Ângela (1951)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

Produzido no ano 1950, o filme Ângela conta a história de Gervásio, um jogador inveterado e de pouca sorte, que perde sua última propriedade, a mansão onde vive com a mãe, a enteada e a esposa doente. O vencedor do jogo, Dinarte, um homem de decisões súbitas e de grande sorte no jogo, insiste em ver a propriedade naquela mesma noite. Durante a visita, Ângela, a enteada, comunica o falecimento da esposa. Dinarte acaba se envolvendo com Ângela, com quem se casa, depois de deixar sua amante Vanju, uma cantora popular. Ângela pensa poder regenerá-lo. Os dois vivem momentos de felicidade numa viagem pitoresca às Missões e ao Rio de Janeiro. Com o nascimento da filha, Dinarte promete não jogar mais, contudo, entre bilhares, cavalos e brigas de galos termina perdendo tudo, assim como Gervásio, que continua decaindo cada vez mais. Enquanto isso a família se dissolve, Dinarte tenta o suicídio, restando a Ângela somente o seu bebê e algumas recordações.

Com Eliane Lage e Alberto Ruschel, o filme foi dirigido por Abílio Pereira de Almeida e Tom Payne.

Elenco

Eliane Lage …. Angela
Alberto Ruschel …. Dinarte
Sergio, Mario (Jango)
Almeida, Abílio Pereira de (Gervásio)
Inezita Barroso …. Vanjú
Ruth de Souza …. Divina
Salce, Luciano (Gennarino)
Lopes, Nair (Dona Leocádia)
Machado, Maria Clara (Zefa)
Calderaro, Luiz (Peão)
Ribeiro, Milton (Peão)
Batista, Xandó (Jogador)
Pollice, Margot (Etelvina)
Consorte, Renato (Jogador)
Camargo, Nelson (Cantador de víspora)
Cordeiro, Albino (Jogador)
Penteado, Ester (Helena)
Carvalho, A. C. (Leiloeiro)
Nora (Noris Gastal)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Ângela (1951) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Abílio Pereira de Almeida e Tom Payne
Roteiro: Ruschel, Nelly Dutra
Estória: Baseada no conto Sorte no jogo, de Hoffmann
Assistência de direção: Pereira, Agostinho Martins
Produção: Abílio Pereira de Almeida e Tom Payne
Assistência de produção: Rodrigues, Geraldo
Direção de fotografia: Fowle, H. C.
Assistência de fotografia: Guglielmi, Carlos
Operador: Huke, Nigel C.
Chefe eletricista: Bandeira, Rubem
Direção de som: Rasmussem, Erik
Assistente de som: Stoll, Michael; Schirm, Ove; Silitshau, Boris
Montagem: Hafenrichter, Edith; Novais, Álvaro; Babuska, Ladislau
Edição: Hafenrichter, Oswald
Cenografia: Massenzi, Pierino
Assistencia de cenografia: Sacilotto, Luiz
Maquiagem: Fletcher, H. E. Gerry
Assistência de maquiagem: Fletcher, Valerie
Companhia(s) produtora(s): Companhia Cinematográfica Vera Cruz
Companhia(s) distribuidora(s): Universal Filmes S.A.

Financimento/patrocínio: Banco Sul Americano do Brasil S.A.

Dados adicionais de música
Música de: Mignone, Francisco

Orquestra: Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo

Canção
Título: Quem é;
Autor da canção: Tupinambá, Marcelo;

Título: Enquanto houver
Autor da canção: Ruy, Evaldo
Intérprete: Earp, Marisa Sá

Locação: Pelotas; São Bernardo do Campo – SP; Rio de Janeiro

Prêmios

Melhor ator secundário para Salce, Luciano; Melhor atriz secundária para Souza, Ruth de e Cenografia para Massenzi, Pierino, Prêmio Governador do Estado de São Paulo, 1952 SP; Melhor ator secundário para Salce, Luciano e Melhor atriz secundária para Souza, Ruth de, Prêmio Associação Brasileira de Cronistas Cinematográficos, 1952 RJ.

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

BALADI, Mauro. Dicionário de Cinema Brasileiro: filmes de longa-metragem produzidos entre 1909 e 2012. São Paulo: Martins Fortes, 2013.
LAGE, Eliane. Ilhas, Veredas e Buritis. São Paulo: Brasiliense, 2005.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/angela/

Fontes utilizadas:
CENS/I
CENS/II
MRG/VCFS
FCB LOTE 2/FF
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
RB/AN64
FCB/FF
AV/ICB
ACPJ/I

Observações:
ALSN/DFB-LM informa: “A produção foi iniciada por , ainda como produtor geral da companhia, com direção de tendo como assistente , mas um desentendimento com o afastou da produção e da companhia, definitivamente”.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.