Beatriz Segall

Biografia

Beatriz de Toledo Segall, em arte conhecida como Beatriz Segall, é uma atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 25 de julho de 1926.

Filha dos professores Deborah Lago e Mário de Toledo Fonseca, teve educação erudita. Incentivada pelos pais, estuda piano clássico e interpretação. Professora de francês, estuda teatro com Sady Cabral no início dos anos 1950 e trabalha com Henriette Morineau.

Estreou no cinema em 1950 no filme A Beleza do Diabo, ainda como Beatriz Toledo. Em Paris, onde prossegue os estudos, conhece Maurício Segall, filho do pintor lituano radicado no Brasil Lasar Segall (1891-1957), com quem se casa em 1954 e tem três filhos, Sérgio, Mário e Paulo. O casamento com Maurício Segall dura 28 anos, e termina em 1982.

De volta ao Brasil em 1955, Beatriz Segall reside em São Paulo e tem sua primeira participação na televisão, no programa Lever no Espaço, em 1957. Em seguida abandona a carreira, retomada somente em 1964, quando participa da montagem de Andorra, no Teatro Oficina, dirigida por José Celso Martinez Corrêa. No final dos anos 1960, ela e o marido alugam o Teatro São Pedro e lá produzem as peças Os Fuzis da Sra. Carrar e Marta Saré.

Estreia na televisão em 1967 na novela Angústia de Amar, exibida pela extinta TV Tupi. No início da década de 1970, seu marido é preso, pois faz parte da Aliança Libertadora Nacional (ALN), num dos momentos mais tensos e difíceis de sua vida.

Na TV Globo, participa de DancinDays, em 1978, mas fica conhecida nacionalmente como Odete Roitman. Depois Vale Tudo (1988), Barriga de Aluguel (1990), Sonho Meu (1993), Anjo Mau (1997), Você Decide (episódio: Dublê de Socialite) (1998), O Clone (2001) e Esperança (2002).

Retorna em 2006 para a televisão, contratada pela TV Record para atuar em Bicho do Mato. Mesmo tendo feito muitas novelas e filmes, sempre direcionou sua carreira para o teatro e, quase sempre, no papel de antagonista; é uma das grandes atrizes brasileiras. O diretor Sérgio Toledo é seu filho.

Em 2007, a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, por meio da Coleção Aplauso, lança sua biografia: Beatriz Segall: Além das Aparências, de autoria de Nilu Lebert.

Filmografia

2011 :: Família Vende Tudo
2002 :: Desmundo
1988 :: Romance
1981 :: Pixote, a Lei do Mais Fraco
1978 :: Os Amantes da Chuva
1978 :: Diário da Província
1977 :: O Cortiço
1976 :: À Flor da Pele
1970 :: Cléo e Daniel
1950 :: A Beleza do Diabo

Bibliografia

Livros:

LEBERT, Nilu. Beatriz Segall: Além das Aparências. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2007.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Beatriz Segall. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/beatriz-segall/

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.