Doidas e Santas (2015)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Trailer

Sinopse

Uma terapeuta de casais com problemas de relacionamento com o marido, com a filha, com a irmã e com a mãe. A vida não está muito boa para a psicanalista Beatriz (Maria Paula) e, ao se dar conta disso, ela percebe que é hora de fazer mudanças. E na hora de recomeçar, o jeito é estar preparada para tudo.

Doidas e Santas é um filme sobre Beatriz e seu marido (Marcelo Faria) estão casados há 20 anos. Mas ela não está nada feliz com a comodidade em que o relacionamento se transformou. Cansada dessa situação, Beatriz toma a iniciativa e pede o divórcio, partindo para novas experiências.

Doidas e Santas, que estreia nos cinemas dia 24 de agosto de 2017, é um filme de Paulo Thiago, inspirado na crônica homônima da escritora Martha Medeiros, cuja obra de sucesso já foi adaptada para o teatro.

O longa é produzido pela Melodrama Filmes, com coprodução da MGR Films/Arco Libre, Telecine e Riofilme e distribuição da Imagem Filmes. Suas filmagens foram realizadas no Rio de Janeiro e em Buenos Aires, na Argentina.

Em seu primeiro papel como protagonista, Maria Paula vive Beatriz, psicanalista especializada em resolver os problemas dos casais que passam por seu consultório, mas que não está feliz com o seu próprio casamento com Orlando (Marcelo Faria). Ela gostaria que o marido fosse mais presente, sua irmã mais equilibrada, a mãe fosse mais comum, a filha um pouco mais santa e a amiga e vizinha Valéria (Flávia Alessandra) mais sensata.

A atriz, que já atuou nos longas De Pernas Pro Ar, De Pernas Pro Ar 2 e produções de TV como Radical Chic, Casseta & Planeta e A Liga, revela um pouco mais sobre seu personagem: A palavra crise, que aparece muito no filme com as crises da Beatriz, significa oportunidade. E a Beatriz soube enxergar suas crises como uma oportunidade de mudança. O filme mostra que a gente pode acreditar na sabedoria da incerteza, temos que confiar no plano maior e nos manter sempre positivos. A vida é movimento; é transformação, acredita Maria Paula.

No longa, Beatriz encontra apoio na vizinha Valéria, que também está insatisfeita com seu casamento com Alex (Thiago Fragoso). Em meio a essas mudanças, a psicanalista precisa se esforçar para manter a estabilidade com a filha adolescente Marina (Luana Maia), a mãe aventureira Elda (Nicette Bruno) e a irmã ativista Berenice (Georgiana Góes).

É um filme que fala de família. Acho que o público vai se envolver com a história e o que se passa entre a mãe e as duas irmãs. São situações loucas e engraçadas. As personagens reagem de forma bem diferente às situações. As três atrizes Maria Paula, Nicette Bruno e Georgiana Góes conseguem uma integração e graça muito grande, analisa o diretor Paulo Thiago.

O elenco conta ainda com a participação de Samantha Schmutz, Priscila Fantin e Jonas Bloch.

O filme já participou de festivais, como o 7º Cine Fest Brasil – Buenos Aires e do 7º Cine Fest Brasil – Montevideo, nos quais foi elogiado pelo público.

Elenco

Maria Paula …. Beatriz
Marcelo Faria …. Orlando
Jonas Bloch
Flávia Alessandra …. Valéria
Fernando Caruso
Nicette Bruno …. Elda
Roberto Bonfim
Thiago Fragoso …. Alex
Georgiana Góes …. Berenice
Luana Maia …. Marina
Ivan Espeche Gil …. Juan Antonio
Nestor Villa …. Juan
Samantha Schmutz
Priscila Fantin

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Doidas e Santas (2015) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Paulo Thiago
Roteiristas: Regiana Antonini, Claudia Gomes e Pedro Antonio
Produtora: Gláucia Camargos
Produtoras Executivas: Heloisa Rezende, Victoria Aizenstat e Marina Valentini
Produtor de Elenco: Guilherme Gobbi
Trilha Sonora Original: Paulo Francisco Paes
Diretor de Fotografia: Antonio Luiz Soares
Som: José Moreau Louzeiro
Direção de Arte: Ula Schliemann
Figurino: Rô Nascimento
Montagem: Rodrigo Séllos
Edição de Som: Damian Stavropulos e Javier Stavropulos
Mixagem: Javier Stavropulos
Pós-Produção: Rosangela Freitas
Empresa Produtora: Melodrama Produções
Coprodutores: MGR Films | Arco Libre | Telecine | Biônica Filmes | Riofilme
Produtora Associada: Aleph Media S.A.
Distribuidora: Imagem Filmes

Duração: 95 minutos

Bibliografia

Livros:

MEDEIROS, Martha. Doidas e Santas. Porto Alegre: LP&M, .

Internet:

FACEBOOK. Disponível no endereço: fb.com/ImagemFilmes
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Doidas e Santas. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/doidas-e-santas/
IMAGEM FILMES. Disponível no endereço: http://www.imagemfilmes.com.br

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.