Fábio Barreto

Biografia

Fábio Villela Barreto Borges, em arte conhecido como Fábio Barreto, é um cineasta, ator, roteirista e produtor brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 06 de junho de 1957. É filho dos produtores Luiz Carlos Barreto e Lucy Barreto, sendo irmão do cineasta Bruno Barreto e da produtora Paula Barreto.

Como cineasta ficou mais conhecido por dirigir O Quatrilho (1995), indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, e por dirigir e co-escrever Lula, o Filho do Brasil (2009), um drama biográfico sobre a vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o qual é considerado o filme mais caro da história do cinema brasileiro.

Começou sua carreira atuando no primeiro curta-metragem deste quando tinha nove anos de idade; o nome do filme era Três Amigos Que Não Se Separam, em que atuavam também a irmã (Paula Barreto) e a cadela Baleia, coadjuvante no filme Vidas Secas (1963).

Foi assistente de direção de Carlos Diegues em Bye Bye Brazil (1980). Iniciou sua carreira no cinema aos 20 anos, dirigindo o curta-metragem A estória de José e Maria (1977). E estreou como diretor de longa-metragem no Festival de Cannes de 1982, com Índia, A Filha do Sol (1982), inscrito na Quinzena dos Realizadores; tinha 24 anos. Seu filme O Quatrilho (1995) foi indicado para o Oscar de melhor filme estrangeiro de 1995.

Trabalhou como ator em dois filmes: For all – O trampolim da vitória (1997) e Memórias do cárcere (1984) — e dirigiu 9 longas.

Bibliografia

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.