Cassy Jones – o Magnífico Sedutor (1972)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

Cassy Jones, um sedutor inveterado, amanhece no seu colchão de água ao lado da bela modelo Gigi, enquanto o seu amigo Bubu, igualmente paquerador mas não tão bonito, tenta uma aventura com a criada coroa da casa que, indignada, promete voltar com o filho para tirar satisfações. A seguir, Cassy se envolve com Ingrid, outra beldade emancipada e também paquerada por Bubu, que nunca tem sorte com as mulheres bonitas. Após saírem da cadeia, denunciados pela criada revoltada, Cassy e Bubu assistem pela TV a um programa popular do qual participam a delicada Clara Mondal e sua carrancuda tutora Frida. Imediatamente, o espírito de Don Juan se apodera de Cassy, que se determina a conquistar a garota, se servindo de vários disfarces para a abordagem. Frida morre baleada num tiroteio entre um ladrão e o vigia noturno de sua casa, e Clara foge com Cassy Jones. Após dormir com Clara, Cassy ri da sua expectativa de se casar com ele, e a manda embora. Clara Mondal se torna uma bem-sucedida vedete de rebolado pelas mãos do agente Bubu e recusa a insistente aproximação de Cassy, que, decadente, não consegue mais atrair as mulheres como antigamente. Notando a paixão sincera de Cassy, Clara o aceita de volta, dentro do mesmo avião que decola com outro par, Bubu e Gigi, recém-formado.

Curioso e subestimado, Cassy Jones – O Magnífico Sedutor, é um filme do diretor paulista Luis Sérgio Person.

Trata-se de uma delirante comédia urbana com toques da pornochanchada nascente (mas sem qualquer vulgaridade ou mau gosto, o erotismo aqui é perfeitamente adequado à trama), no qual se utiliza de vários estilos.

Elenco

Paulo José …. Cassy Jones
Sandra Bréa …. Clara Mondal
Clara, Sonia …. Ingrid
Niño, Ilva (Prostituta)
Bittencourt, Lenoir
Tatiana Leskova e suas alunas
Ferreira, Claudio
Brieba, Henriqueta (Freguesa das laranjas)
Rodrigues, Mano
Patrizia (Sexta Feira)

Apresentando:
Bidet, Hugo …. Bubu

Ator(es) Convidado(s):
Rocha, Glauce (Frida)
Grande Otelo …. Porteiro
Imperial, Carlos (Apresentador)
Condé, Nilson
Freire, Gracinda (Criada)
Gonçalves, Suzana(Gigi)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Cassy Jones – o Magnífico Sedutor (1972) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Luis Sérgio Person
Argumento: Luis Sérgio Person e Assis, Joaquim
Roteiro: Luis Sérgio Person e Assis, Joaquim
Produção: Glauco Mirko Laurelli e Luis Sérgio Person
Assistência de produção: Soares, P.; Pedroso, Theodoro; Schilke, Walter
Gerente de produção: Pablo, Luiz; Araujo, Raul
Assistência de direção: Mamede, Paulo
Continuidade: Levier, Helena
Coreografia: Carijó, Edmundo; Leskova, Tatiana
Direção de fotografia: Osvaldo de Oliveira e Renato Neumann
Assistência de câmera: Reis, Miro
Chefe eletricista: Neves, Jaime
Maquinista: Vieira, José
Técnico de som: Raposo, Victor; Cabalar, Júlio; Ribeiro, Nelson
Montagem: Guadalupe, Maria; Laurelli, Glauco Mirko
Edição: Guadalupe, Maria; Laurelli, Glauco Mirko
Assistente de montagem: Fernandes, Manoel
Direção de arte: Ripper, José Luiz
Assistência de direção de arte: Jehá, Regina
Maquiagem: Marques, Gilberto
Música: Imperial, Carlos
Companhia(s) produtora(s): Lauper Filmes Ltda.
Companhia(s) distribuidora(s): Cinedistri – Companhia Produtora e Distribuidora de Filmes Nacionais; Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.
Financimento/patrocínio: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Dados adicionais de música
Orquestração: Bruno, Leonardo

Prêmios

Prêmio Adicional de Qualidade, 1972 e Prêmio Coruja de Ouro, 1972, do INC – Instituto Nacional de Cinema de Melhor autor e Partitura musical..
Prêmio da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte de Melhor filme, 1973.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.