Domingos Montagner (1962-2016)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Biografia

FOTO Domingos MontagnerDomingos Montagner foi um ator, palhaço, artista circense, de teatro, cinema e televisão, além de empresário e teatrólogo brasileiro nascido em São Paulo no dia 26 de fevereiro de 1962.

Iniciou sua carreira no teatro, através do curso de interpretação de Myriam Muniz, e no Circo Escola Picadeiro conheceu as técnicas e o vocabulário que o conduziram para o circo e a arte popular.

Assim, sua carreira artística e profissional de ator começou no circo. Junto com Fernando Sampaio, formou em 1997 o Grupo La Mínima, que possui 12 espetáculos em repertório. Desenvolveu e produziu espetáculos teatrais como A Noite dos Palhaços Mudos, de 2008, lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Ator.

Em 2003, com mais oito artistas, criou o Circo Zanni, do qual assumiu o cargo de diretor artístico.

Sua estreia na TV aconteceu com o seriado Mothern, no canal GNT. Na Rede Globo, suas primeiras participações foram o seriado Força Tarefa e nas séries A Cura e No seriado Divã, em que fez Carlos, o amante da protagonista Mercedes, vivida pela atriz Lília Cabral.

Em 2011, atuou em sua primeira novela, Cordel Encantado, da Rede Globo, pela qual recebeu os prêmios Contigo e Melhores do Ano, no Domingão do Faustão, ambos na categoria Ator Revelação.

Em 2012, protagonizou a minissérie O Brado Retumbante, vivendoo o presidente Paulo Ventura, na trama escrita por Euclydes Marinho. Por este trabalho recebeu o Prêmio Contigo na categoria de Melhor Ator de Série/Minissérie. No mesmo ano, o artista atuou na novela Salve Jorge, de Glória Perez, como o guia turístico Zyah, que se apaixonava por Bianca, personagem de Cléo Pires. Estreou no cinema no mesmo ano, com uma participação especial no longa Gonzaga: De Pai pra Filho, de Breno Silveira.

Em 2013, o artista foi escalado para a novela das 18h, para viver o ativista Mundo em Joia Rara, de Thelma Guedes e Duca Rachid. Em 2014, é escalado para ser Miguel, o protagonista de Sete Vidas, de Lícia Manzo. Seu personagem era um homem que descobre ter sete filhos, após ser doador de esperma.

Em seguida, deu vida ao delegado Espinosa na série Romance Policial – Espinosa, uma adaptação televisiva do livro Uma janela em Copacabana, de Luiz Alfredo Garcia Roza, que foi ao ar no canal GNT, tendo na direção geral o cineasta José Henrique Fonseca.

No cinema, ator participou ainda dos longas-metragens Vidas partidas, de Marcos Schechtman; De Onde Eu Te Vejo, de Luiz Villaça e Através da sombra, de Walter Lima Jr.), que entraram em cartaz em circuito comercial em 2015 e 2016.

Em seu último trabalho em telenovelas, Domingos Montagner esteve no elenco de Velho Chico, novela de Benedito Ruy Barbosa, com direção de Luiz Fernando Carvalho.

No dia 15 de setembro de 2016, Domingos Montagner havia gravado cenas de Velho Chico na parte da manhã, em Alagoas. Após o término da gravação, o ator almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio no próprio Rio São Francisco. Durante o mergulho, o ator não voltou à superfície. A atriz Camila Pitanga, que estava no local, avisou à produção, que iniciou imediatamente as buscas pelo ator. Helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e pescadores da região se mobilizaram afim de ajudar nas buscas, mas o corpo do ator foi encontrado horas depois num banco de areia numa margem bem mais adiante, quase na fronteira dos estados de Alagoas com Sergipe.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2017 :: Bingo – O Rei das Manhãs …. Palhaço
2016 :: Vidas partidas
2016 :: Um namorado para minha mulher
2015 :: Através da sombra
2015 :: De Onde Eu Te Vejo
2014 :: A Grande Vitória
2012 :: A noite dos palhaços mudos
2012 :: Gonzaga: De Pai pra Filho …. Coronel Raimundo
2009 :: Paredes Nuas

:: Filmografia como Coprodutor ::

2016 :: Vidas partidas

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.