Anjos do Arrabalde (1986)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

História de três professoras que dão aula na periferia de São Paulo e são obrigadas a conviver com a pobreza local e a violência. Em um terreno baldio, Aninha é estuprada por um rapaz, Nivaldo. Carmo visita as amigas Dália e Rosa na escola onde leciona. As três almoçam juntas. Henrique, marido de Carmo, é policial e trabalha com o amigo Gaúcho, delegado. Os dois encontram Aninha na delegacia. Henrique reconhece a garota como sendo a manicure de sua mulher e lhe oferece ajuda; ela recusa e volta para casa, na favela, onde João a espera. Dália está em casa quando chega Afonso, seu irmão mais novo, que apresenta distúrbios mentais e está envolvido com drogas. Rosa, sozinha em seu apartamento, houve música. Aninha almoça na casa de Dália e lá conhece Carmona, um editor amigo de Dália. Rosa encontra-se com Soares, homem casado por quem está apaixonada e que trabalha como supervisor na escola. Eles fazem sexo. Ela lhe revela que é estéril. Henrique e Carmo organizam um jantar para reunir Rosa e Gaúcho, que sempre demonstrou interesse pela moça. Ele a leva para casa, mas Rosa o rechaça. Quando descobre que Aninha se envolveu com Nivaldo, João lhe bate. Ela o ataca com uma faca e foge. Na delegacia, Aninha aceita ajuda de Henrique que a leva para casa. Carmona e as três amigas passam a tarde no cinema. Henrique vai almoçar em casa e se irrita ao não encontrar sua esposa. Quando ela chega, os dois discutem. Soares espera por Rosa. Dália e Carmona chegam em casa e são interrompidos por Afonso que aparece machucado devido a uma briga com dois traficantes. Dália o ignora e vai para o quarto com Carmona. Henrique e Carmo conversam e ele insiste em não deixá-la voltar a trabalhar. Na escola, Rosa vê Soares com a esposa e fica com ciúmes. Ele solicita sua transferência para outra escola e ela, abalada, tenta se suicidar. No terreno baldio, Aninha mata Nivaldo com a arma que pegara de Henrique. Fernanda, repórter da revista de Carmona, envolve-se com Dália, sua antiga amante, ao tentar obter informações sobre a tentativa de suicídio. Carmo diz ao marido que vai voltar a trabalhar. Dália e Carmo chegam à escola para dar aula.

Elenco

Faria, Betty (Dalia)
Abujamra, Clarisse (Rosa)
Stefania, Irene (Carmo)
Alves, Vanessa (Aninha)
Gonçalves, Enio (Henrique)
Biasi, Emilio Di (Carmona)
Blat, Ricardo (Afonso)
Koppa, Carlos (Gaúcho)
Burza, Chica (Diretora)
Guerra, Kiko (Nivaldo)
Gregório, Silas (João)
Marcondes, Elaine (Valéria)
Canoletti, Jessica (Filha de Carmo)
Martins, Josmar (Pai de Aninha)
Reichenbach, Lygia (Dentista)
Abreu, Olney de (Traficante)
Albanezzi, Arlete (Assistente Social)
Regina, Marcia (Sônia)
Rubio, Messias
Martins, Danilo
Silva, Yolanda
Santana, César
Cirilo, Oswaldo
Caragua, Laurente
Gomes, Colon
Santos, Oswaldo dos
Os Dezesseis Meninos da Treze de Maio
Nascimento, Pedro
Nascimento, Expedito
Santana, Pedro
Souza, Antonio T. de
Morita, Sue
Bonifácio, Fernando
Miranda, Judih
Santos, Jorge dos
Constancio, Abel
Braga, Aluísio
Rocha, Juraci P. da
Antunes, Jorge
Couto, Mário
Ditsch, Roberto
Chagas, Luiz
Medina, Janete
Dantas, Ricardo
Castro, Pedro Luiz de
Santos, Edmilson
Giovanni, Franklin
Kranium
Jesuito
Tramonte, Marta
Neves, Clarionita das
Caggiano, Cristina
Marrafão, Paulo
Moura, Fátima
Cavalcanti, Antonio C.
Tores, Evilasto

Atriz Convidada:
Nicole Puzzi …. Fernanda

Participação especial:
Abreu, José de(Soares)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Anjos do Arrabalde (1986) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlos Reichenbach
Argumento: Carlos Reichenbach
Roteiro: Carlos Reichenbach
Produção: Galante, Antonio Polo
Direção de produção: Silveira, Sara
Assistência de produção: Oliveira, Maria José de; Marrafão, Paulo Rogerio; Cavalcanti, Antonio Carlos; Madalena, Marcos
Assistência de direção: Aguilar, José Eduardo; Liguori, Eduardo Lima
Continuidade: Amaral, Isabel do
Direção de fotografia: Sanchez, Conrado
Câmera: Reichenbach, Carlos
Assistência de câmera: Oliveira, Luiz Antonio de
Eletricista: Valencio, Jose; Oliveira, Luiz Antonio
Maquinista: Torres, Arlindo; Lampa, José Carlos
Mixagem: Sasso, José Luiz
Efeitos especiais de som: Cesar, Antonio; Guilherme, Manoel
Som guia: Magaldi, Chico; Filler, Ary
Técnico de gravações: Maradona; Dias, Juvenal
Montagem: Mazini, Eder
Assistente de montagem: Linguitte, Ricardo
Montagem de som: Amaral, José do
Direção de arte: Souza, Sebastião de
Assistência de direção de arte: Faria, Gilson
Guarda-roupa: Kawamura, Mariko
Contra-regra/acessórios de cenografia: Hempfing, Ilka
Maquiagem: Teixeira, Mario Lúcio
Arranjos musicais: Paiva, Manoel; Chagas, Luiz
Música: Paiva, Manoel; Chagas, Luiz; Debussy, Claude; Ravel, Maurice; Chopin, Frederic
Instrumentista: Carvalho, George Freire de – sopros; Maranhão, Pedro do – ritmos; Ferragutti, Toninho – acordeon; Szidol, Maurizio – percussão; Paiva, Manoel – teclados; Lima, Jobim – violão 7 cordas e Chagas, Luiz – cordas
Companhia(s) produtora(s): Produções Cinematográficas Galante Ltda.; Transvídeo
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Prêmios

1987 :: Melhor Filme no 15º Festival de Gramado, RS;
1987 :: Melhor Atriz para Faria, Betty no 15º Festival de Gramado, RS;
1987 :: Melhor Atriz Coadjuvante para Alves, Vanessa no 15º Festival de Gramado, RS.

Bibliografia

Fontes de Referência

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/FIBRA
Press-release
Concine/86*

Livros:

Internet:

http://www.cinemateca.org.br/ – Cinemateca Brasileira – Brasil

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.