Dorinha no soçaite (1957)

Sinopse

Dorinha é a vencedora de um concurso entre uma Rádio e o Sabão Juju. Vinda do interior do estado, vai para São Paulo para receber o prêmio, é recepcionada por Raul Rezende um dos patrocinadores do concurso e também um dos donos da empresa de sabão. Ele a leva para o hotel onde ficará hospedada. No dia seguinte, Raul a leva para conhecer São Paulo e acabam se envolvendo em confusão numa boate de strip-tease. Num coquetel, onde estão Raul e Ester, sua noiva, ele troca olhares com Dorinha, provocando ciúmes em Ester. Dorinha cai no sono e sonha que está usando um vestido de gala e dança com Raul. É acordada pelo rapaz. Pede para o pianista da festa para cantar e todos ficam maravilhados com sua voz. Ela é contratada por uma rádio, onde se apresenta, mas o diretor ainda não quer mostrá-la para a imprensa, diz que ela não está pronta. Para educá-la é contratado Pierre, um francês que a ensina como andar, falar e se comportar. Ele também a ensina francês e recomenda o que deve ler. Ela começa a ler A Vida de Maria Antonieta. Após este período de aprendizado Dorinha sai com Raul, Ester e o irmão de Raul. Na mesa de jantar as duas trocam provocações, mas Raul parece dar mais atenção a Dorinha. Logo começam um romance não declarado, porém durante uma noite o novo casal briga. Ela some, e seus pais chegam do interior para vê-la. Raul não sabe como explicar a situação, mas enfim ele consegue encontrar Dorinha e a pede em casamento e ela aceita.

Elenco

Nunes, Vera (Dorinha)
Cardoso, Fábio (Raul)
Fidelis, Zé
Bueno, Marly (Ester)
Machadinho
Ruiz, Turíbio (Pai de Dorinha)
Lips, Nestorio
Igmes, Carlos
Ernesto, Mario
Dias, Carmen
Maria, Angela
Santos, Agostinho dos
Gonzaga, Carlos
Titulares do Ritmo
Laranjeira, Elza
Itamar Borges e seus Roquistas

Participação especial:
Vidal, Maria …. Mãe de Dorinha

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Dorinha no soçaite (1957) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Geraldo Vietri
Produção: Dorea, G. R.
Produtor associado: Palácios, Alfredo
Assistência de produção: Cunha, Abelardo; Uchôa, Walter
Assistência de direção: Negrão Jr., Orlando
Continuidade: Henriques, Elza
Direção de fotografia: Rabatoni Martinez, Toni
Assistência de fotografia: Fernandes, Eliseu
Chefe eletricista: Aievoli, Iglá
Técnico de som: Costa, Juarez Dagoberto da
Montagem: Alencar, João de
Assistente de montagem: Renoldi, Silvio
Cenografia: Farias, Antônio; Corvelo, Waldemar
Maquiagem: Petrowna, Olga
Trilha musical: Paes, Luiz Arruda
Companhia(s) produtora(s): Art Films S.A.
Companhia(s) distribuidora(s): Art Films S.A.
Financimento/patrocínio: Banco F. Munhoz S.A.

Canção
Título: Só vejo você;
Autor da canção: Vietri, Geraldo;
Intérprete: Nunes, Vera;
Dublado por: Silveira, Heleninha

Título: Três Marias;
Autor da canção: Betinho e Figueiredo, Nelson;
Intérprete: Santos, Agostinho dos;

Título: Tabú;
Autor da canção: Bruno, Antonio;
Intérprete: Laranjeira, Elza;

Título: Made in USA;
Intérprete: Gonzaga, Carlos;

Título: Diana;
Autor da canção: Anka, Paul e Jorge, Fred;
Autor da música da canção: Gonzaga, Carlos

Título: Enrolando o rock;
Autor da canção: Betinho;
Intérprete: Itamar e seus Roquistas;

Título: Não diga não;
Autor da canção: Madi, Tito;
Intérprete: Maria, Angela

Título: Solidão;
Autor da canção: Olivé, Leide;

Título: Orgulho
Autor da canção: Rocha, Waldir e Wedekina, Nelson

Bibliografia

Internet:

.

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
LRB/CP
ACPJ/I
CENS/I
AV/ICB
CS/FCB

Observações:
Os créditos indicam os “comentários musicais” de Vicente de Lima e J. C. Souza. Os créditos ainda informam: “realizado integralmente por atrizes, atores e técnicos brasileiros. Orgulhamo-nos disto.”
ACPJ/I acrescenta: Lucio braun na montagem; Edmundo Peruzzi em música e Joselita Alvarenga, Augusto M. Campos, Heleninha Silveira, Roberto Luna, Demônios da Garoa, Marília Batista no elenco.

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.