Bastidores Arquivo

  • <p style="text-align: justify;">Extrapolando as fronteiras entre arte e educação, <strong>Carla Caffé</strong> se vale do viés da história em quadrinhos para retratar como foi o trabalho de direção de arte do premiado longa-metragem <strong>Era o hotel Cambridge</strong> (2016), de <strong>Eliane Caffé</strong>. Com o auxílio de 21 estudantes de arquitetura da <strong>Escola da Cidade</strong>, a autora trabalhou a composição da direção de arte do filme a partir das melhorias arquitetônicas que poderiam ser deixadas no edifício para as famílias que moram na <em>Ocupação Cambridge</em>, no centro de São Paulo. Mesclando trabalho e criação coletiva e o problema da falta de moradia e do refúgio nas grandes cidades, o livro traz ainda textos de <strong>Eliane Caffé</strong>, <strong>Jorge Lobos</strong>, <strong>Lucia Santaella</strong>, <strong>Nabil Bonduki</strong> e <strong>Raquel Rolnik</strong>, além de uma esclarecedora entrevista com <strong>Carmen Silva</strong>, líder da <em>Frente de Luta por Moradia (FLM)</em>.</p>

    LIVRO – Era o Hotel Cambridge: Arquitetura, Cinema e Educação

    Extrapolando as fronteiras entre arte e educação, Carla Caffé se vale do viés da história em quadrinhos para retratar como foi o trabalho de direção de arte do premiado longa-metragem Era o hotel Cambridge (2016), de Eliane Caffé. Com o auxílio de 21 estudantes de arquitetura da Escola da Cidade, a autora trabalhou a composição da direção de arte do filme a partir das melhorias arquitetônicas que poderiam ser deixadas no edifício para as famílias que moram na Ocupação Cambridge, no centro de São Paulo. Mesclando trabalho e criação coletiva e o problema da falta de moradia e do refúgio nas grandes cidades, o livro traz ainda textos de Eliane Caffé, Jorge Lobos, Lucia Santaella, Nabil Bonduki e Raquel Rolnik, além de uma esclarecedora entrevista com Carmen Silva, líder da Frente de Luta por Moradia (FLM).

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Lançado pela <strong>Editora Globo</strong> em 2007, o livro foi escrito por <strong>Guto Goffi</strong>, <strong>Ezequiel Neves</strong> e pelo jornalista <strong>Rodrigo Pinto</strong>. O livro relata a história da banda <strong>Barão Vermelho</strong> desde a sua fundação em 1981 até o seu recesso em 2007 e vem acompanhado de um CD com os primeiros registros do <strong>Barão Vermelho</strong>.</p>

    LIVRO – Barão Vermelho: por que a gente é assim

    Lançado pela Editora Globo em 2007, o livro foi escrito por Guto Goffi, Ezequiel Neves e pelo jornalista Rodrigo Pinto. O livro relata a história da banda Barão Vermelho desde a sua fundação em 1981 até o seu recesso em 2007 e vem acompanhado de um CD com os primeiros registros do Barão Vermelho.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><em>Ô psit</em>, esta obra não é dirigida somente aos fãs do grupo, àqueles que tiveram a oportunidade de assistir ao quarteto em seu auge. Qualquer aficionado do bom humor ou interessado na história da nossa TV deve passar por estas páginas.</p>

    LIVRO – Os Adoráveis Trapalhões

    Ô psit, esta obra não é dirigida somente aos fãs do grupo, àqueles que tiveram a oportunidade de assistir ao quarteto em seu auge. Qualquer aficionado do bom humor ou interessado na história da nossa TV deve passar por estas páginas.

    Continue Lendo...

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados […]

    LIVRO – O Cinema dos Trapalhões: por quem fez e por quem viu

    Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Galileu Garcia</strong>, cineasta e jornalista, que trabalhou como assistente de direção em vários dos 32 filmes de <strong>Mazzaropi</strong>, desde o primeiro <strong>Sai da Frente</strong>, relata os momentos da vida do ator e mostra uma história poética e humana.</p>

    LIVRO – Mazzaropi: o caipira mais caipira do Brasil

    Galileu Garcia, cineasta e jornalista, que trabalhou como assistente de direção em vários dos 32 filmes de Mazzaropi, desde o primeiro Sai da Frente, relata os momentos da vida do ator e mostra uma história poética e humana.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Escrito pela jornalista <strong>Débora Aguillar</strong> e pelo escritor <strong>Paulo Cesar Ribeiro</strong>, o livro é baseado nos depoimentos de <strong>Antônio Aguillar</strong>, figura emblemática do rádio e da televisão brasileira dos anos 1960. Presente em vários momentos históricos do período, Aguillar obteve um estrondoso sucesso na <em>Rádio Nacional</em> com o programa <em>Ritmos para a Juventude</em>, líder de audiência em todo o país e que rendeu ao radialista a alcunha de <em>timoneiro da juventude</em>.</p>

