Cristina Aché

Biografia

Maria Cristina Aché Cardoso Pinto, mais conhecida como Cristina Aché, é atriz brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) em 11 de julho de 1957.

Bela e talentosa, Cristina Aché é uma das estrelas do cinema nacional, onde desenvolve, desde os anos 70, uma carreira intensa e de qualidade. Musa do cineasta Joaquim Pedro de Andrade, a atriz esteve presente em três de seus filmes fundamentais: Guerra Conjugal; Contos Eróticos – episódio Vereda Tropical; e O Homem do Pau Brasil.

Cristina Aché começou sua carreira no cinema ainda adolescente, protagonizando o filme Os Primeiros Momentos, de Pedro Camargo, em 1973.

Cristina Achê teve uma carreira intensa nas décadas de 70 e 80, quando brilha em filmes com Chuvas de Verão, Amor Bandido, Os Sete Gatinhos, Noites do Sertão, A Estrela Nua e Noite.

Atriz essencialmente de cinema, estreou em novelas três anos depois, mas até hoje só participou de poquíssimos trabalhos na telinha. Estreou na televisão na novela Vejo a Lua no Céu (1976), do programa Ciranda, Cirandinha (1978), Plumas & Paetés (1980), O Amor é Nosso (1981), Novo Amor (1986) e Pacto de Sangue (1989).

Nos anos 90 diminui suas participações no cinema, sendo que os poucos, mas marcantes trabalhos seus são em O Judeu – que começou as filmagens em 1988, mas só foi lançado em 1996; Doces Poderes e Minha Vida em suas Mãos.

Atuou ainda em filmes como Quem tem medo de lobisomen?, Nem os bruxos escapam (1974). Em 1975, em O filho do chefão, Deliciosas traições de amor. Em 1976, Contos eróticos; em Chuvas de verão, Os sete gatinhos (1977). No ano de 1978, Amor bandido e Batalha dos Guarapares. No ano de 1981, em O homem do pau-brasil; em 1983 Aguenta coração. Em 1984, em Noites do sertão, Areias escaldantes, A estrela nua, Noite. O judeu (1996) e Doces poderes (1996).

No teatro destacou-se nas peças Dinheiro prá que Dinheiro, Godspell, a Esperança, Amizade de Rua e, em 1998, Deus, de Woody Allen.

Atriz essencialmente cinematográfica, está afastada da televisão desde 1989. A partir de 2001, retomou sua carreira no cinema no filme Minha Vida em suas Mãos.

Cristina Aché foi casada com o diretor Joaquim Pedro de Andrade, com quem teve dois filhos.

Filmografia

2008 :: Cartas de um Jovem Suicida (CM)
2008 – Encarnação do Demônio
2004 – Quase dois irmãos
2001 – Extrema Ação (CM)
2001 – Minha vida em suas mãos
1997 – Doces poderes
1995 :: O judeu (Brasil/Portugal)
1985 – Estrela Nua
1985 – Noite
1985 :: Areias escaldantes
1984 – Noites do sertão
1984 – Aguenta, coração
1982 – O homem do Pau-Brasil
1980 – Os sete gatinhos
1978 – Amor Bandido
1978 – Chuvas de verão
1978 – A batalha dos Guararapes
1977 :: Contos Eróticos (Episódio: Vereda Tropical)
1976 – Padre Cícero
1975 – Quem tem medo de lobisomem?
1975 – Guerra conjugal
1975 :: Deliciosas traições do amor (Episódio: Dois é Bom…, Quatro é Melhor)
1975 – Nem os bruxos escapam
1974 – O filho do chefão
1973 – Primeiros momentos

Bibliografia

Livros:

RAMOS, Fernão, MIRANDA, Luís Felipe. Enciclopédia do Cinema Brasileiro. São Paulo: SENAC, 2000.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

WIKIPEDIA. http://pt.wikipedia.org/wiki/Cristina_Ache

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.