Perna
Companhias Produtoras: A.F. Sampaio Produções Artísticas | Gaivota Filmes
Companhia Produtora Associada: Portal Filmes

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/FIBRA
Concine/84
Concine/Ficha Técnica
HBH/QCRCB
O Estado de S. Paulo, 12.08.1984, p. 33

Livros:

BALADI, Mauro. Dicionário de Cinema Brasileiro: filmes de longa-metragem produzidos entre 1909 e 2012. São Paulo: Martins Fortes, 2013.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Amor Maldito. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/amor-maldito/

Observações:
HBH/QCRCB inclui na equipe de fotografia: José Medeiros.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.