As melhores coisas do mundo (2010)

Sinopse

O filme de Laís Bodanzky, diretora dos aclamados Bicho de Sete Cabeças e Chega de Saudade, conta a história de um garoto de 15 anos em plena transformação.

As Melhores Coisas do Mundo retrata o universo de Hermano, conhecido como Mano (Francisco Miguez). Adolescente de classe média, filho de intelectuais, mãe (Denise Fraga) e pai (Zé Carlos Machado) professores de pós-graduação e irmão mais novo de Pedro (Fiuk). A chegada do mundo adulto vem cercada de dificuldades de tirar o fôlego e exige do protagonista uma grande transformação em sua forma de ver o mundo. O roteiro é assinado por Luiz Bolognesi, também roteirista de “Bicho de Sete Cabeças”, “Chega de Saudade” e “Terra Vermelha”, montagem primorosa de Daniel Rezende e produção coordenada pelos irmãos Caio e Fabiano Gullane.

O projeto foi livremente inspirado na série de livros “Mano”, de Gilberto Dimenstein e Heloísa Prieto. É uma produção da Gullane em coprodução com Casa Redonda, Buriti Filmes e Warner Bros. Pictures.

Ficha Técnica

direção: Laís Bodanzky
roteiro: Luiz Bolognesi, baseado em série de livros de Gilberto Dimenstein e Heloísa Prieto
produção: Caio Gullane, Fabiano Gullane, Débora Ivanov e Gabriel Lacerda
música: BiD
Direção de Fotografia: Mauro Pinheiro Jr., ABC
direção de arte: Cássio Amarante
figurino: Caia Guimarães
edição: Daniel Rezende
estúdio: Gullane Filmes / Buriti Filmes / Casa Redonda / Warner Bros. Pictures
distribuidora: Warner Bros.

Bibliografia

Fontes de Referência

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.