Crônicas Arquivo

  • <p style="text-align: justify;">Escrito por <strong>Mario Filho</strong>, este <strong>Histórias do Flamengo</strong> é um dos livros de futebol mais procurados no Brasil. Descreve, em 289 páginas, a história do <em>Clube de Regatas do Flamengo</em>, vista pela ótica genial do jornalista <strong>Mário Filho</strong>, irmão de <strong>Nelson Rodrigues</strong>, também criador da mística do <em>FlaxFlu</em>, e fundador do <em>Jornal dos Sports</em>.</p>

    LIVRO – Histórias do Flamengo

    Escrito por Mario Filho, este Histórias do Flamengo é um dos livros de futebol mais procurados no Brasil. Descreve, em 289 páginas, a história do Clube de Regatas do Flamengo, vista pela ótica genial do jornalista Mário Filho, irmão de Nelson Rodrigues, também criador da mística do FlaxFlu, e fundador do Jornal dos Sports.

    Continue Lendo...

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse . […]

    LIVRO – Fora do Tom: crônicas de um jornalista de cueca

    Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse . […]

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos << Sinopse

    LIVRO – Crônicas brasileiras

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Dados Técnicos >> Dados Técnicos << Sinopse

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Um dos principais poetas em língua portuguesa, <strong>Ferreira Gullar</strong> é também cronista de mão cheia, como prova esta seleção dos melhores textos que publicou na <em>Folha de S.Paulo</em>. Estimulantes e deliciosas de ler, as crônicas oferecem ao leitor uma síntese da visão de mundo de Gullar e de suas ideias sobre poesia e arte. Os textos formam ainda um mosaico de importantes rememorações biográficas, sempre narradas com paixão e humor: a infância no Maranhão, a descoberta da poesia, a revolução do movimento neoconcreto, a criação de suas principais obras, o engajamento comunista e o exílio durante a ditadura militar.</p>

    LIVRO – A alquimia na quitanda: artes, bichos e barulhos nas melhores crônicas do poeta

    Um dos principais poetas em língua portuguesa, Ferreira Gullar é também cronista de mão cheia, como prova esta seleção dos melhores textos que publicou na Folha de S.Paulo. Estimulantes e deliciosas de ler, as crônicas oferecem ao leitor uma síntese da visão de mundo de Gullar e de suas ideias sobre poesia e arte. Os textos formam ainda um mosaico de importantes rememorações biográficas, sempre narradas com paixão e humor: a infância no Maranhão, a descoberta da poesia, a revolução do movimento neoconcreto, a criação de suas principais obras, o engajamento comunista e o exílio durante a ditadura militar.

    Continue Lendo...

  • Sinopse Dados Técnicos Sinopse Livro de Fernando Henrique Cardoso. Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: A miséria da política Autor: Fernando Henrique Cardoso Editora: Civilização Brasileira Ano da Edição: Encadernação: […]

    LIVRO – A miséria da política

    Sinopse Dados Técnicos Sinopse Livro de Fernando Henrique Cardoso. Dados Técnicos >> Dados Técnicos Título: A miséria da política Autor: Fernando Henrique Cardoso Editora: Civilização Brasileira Ano da Edição: Encadernação: […]

    Continue Lendo...

  • LIVRO – A bola e o Verbo

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Nova e definitiva edição da estreia literária da atriz e escritora <strong>Maitê Proença</strong>. Em 2003, a atriz saiu de seu lugar de conforto como atriz consagrada e arriscou-se - numa atitude pioneira - a abrir-se em uma coluna na revista Época. Nelas, a atriz e escritora revisitava memórias, opinava sobre o Brasil e o mundo, revelava-se sem pudores ou temores. O melhor de sua produção foi reunido em <strong>Entre Ossos e a Escrita</strong>, publicado em 2004, com grande sucesso. Uma década depois, aquele passo mostrou-se apenas o primeiro de uma carreira literária ousada e bem-sucedida, e Maitê decidiu revisitar sua estreia com o olhar de uma autora experiente, reconhecida pelos romances <strong>Uma Vida Inventada</strong> e <strong>Todo Vícios</strong>.</p>

