Anjos da noite (1986)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

POSTER Anjos de Noite 01Diversos personagens cruzam-se na noite paulistana à procura de amor e aventura. Ensaio cinematográfico sobre a solidão do homem urbano, o filme vai desvendando ao espectador as relações entre os personagens que são elementos da fauna que vive na noite paulistana.

Um vasto painel fragmentado sobre uma noite da metrópole. Uma série de pessoas – uma ex-manequim negra, um diretor teatral, um homossexual, uma atriz decadente, um gigolô, um transformista, uma estudante de sociologia, um sujeito misto de gangster e delegado corrupto, entre outras – estão relacionadas com dois crimes aparentemente gratuitos e impunes até o amanhecer.

Elenco

Zezé Motta …. Malú
Antônio Fagundes …. Jorge
Marco Nanini …. Guto
Chiquinho Brandão …. Lola, Mauro
Aida Leiner …. Milene
Cláudio Mamberti …. Fôfo
Aldo Bueno …. Bimbo
Ana Ramalho …. M. Clara
José Rubens Chachá …. Leger
Imbassay, Letícia (Esmeralda)
Papadopol, Rosaly
Nascimento, Luiz
Fonseca, Eliana
Dwek, Tuna
Mutarelli, Cristina
Renzo, Reinaldo
Haar, Mira
Savietto, Claudio
Barnabé, Paulo
Dartagnan Junior
Zatz, Ignácio
Mansfield, Marcelo
Marra, Paulo
Tonny
Magda

Apresentando:
Guillerme Leme …. Teddy
Bé Valério …. Cissa

Atores Convidados:
Sérgio Mamberti
Arrigo Barnabé

Participação especial:
Marília Pêra …. Marta Brum

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Anjos da Noite que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Wilson Barros
Roteiro: Wilson Barros
Direção de produção: Pedreira, Álvaro
Produção executiva: André Klotzel e Zita Carvalhosa
Produtores Associados: Wilson Barros; Marília Pêra e Sérvulo Augusto
Assistência de produção: Pedrosa, Orlando; Riva, Genoveva; Marcondes, Ricardo; Claudio, João; Siqueira, Edith
Motorista: Carlos; Damião; Curt
Assistência de direção: Savietto, Tania; Santeiro, Cristina
Continuidade: Santeiro, Cristina
Coreografia: Possi Neto, José; Crescente, Mazé
Direção de Fotografia: José Roberto Eliezer, abc
Operador de Câmera: José Roberto Eliezer, abc
Assistência de câmera: Rocha, Lito Mendes da; Solitrenick, Jacob
Fotografia de cena: Francesco, Luciana di
Trucagens: Ilimitada
Chefe eletricista: Malta, Ulisses
Eletricista: Souza, Luiz; Cardoso, Nilo; Alquezar, Anisio
Maquinista: Jorginho
Mixagem: José Luiz Sasso
Ruídos de sala: Guilherme, M.; Cesar, Antônio
Som guia: Mendes, Eduardo Santos; Fontes, Evandro Martim
Técnico de dublagem: Biane, Orlando
Montagem: Renato Neiva Moreira
Assistente de montagem: Dias, Regina
Direção de arte: Cristiano Amaral
Desenho de produção: Cristiano Amaral e Francisco de Andrade
Figurino: Mariza Guimarães
Cenografia: Cristiano Amaral; Francisco de Andrade; Renatão; Juracy; Miltinho
Letreiros: Simões, Duto
Consultoria de cor: Velecico, Nadia K.
Assistencia de cenografia: Simões, Duto; Abreu, Ana Maria; Mills, Tânia
Montagem de cenário: Amaral, Cristiano; Andrade, Chico; Pinicão
Produção de cenografia: Steen, Léa Van
Maquiagem: Lombardi, Maria Antônia; Darcy
Costureira: Slama, Cícera
Guarda-roupeira: Kawamura, Mariko
Produção de figurinos: Gonçalves, Selena
Arranjos musicais: Gil Reyes e Sérvulo Augusto
Música: Sérvulo Augusto
Música original: Sérvulo Augusto

Dados adicionais de música
Título da música: Bachiana n§5;
Intérprete(s): Ozetti, Ná
Instrumentista: Carneiro, Wander – bateria; Vieira, Geraldo – baixo elétrico; Reyes, Gil – clarinete; Almeida, Elias – guitarra; Augusto, Sérvulo – teclados; CArdoso, Teco – sax alto; Tranjan Neto, Gabriel – trumpete;
Título da música: As time goes by;
Instrumentista: Reyes, Gil – piano;
Título da música: Ne me quite pas
Instrumentista: Reyes, Gil – piano

Locação: São Paulo – SP

Empresas Produtoras: Superfilmes
Empresas Produtoras Associadas: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.; Secretaria de Estado de Cultura – SP; Orion
Empresa Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Prêmios

Melhor filme; de Melhor fotografia para Eliezer, José Roberto; Prêmio AGFA de Melhor Fotografia para Eliezer, José Roberto; Prêmio ABRACI Escultura de Bentes, Maurício para Melhor Direção; Prêmio da Crítica no Festival de Brasília, 20, 1987, Brasília – DF..
Melhor direção; de Melhor atriz para Pêra, Marília; de Melhor ator coadjuvante para Leme, Guilherme; de Melhor fotografia para Eliezer, José Roberto; de Melhor cenografia para Amaral, Cristiano e Andrade, Francisco; Prêmio da crítica pela Linguagem Cinematográfica; Prêmio Kodak de Melhor fotografia para Eliezer, José Roberto no Festival de Gramado, 15, 1987 – RS..
Melhor filme; de Melhor diretor para Barros, Wilson na votação da Crítica, 1987 no Festival do SESC, 14, 1988, SP..
Melhor Direção; de Melhor Som para Rogério, Walter; de Melhor Montagem para Moreira, Renato Neiva no Rio-Cine Festival, 4, 1988, RJ..
Prêmio Governador do Estado, 1988, SP, de Melhor Fotografia, Prêmio Edgar Brasil para Eliezer, José Roberto; de Melhor Roteiro para Barros, Wilson; de Melhor Ator para Nanini, Marco; de Melhor Ator Coadjuvante para Brandão, Chiquinho; de Melhor Atriz Coadjuvante para Leiner, Aida.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/FIBRA
Press-release
FBR/30ACF
Concine/87*
FSESC/1987
Folha de S. Paulo, 25.09.1987, p. A-38; 09.11.1987, p. A-26
O Globo, 26.09.1987, Segundo Caderno, p. 5
Jornal do Brasil, 01.10.1987, Caderno B, p. 2
Jornal da Tarde, 18.11.1987, p. 22
Correio Braziliense, 16.12.1987, p. 26

Fontes consultadas:
JLS/site, acessado em 22.06.2007

Observações:
O Globo de 26.09.1987, indica que a pré-estréia no Rio de Janeiro ocorreu a 26.09.1987 no Bruni-Ipanema.
Jornal do Brasil de 01.10.1987, cita que a pré-estréia aconteceu dia 28.09.1987 no Cinclube Estação Botafogo.
Jornal da Tarde de 18.11.1987, p. 22, aponta a censura para menores de 16 anos.
A coreografia de José Possi Neto é referente à dancing in the dark.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.