Como Deus Castiga (1919)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

A ação se passa na Espanha em 1850. Trata-se da história de um carrasco sádico que executava os prisioneiros de um castelo espanhol; os infelizes, muitas vezes inocentes, eram jogados numa masmorra infecta e submetidos às mais ignóbeis torturas. No final, o carrasco recebe o seu castigo: é obrigado a executar, com os mesmos requintes de sadismo que empregava com os outros prisioneiros, o seu próprio filho.

Elenco

Collado, Inocência
Tagliaferro, Antonio
Franco, Rafael
Rodrigues, Maria Luiza
Ferreira, Carlos

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Como Deus Castiga (1919) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção de cena: Filho, Eugênio Fonseca e José Medina
Argumento: Collado, Philomeno
Fotografia: Gilberto Rossi
Operador de câmera: Gilberto Rossi
Companhia Produtora: Rossi Filme

Bibliografia

Fontes utilizadas:
MRG/CCP, citando depoimento de José Medina, p. 215
CS/FCB

Fontes consultadas:
Cinearte, 22.01.1930 e 25.03.1931
ALSN/DFB-LM

Livros:

BALADI, Mauro. Dicionário de Cinema Brasileiro: filmes de longa-metragem produzidos entre 1909 e 2012. São Paulo: Martins Fortes, 2013.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/como-deus-castiga/

Observações:

Em 10 partes.
Destruído num incêndio antes da estréia, informa CS/FCB.
A filmagem foi iniciada sob a direção de Eugênio Fonseca e concluída sob a direção de Medina. No meio das filmagens havia morrrido um dos atores – informa José Medina – e Rossi deixara o filme de lado. Reiniciada a produção com o novo diretor, as filmagens foram completadas mas o filme não chegou a ser copiado.
Cinearte informa: companhia produtora Paulista Filme e, no elenco, Raphaela Collado.
ALSN/DFB-LM indica como produtor Gilberto Rossi.
Fotografia: Cinearte, 22.01.1930.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.