    LIVRO – Histórias da Jovem Guarda

    Escrito pela jornalista Débora Aguillar e pelo escritor Paulo Cesar Ribeiro, o livro é baseado nos depoimentos de Antônio Aguillar, figura emblemática do rádio e da televisão brasileira dos anos 1960. Presente em vários momentos históricos do período, Aguillar obteve um estrondoso sucesso na Rádio Nacional com o programa Ritmos para a Juventude, líder de audiência em todo o país e que rendeu ao radialista a alcunha de timoneiro da juventude.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O livro <strong>Rio, eu te amo</strong>, organizado pelo jornalista <strong>Pedro Butcher</strong> e com pesquisa de <strong>Flávia Mattar</strong>, foca o trabalho dos diretores, seus métodos de criação, linguagens, visões de mundo, pensamentos e a maneira como cada um deles realiza o seu trabalho. É um livro precioso e estimulante para todos aqueles que amam, pensam, estudam e, sobretudo, fazem cinema. Além dos capítulos com as dez histórias e pontos de vista de cada um dos respectivos diretores, o livro ainda apresenta um sobre os desafios enfrentados por Vicente Amorim para as cenas de transição.</p>

    LIVRO – Rio, Eu Te Amo: 11 Diretores em Ação

    O livro Rio, eu te amo, organizado pelo jornalista Pedro Butcher e com pesquisa de Flávia Mattar, foca o trabalho dos diretores, seus métodos de criação, linguagens, visões de mundo, pensamentos e a maneira como cada um deles realiza o seu trabalho. É um livro precioso e estimulante para todos aqueles que amam, pensam, estudam e, sobretudo, fazem cinema. Além dos capítulos com as dez histórias e pontos de vista de cada um dos respectivos diretores, o livro ainda apresenta um sobre os desafios enfrentados por Vicente Amorim para as cenas de transição.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse

    LIVRO – Teatro Oficina: onde a arte não dormia

    Sinopse Sinopse

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse

    LIVRO – Orson Welles no Brasil

    Sinopse Sinopse

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Uma história contada no cinema envolve muitos elementos. Cenário, figurino, luz, cor, personagem e até mesmo o ângulo particular de uma cena são recursos que criam a atmosfera da narrativa. Nesse processo, o papel do diretor de arte é fundamental. Mas o que é exatamente direção de arte? Qual a abrangência dessa atividade na realização de um filme? Como se configuram as relações do diretor de arte com os diversos profissionais em uma produção audiovisual?</p>
<p style="text-align: justify;">As respostas a essas questões - surgidas no dia a dia de seu trabalho como diretora de arte e cenógrafa, <strong>Vera Hamburger</strong> encontrou nas muitas reflexões com colegas de trabalho e nas entrevistas com diretores de arte que vivenciaram a formação e a estruturação da profissão no Brasil. O material iconográfico pesquisado em acervos particulares, instituições públicas ou privadas ajudou a compor esse retrato.</p>

    Livro – Arte em Cena: a Direção de Arte no Cinema Brasileiro

    Uma história contada no cinema envolve muitos elementos. Cenário, figurino, luz, cor, personagem e até mesmo o ângulo particular de uma cena são recursos que criam a atmosfera da narrativa. Nesse processo, o papel do diretor de arte é fundamental. Mas o que é exatamente direção de arte? Qual a abrangência dessa atividade na realização de um filme? Como se configuram as relações do diretor de arte com os diversos profissionais em uma produção audiovisual?

    As respostas a essas questões - surgidas no dia a dia de seu trabalho como diretora de arte e cenógrafa, Vera Hamburger encontrou nas muitas reflexões com colegas de trabalho e nas entrevistas com diretores de arte que vivenciaram a formação e a estruturação da profissão no Brasil. O material iconográfico pesquisado em acervos particulares, instituições públicas ou privadas ajudou a compor esse retrato.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: JK e os bastidores da construção de Brasília Autor: Editora: Encadernação: | cm x cm | páginas ISBN: << Sinopse

    LIVRO – JK e os Bastidores da construção de Brasília

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: JK e os bastidores da construção de Brasília Autor: Editora: Encadernação: | cm x cm | páginas ISBN: << Sinopse

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: Histórias de Canções: Chico Buarque Coleção: Histórias de Canções Autor: Wagner Homem ISBN: << Sinopse

    LIVRO – Histórias de Canções: Chico Buarque

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: Histórias de Canções: Chico Buarque Coleção: Histórias de Canções Autor: Wagner Homem ISBN: << Sinopse

    Continue Lendo...

Página 1 de 3123