Araguaya – A Conspiração do Silêncio (2004)

Sinopse

O exército brasileiro no auge da ideologia da segurança nacional, um partido de esquerda dissidente, militante aguerridos (a maioria deles ainda jovens e inexperientes), inocentes camponeses e uma região onde a ambição e a miséria disputavam lugar palmo a palmo. Esse é o cenário de Conspiração do Silêncio, longa metragem de ficção baseado em extensa pesquisa empreendida pelo realizador e roteirista Ronaldo Duque sobre a Guerrilha do Araguaia, um dos episódios mais importantes da história contemporânea brasileira.

O filme é narrado a partir da personagem do Padre Chico, um religioso francês que chegou à região no início dos anos 60. A profunda identidade de Padre Chico com as pessoas da região, associada ao seu sentimento religioso e dúvidas existenciais, permitem abordar esse momento histórico com grande liberdade, evitando o risco de produzir uma “Versão Oficial” da história. Assim, “Araguaya, A Conspiração do Silêncio” foge dos clichês do gênero oferecendo ao espectador uma visão original sobre uma história instigante e real.

Araguaya, Conspiração do Silêncio é o primeiro filme de ficção de Ronaldo Duque. Nele, 1.200 jovens da União da Juventude Socialista (UJS) tiveram a oportunidade de assistir, em primeira mão, ao longa. O evento aconteceu durante o 12° Congresso da UJS, no dia 12 de junho de 2004, no Cine Brasília. Estavam presentes o Dep. Federal Jamil Murad do PCdoB de São Paulo e Zezinho do Araguaia, ex-guerrilheiro.

Uma amostra do filme Conspiração do Silêncio de Ronaldo Duque foi exibida na programação cultural da caravana da UNE que percorreu mais de 20 cidades em todo o país durante o mês de maio.

No dia 07 de junho de 2004, uma nova amostra de 6 minutos foi exibida durante o I Festival de Belém do Cinema Brasileiro para Aproximadamente 500 pessoas. Para essa exibição foi feita uma edição especial de cenas do filme onde mostre a força e a importância do povo da Amazônia.

A Assembléia Legislativa da Bahia, no dia 03 de junho, homenageou a Guerrilha do Araguaia. Os presentes puderam assistir a uma amostra do filme e contaram com as presenças de Ronaldo Duque e Northon Nacimento.

O filme foi selecionado para o 32º Festival de Cinema de Gramado. Ainda em processo de finalização o filme concorreu com outras 47 produções brasileiras.

Elenco

Northon Nascimento (Osvaldão)
Françoise Forton (Dora)
Danton Mello (Carlos)
Narcisa Leão (Lúcia)
Stephane Brodt (Pe. Chico)
Fernanda Maiorano (Tininha)
Rasanne Holland (Alice)
Rômulo Augusto (Flávio)
William Ferreira (Juca)
Cacá Amaral (Mário)
Cláudio Jaborandi (Cabo Abdon)
Humberto Pedrancini (General Mamede)
Fernando Alves Pinto (Tenente Álvaro)
Pablo Peixoto (Geraldo)
Adriano Barroso (Anselmo)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Araguaya – A Conspiração do Silêncio (2004) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Ronaldo Duque
Roteiro: Ronaldo Duque, Guilherme Reis e Paula Simas
Produção: Ronaldo Duque e Marcio Curi
Direção de produção: Luiz Antônio Gerace (Chacra)
Produtores associados: Sâmia Gabriel e Daniel Gomez
Produção executiva: Marcio Curi
Elenco: Guilherme Reis
Direção de fotografia: Luis Abramo e Jacques Cheuiche
Direção de arte: Pedro Daldegan e Eurico Rocha
Figurino: Maria Carmem Souza
Som: Chico Bororo
Música original: Renio Quintas
Montagem: André Cardoso

Prêmios
Premiado do 32º Festival de Gramado – Cinema Brasileiro e Latino com Prêmio Especial Do Júri, 2004.

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.