Como fotografei os Yanomami (2018)

Trailer

Sinopse

Uma viagem feita em 2013 pelo diretor Otavio Cury (diretor do também documental Constantino) a uma das regiões mais remotas da Terra Yanomami – a Serra de Surucucu, em Roraima, nas montanhas que fazem divisa com a Venezuela – foi o ponto de partida para o documentário.

O desencontro cultural entre os índios e agentes de saúde chamou a atenção do diretor. Aqueles que levavam as seringas não falavam o idioma Yanomami e não conseguiam conversar com seus pacientes. Só depois percebi que, ao tentar filmar aquele desencontro com minha câmera, eu havia me incluído no problema. Porque para os Yanomami, imagem e saúde estão intimamente ligadas. Foi a partir dessas tensões, ou desse duplo desequilíbrio, que decidi realizar o documentário, reflete Otavio Cury.

Para os Yanomami, estar doente é ter sua imagem agredida. Para resgatá-la, os Xamãs fazem seus rituais de cura. Mas para os enfermeiros que chegam às aldeias, as doenças e os remédios são outros.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Como fotografei os Yanomami (2018) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Otavio Cury
Roteiro: Otavio Cury
Colaboração no roteiro: Sofia Mariutti
Produção executiva: Alice Riff e Leonardo Kehdi Jr.
Direção de produção: Laila Pas
Direção de Fotografia: Julia Zakia e Otavio Cury
Técnico de som: Maurício Zani
Desenho de som e mixagem: Dr. Morris
Montagem: Otavio Cury e João Toledo
Letreiros: Renato Batata
Design: Diego Prosen
Pesquisa de personagens: Flavia Maia
Correção de cor: Henrique Reganatti
Produtor de finalização: Giba Yamashiro
Empresa Produtora: Outros Filmes
Co-produção: Studio Riff

Brasil | 2018 | 72 min. | Documentário

Bibliografia

Livros:

Internet:

DESCOLONIZA FILMES. Como fotografei os Yanomami. Disponível no endereço: http://www.descolonizafilmes.com/portfolio-item/como-fotografei-os-yanomami/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Como fotografei os Yanomami. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/como-fotografei-os-yanomami/

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.