Bye Bye, Brasil (1980)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

Uma trupe de artistas ambulantes viaja pelo interior do Brasil. Um caminhão alegremente colorido carrega a ‘Caravana Rolidei’ e suas atrações – Salomé, a Rainha da Rumba, Lorde Cigano, o Imperador dos Mágicos e dos Videntes e Andorinha, o Rei dos Músculos. Numa pequena cidade do Nordeste, à beira do rio São Francisco, eles aceitam um voluntário que passará a fazer parte da trupe, o sanfoneiro Ciço, que traz com ele sua espôsa, Dasdô. Ciço se apaixona por Salomé, e enquanto o caminhão da ‘Caravana Rolidei’ atravessa o vale do São Francisco, o litoral nordestino com suas praias, o árido sertão da seca, a selvagem Transamazônica e os caudalosos e perigosos rios Xingu e Amazonas, até chegar em Belém, a maior cidade amazônica, os componentes da trupe vão vivendo as situações decorrentes de suas aventuras nesta paisagem e de seus amores. Em Belém, eles decidem se separar. Ciço e Dasdô vão tentar a vida em Brasília onde, depois de algum tempo, o sanfoneiro começa a se tornar famoso. É aí que Salomé e Lorde Cigano reaparecem, convidando o casal para uma nova aventura pelo interior do país. Mas, dessa vez, não é certo que a ‘Caravana Rolidei” se reúna novamente.

Elenco

José Wilker …. Lorde Cigano
Faria, Betty (Salomé)
Fábio Jr. (Ciço)
Zambelli, Zaira (Dasdô)
Nabor, Principe (Andorinha)
Cavalcanti, Emanoel (Prefeito)
Passos, José Márcio (Assessor)
Kroeber, Carlos (Camioneiro)
Soares, Jofre (Zé da Luz)
Arena, Rodolfo (Sertanejo camponês)
Aderbal Jr. (Sertanejo)
Lagoeiro, Carlos (Sertanejo)
Bonaky, Catalina (Viúva)
Genes, Rinaldo (Cacique)
Vinicius, Marcus (Empresário)
Bandeira, Walter (Cantor)
Reis, Oscar (Leão-de-Chácara)
Gondin, Cleodon (Freguês)
Lacerda, José Carlos (Rodomoço)
Severo, Marieta (Assistente social)
Leão, Anilda
Conjunto Chácara Som 2000
Bezerra, Dalmo
Silva, Dalmo
Bernardes, Daniel
Ferreira, Emanuel
Cavalcanti, Homero
Barbosa, Jair
Lima, José Maria
Mascarenhas, Linda
Silva, Manoel
Braga, Mauro
Oliveira, Nazaré de
Teixeira, Pedro
Oliveira, Professor
Andrade, Ronaldo

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Bye Bye, Brasil (1980) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlos Diegues
Argumento: Carlos Diegues
Roteiro: Carlos Diegues
Assistência de direção: Barreto, Fábio
Continuidade: Cabello, Nieves
Coreografia: Machado, Carlos
Produção: Barreto, Lucy; Barreto, Luiz Carlos
Direção de produção: Miranda, Otávio
Produção executiva: Barreto, Lucy
Produtor associado: Clark, Walter; Barreto, Bruno; Braga, Carlos; Villela, Lucíola
Assistência de produção: Barreto, Antonio Cláudio; Magaldi, Álvaro
Coordenação de produção: Altberg, Marco
Empresa de figuração: Agência Escalada; Marza
Direção de fotografia: Escorel Filho, Lauro
Câmera: Escorel Filho, Lauro
Assistência de câmera: Tadeu, José
Fotografia de cena: Silva, Ademir
Trucagens: PPP
Eletricista: Guimarães, Jadeyr; Cavalcante, Pedro; Luiz, José
Maquinista: Oliveira, Djalma de; Cesar, Lourenço
Técnico de som: Laureux, Jean Claude; Raposeiro, Victor
Técnico de mixagem: Luiz, José
Montagem: Tavares, Mair
Edição: Tavares, Mair
Assistente de montagem: Fontoura, Denise
Montagem de som: Castro, Emanuelle
Figurinos: Medeiros, Anisio
Guarda-roupa: Guia, Maria da
Cenografia: Medeiros, Anisio
Títulos de apresentação: Pimenta, Fernando
Desenhos de letreiros de apresentação: Pimenta, Fernando
Assistencia de cenografia: Chada, Paula
Maquiagem: Pacheco, Antonio
Direção musical: Menescal, Roberto
Música-tema: Dominguinhos; Buarque, Chico; Menescal, Roberto
Companhia Produtora: Produções Cinematográficas L. C. Barreto Ltda.
Companhia Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Canção
Título: Bye bye Brasil;
Autor da canção: Buarque, Chico e Menescal, Roberto;
Intérprete: Buarque, Chico;

