Esse Rio muito louco (1977)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

POSTER Esse Rio muito louco

Elenco

Rubens de Falco
Íris Bruzzi
Renata Fronzi
Cyll Farney
Carlos Alberto Souza Barros
Beatriz Lyra
Hortência Tayer
Hugo Bidet
Maria Silvia
Helbert Rangel
Kroeber, Carlos
Rocha, Aurimar
Senna, Ivan
Victor, Antônio
Raposo, Cristina
Magalhães, Tamuska
Silva, Marlene
Maudslay, Mário
Marlucci
Jacira
Brasielas, Wilma
Yolanda, Zora
Lenilda
Witte, Franklin de
Lima, Paulo Cezar de

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Esse Rio muito louco (1977) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Denoy de Oliveira e Geraldo Brocchi r Luiz de Miranda Corrêa
Assistência de direção: Carneiro, Katia; Mello, Ignes Cabral de
Produção: Luiz de Miranda Corrêa
Direção de produção: Magalhães, Tamuska
Produção executiva: Brocchi, Geraldo e Luiz de Miranda Corrêa
Produtor associado: Magalhães, Tamuska; Magalhães, Maria Helena; Castro, Helena de
Assistência de produção: Brocchi, Luiz Eduardo; Bulcão, Renato; Lins, Edmundo; Quequeto
Assistência de câmera: Rodrigues, Zé Augusto
Fotografia de cena: Cunha, Orny
Eletricista: Rodrigues, Jorge; Dória, Sandoval; Guimarães, Jadeir
Direção de som: Fonseca, Joaquim; Leite, Roberto Melo
Técnico de som: Leite, Roberto Melo
Efeitos sonoros: José, Geraldo
Montagem: Justo, Jayme
Figurinos: Luiz de Miranda Corrêa e Dalton; Bian
Cenografia: Luiz de Miranda Corrêa e Brocchi, Neila; Fernandes, Lygia Dias; Redó, Luiz Fernando
Maquiagem: Dourado, Thomas
Direção musical: Luiz de Miranda Corrêa
Companhia Produtora: L.M. Produções Cinematográficas Ltda.
Companhia Produtora Associada: W.H.K Cinema Ltda.
Companhias Distribuidoras: Roma Filmes | Seleção Ouro

Financimento/patrocínio: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Episódios:
FÁTIMA TODO AMOR; A LOUCA DE IPANEMA; KIKI VAI À GUERRA

Outras remetências de título:
A CIDADE DOS AMORES PROIBIDOS

Bibliografia

Livros:

BALADI, Mauro. Dicionário de Cinema Brasileiro: filmes de longa-metragem produzidos entre 1909 e 2012. São Paulo: Martins Fortes, 2013.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/esse-rio-muito-louco/

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 79
O Estado de S. Paulo, 18.02.1979, coluna de Rubem Biafora e 18.02.1979, cartaz publicitário
Jornal do Brasil, 10.06.1979, cartaz publicitário

Fontes consultadas:
Jornal da Tarde, 24.06.1976, p. 24
Última Hora, 22.02.1979, crítica de Ignácio de Loyola Brandão
O Estado de S. Paulo, 24.02.1979, crítica de Rubens Ewald Filho
Jornal da Tarde , 19.02.1979, p. 27
Jornal do Brasil, 15.06.1979, artigo de Flavio R. Tambellini
ALSN/DFB-LM
CB/Ficha Catalográfica
CB/EMB-110.1-00105

Observações:
Censurado para menores de 18 anos.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.