    LIVRO – Entre ossos agora

    Nova e definitiva edição da estreia literária da atriz e escritora Maitê Proença. Em 2003, a atriz saiu de seu lugar de conforto como atriz consagrada e arriscou-se - numa atitude pioneira - a abrir-se em uma coluna na revista Época. Nelas, a atriz e escritora revisitava memórias, opinava sobre o Brasil e o mundo, revelava-se sem pudores ou temores. O melhor de sua produção foi reunido em Entre Ossos e a Escrita, publicado em 2004, com grande sucesso. Uma década depois, aquele passo mostrou-se apenas o primeiro de uma carreira literária ousada e bem-sucedida, e Maitê decidiu revisitar sua estreia com o olhar de uma autora experiente, reconhecida pelos romances Uma Vida Inventada e Todo Vícios.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">As memórias do passado distante ou do presente imediato, a sabedoria e as dores do amadurecimento, a indignação da cidadã e os encontros e desencontros do amor e do sexo são a matéria-prima de Entre ossos e a escrita, seleção de crônicas publicadas na revista Época. Escrever é, tanto quanto interpretar, expor-se. Ciente disso, <strong>Maitê Proença</strong> tempera seus textos com um elemento que explica seu sucesso: a sinceridade. Impregnada de humor e ironia, que espantam a pieguice, ela mostra que a peculiar sinceridade do escritor envolve a fidelidade a impulsos e emoções.</p>

    LIVRO – Entre ossos e a escrita

    As memórias do passado distante ou do presente imediato, a sabedoria e as dores do amadurecimento, a indignação da cidadã e os encontros e desencontros do amor e do sexo são a matéria-prima de Entre ossos e a escrita, seleção de crônicas publicadas na revista Época. Escrever é, tanto quanto interpretar, expor-se. Ciente disso, Maitê Proença tempera seus textos com um elemento que explica seu sucesso: a sinceridade. Impregnada de humor e ironia, que espantam a pieguice, ela mostra que a peculiar sinceridade do escritor envolve a fidelidade a impulsos e emoções.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Maitê Proença</strong>, a atriz que mais livros vendeu no Brasil se lança na aventura de organizar um livro interativo e multiautoral, desde a sua concepção. A partir de um blog, a autora reuniu a contribuição, textos e imagens de anônimos (agora revelados) a grandes escritores, como <strong>Carlos Heitor Cony</strong> e <strong>Tatiana Salem Levy</strong>, e muitos outros, costurados pelas reflexões e provocações de Maitê.</p>

    LIVRO – É Duro ser cabra na Etiópia

    Maitê Proença, a atriz que mais livros vendeu no Brasil se lança na aventura de organizar um livro interativo e multiautoral, desde a sua concepção. A partir de um blog, a autora reuniu a contribuição, textos e imagens de anônimos (agora revelados) a grandes escritores, como Carlos Heitor Cony e Tatiana Salem Levy, e muitos outros, costurados pelas reflexões e provocações de Maitê.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Além de paradigma para se pensar o processo de criação poética e ficcional, o cinema representou, para <strong>Mário de Andrade</strong>, um novo meio cujas potencialidades de expressão artística mereceram-lhe pesquisa e estudo. O autor modernista chegou a exercer, de forma esporádica, a crítica à sétima arte, e é uma compilação desses seus textos tão lúcidos e atuais, mas até então inéditos em livro, que a <strong><em>Coleção Fronteira</em></strong> dá a público agora com o volume <strong>No cinema</strong>.</p>

    LIVRO – Mário de Andrade: No Cinema

    Além de paradigma para se pensar o processo de criação poética e ficcional, o cinema representou, para Mário de Andrade, um novo meio cujas potencialidades de expressão artística mereceram-lhe pesquisa e estudo. O autor modernista chegou a exercer, de forma esporádica, a crítica à sétima arte, e é uma compilação desses seus textos tão lúcidos e atuais, mas até então inéditos em livro, que a Coleção Fronteira dá a público agora com o volume No cinema.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Coletânea de textos do blog homônimo, escrito por <strong>Marcelo Ikeda</strong>, reunidos em comemoração aos dez anos de sua criação. No blog, Ikeda desenvolve uma concepção muito particular da crítica de cinema, como uma relação afetiva que entrecruza cinema e vida. O livro abrange aspectos do cinema contemporâneo e do cinema contemporâneo brasileiro, com textos sobre realizadores e filmes de períodos diversos, combinando crítica cinematográfica, análise fílmica e história do cinema.</p>

    LIVRO – Cinecasulofilia

    Coletânea de textos do blog homônimo, escrito por Marcelo Ikeda, reunidos em comemoração aos dez anos de sua criação. No blog, Ikeda desenvolve uma concepção muito particular da crítica de cinema, como uma relação afetiva que entrecruza cinema e vida. O livro abrange aspectos do cinema contemporâneo e do cinema contemporâneo brasileiro, com textos sobre realizadores e filmes de períodos diversos, combinando crítica cinematográfica, análise fílmica e história do cinema.

    Continue Lendo...

  • LIVRO – Noites Lebloninas

    Continue Lendo...

Página 1 de 212