Título: Aquarela do Brasil;
Autor da canção: Barroso, Ary
Intérprete: Sinatra, Frank;

Título: White Christmas
Intérprete: Crosby, Bing

Locação: Altamira – PA; Belmonte – PA; Belém – PA; Piranhas – AL; Entremontes – AL; Maceió – AL; Murici – AL; Caruaru – PE; Rio Xingú – AM; Brasília – DF; Rio de Janeiro – RJ; Rio Amazonas – AM; Rio São Francisco – AL

Prêmios

Prêmio São Saruê – Federação de Cineclubes do Estado do Rio de Janeiro, 1980

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

PIMENTA, Fernando. O Cinema Brasileiro em Cartaz. Rio de Janeiro: Pimenta Design, 2006.

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Filmes Brasileiros: longa-metragem. São Paulo, Ed. do Autor, 2002.

Internet:

CINEMATECA BRASILEIRA. http://www.cinemateca.org.br/

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 79
Press-release
O Estado de S. Paulo, 03.02.1980; 12.02.1980, p. 18; 15.02.1980, p. 19; 17.02.1980; 19.02.1980, p. 17; 08.10.1980, p. 20; 04.11.1980, p. 21
Jornal da Tarde, 20.11.1980, p. 16
Embrafilme/FF

Observações:
Guia de Filmes 79 informa que o lançamento em São Paulo ocorreu a 18.02.1980.
O Estado de S. Paulo de 03.02.1980, informa que o lançamento nacional ocorreu no , a 09.02.1980, no Paço Municipal, São Bernardo do Campo – SP.
O Estado de S. Paulo de 12.02.1980, p. 18, indica o custo de 22 milhões de cruzeiros.
O Estado de S. Paulo de 15.02.1980, p. 19, informa que o filme foi selecionado para a mostra competitiva no – FR.
O Estado de S. Paulo de 19.02.1980, p. 17, indica que o filme foi o representante brasileiro no
– US.
Jornal da Tarde de 20.11.1980, p. 16, aponta o lançamento em Paris a 19.11.1980; previsão de lançamento na Suíça na semana entre 24 a 30.11.1980; previsão de lançamento na Itália e Holanda em dezembro de 1980.
O Estado de S. Paulo de 08.10.1980, p. 20, indica que o lançamento comercial do filme em Nova York ocorreu a 08.10.1980.
O Estado de S. Paulo de 04.11.1980, p. 21, apresenta uma fita comprada na 1ª Feira Internacional de Cinema Brasileiro (CIMEX), pela Bjork Filan Corporation, de Los Angeles, que lançará o filme nos mercados norte-americano, colombiano, mexicano e dinamarquês.
ALSN/DFB-LM informa: Leopoldo Serran como um dos roteiristas; Hernandes Fontoura como assistente de montagem; efeitos sonoros Hélio Barrozo Netto; e grafa os nomes de alguns dos atores do elenco Reinaldo Genes, Emanuel Cavalcanti, Catalina Bonak e Cleodon Gondin.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.