Estrada da Vida (1980)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Sinopse

São Paulo. A cidade desperta com seu povo, suas tristezas, suas esperanças e poluição. Nela se encontram dois imigrantes, Romeu e José, pintores de parede dispostos a realizar um sonho: cantar para o povo. Sem dinheiro e sem documentos, hospedam-se no Hotel dos Artistas e resolvem formar uma dupla: Milionário e José Rico. No próprio hotel começam a ensaiar o primeiro show, contratados por Malaquias, um empresário sem caráter. Em um show, num circo mambembe situado na periferia da cidade, conhecem um caça talentos de uma gravadora que os leva para um teste. Enquanto o sucesso não vem, continuam trabalhando como pintores de parede; mas acabam despedidos porque cantavam durante o horário de trabalho fazendo com que todos seus companheiros parassem para ouvi-los. Após muitas peripécias eles gravam o primeiro disco mais nada acontece. José Rico resolve, então, apelar para Nossa Senhora Aparecida. Fazem uma promessa, deixando o disco no altar. O elepê é levado à rádio local e o programador coloca no ar a música. A estrada de vida. É o milagre e o início de uma fulgurante carreira.

Elenco

Romeu J. Mattos …. Milionário
José A. Santos …. José Rico
Nadia Lippi …. Madalena
Leblon, Silvia (Isabel)
Silva, Raimundo (Malaquias)
Raimundo, José (José Raimundo)
Ruiz, Turíbio (Gerente do hotel)
Pastre, Alberto
Carlito
Costa, Carlos
Corgosinho, Cesar Augusto
Gule, Cleodirce Vieira
Melo, Jayme Ribas de (Alemão)
Santos, Jorge dos
Tropa Estrela
Oliveira, José Marinho de (Joaquim, mestre de obras)
Cezaretto, José Reynaldo (Caminhoneiro)
Ferreira, Julio
Arrojo, Jurandir Flores (Meio Quilo)
Moraes, Lourdes de
Bahia, Manfredo (Pistoleiro)
Neves, Maria de Lourdes Munhos das
Neves, Maria Eunice das
Mathias, Marthus (Dr. Bráulio)
Alexandre, Nelson Tatá
Lima, Nestor (Bigodinho)
Machado, Nestor
Nhô Moraes
Stanganelli, Roberto
Samuca
Tico-Tico e sua Troupe
Prato, Zé do
Sutto, Arlindo
Edinho
Silva, Alcides

Participação especial:
Coelho, Edson – prefeito municipal de Santa Fé do Sul

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Estrada da Vida que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Nelson Pereira dos Santos
Assistência de direção: Jayme Gusto e André Klotzel
Continuidade: Alice Osawa
Argumento: Chico de Assis
Roteiro: Chico de Assis
Produção: Dora Sverner Villas Boas e Luiz Carlos Villas Boas
Direção de produção: Guilherme Lisboa
Assistência de produção: José Reynaldo Cezaretto e Ricardo C. de Souza Dias
Motorista: Bispo e Pires
Direção de fotografia: Francisco Cassiano Botelho Jr.
Assistência de câmera: José Roberto Eliezer
Efeitos especiais de fotografia: Luis Antônio Vallandro Keating
Fotografia de cena: Antônio Carlos D’Ávila
Trucagens: Truca e Multiefeitos
Eletricista: Guido José da Silva
Maquinista: Abraão Henrique da Silva
Direção de som: Juarez Dagoberto
Som direto: Juarez Dagoberto
Mixagem: Onélio Mota Costa
Assistente de som: Marian Van de Ven
Montagem: Carlos Alberto Camuyrano
Assistente de montagem: André Klotzel, Maria Neli Costa Neves, Hernandes Toledo Filho e Rogério Cores da Silva
Letreiros: Júlio Xavier da Silveira e Ottomar Strelow
Direção musical: Dooby Ghizzi

Dados adicionais de música
Título da música: Estrada da vida;
Música de: Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: De longe também se ama;
Música de: Rico, José; Cabral, Jair Silva;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Coração de pedra;
Música de: Belmiro;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Berço de Deus;
Música de: Rico, José; Franco, Dino;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Filho de ninguém;
Música de: Rico, José Rico; Franco, Dino;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Dê amor para quem te ama;
Música de: Carreiro, Pião; Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Jogo do amor;
Música de: Assunção, Waldemar de Freitas; Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Ilusão perdida;
Música de: Milionario e José Rico;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Esquecido;
Música de: Proensa; Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Vá pro inferno com seu amor;
Música de: Meirinho;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Do mundo nada se leva;
Música de: Belmonte; Nogueira, José Paulo;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Carro velho;
Música de: Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Procedimento;
Música de: Rico, José; Reis, Cristovam;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Silêncio da noite;
Música de: Rico, José; Prado, Danubio;
Intérprete(s): Milionário e José Rico;

Título da música: Rastro de saudade;
Música de: Rico, José;
Intérprete(s): Milionário e José Rico

Título da música: Música incidental
Música de: Rodrigues, Antonio Ghizzi

Companhia(s) produtora(s): Villafilmes Produções Cinematográficas Ltda.; Nau – Nacional Artistas Unidos Produções Cinematográficas S/C Ltda.; José Raimundo Produções Artísticas Ltda.
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.
Locação: Barretos – SP; Ituiutaba – SP; Santa Fé do Sul – SP; Franca – SP; Aparecida do Norte – SP; Sorocaba – SP

BRA – 104′ – 1980 – Documentário (Classificação: Livre)

Prêmios

Melhor Filme pelo Júri Popular e Menção Especial no Festival de Brasília, 13, 1980, Brasília – DF.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
Cb/Transcrição de letreiros-Cat
Concine/80
FBR/30ACF
Press-release
Guia de Filmes, 1980
O Estado de S. Paulo, 23.11.1980 p. 49 e 01.02.1981
Folha de S. Paulo, 31.01.1981, p. 27
FBR/16
Jornal do Brasil, 15.12.1980

Fontes consultadas:
Jornal do Brasil, 29.11.1981 p. 6 e 10.12.1981 p. 6

Observações:
Outras fontes grafam o nome de Francisco Botelho como Chico Botelho, na direção musical grafam Antonio Ghizzi Rodrigues, na assistência de direção Jayme del Cueto.
Os letreiros do filme grafam os nomes de José Reynaldo Cezaretto como José Raynaldo Cezaretto e o de Maria Neli Costa Alves como Maria Neli Costa Neves. Porém há dúvidas quanto a estas grafias já que esta fonte grafa André Klatzel ao invés de André Klotzel e Omáli Mota Costa ao invés de Onélio Mota Costa.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.