Gullane Filmes

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Histórico

Fundada em 1996, a Gullane é uma produtora de conteúdo para cinema e televisão que mantém participação ativa no crescimento do audiovisual brasileiro.

Suas obras conquistaram reconhecimento da crítica e de um público cada vez maior. A qualidade técnica e artística identificada em cada produção tornou-se referência, garantindo à Gullane um espaço conceituado no mercado cinematográfico.

Sua dedicação na produção é igualmente aplicada nas etapas de lançamento em festivais e no circuito comercial. Esse empenho permitiu à Gullane acumular mais de 100 prêmios em sua carreira, além de ter seus filmes nas seleções oficiais dos mais importantes festivais de cinema do mundo, como os de Cannes, Veneza e Berlim.

Além de produções próprias, a Gullane amplia a carteira de projetos com parcerias importantes no Brasil e no exterior, com a busca de financiamento e venda de filmes brasileiros junto ao mercado estrangeiro e com a realização de coproduções internacionais. Essas ações se refletem na ampla divulgação das obras e em uma rede formada por talentos de diversas partes do mundo.

Por seu perfil empresarial, seu histórico criativo e seu expressivo volume de realizações audiovisuais, a Gullane está posicionada hoje entre as principais produtoras de conteúdo do Brasil.

Os irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane se dedicam ao audiovisual desde o início da década de 90, com produção de conteúdo para cinema e televisão.

A dupla ganhou experiência com a retomada do cinema nacional e chamou atenção da crítica logo no primeiro longa com assinatura da Gullane Filmes. Bicho de Sete Cabeças, da diretora Laís Bodanzky, foi lançado no ano 2000 conquistando mais de 40 prêmios em todo o mundo.

Fabiano e Caio especializaram-se em produção executiva, um nicho que lhes renderia muitos frutos. Foi então que surgiu o convite do renomado cineasta Hector Babenco para que os irmãos trabalhassem na superprodução Carandiru. A maturidade da parceria foi traduzida no filme, visto por quase cinco milhões de pessoas e indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes – um dos mais concorridos do mundo.

Nesse período, uma nova sócia entra para fortalecer as bases da produtora. Débora Ivanov, advogada e produtora cultural, vivenciou com os irmãos Gullane a realização de diversos longa-metragens, com destaque para O ano em que meus pais saíram de férias – filme de Cao Hamburger que concretizou o trabalho da Gullane na área internacional, sendo vendido para mais de 30 países e tendo sido escolhido para representar o Brasil na disputa pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2008.

No mesmo ano, a holding de investimentos Quarup Participações Ltda se torna sócia da Gullane, tendo como seu representante o mineiro Gabriel Lacerda. Gullane Entretenimento S/A passa a ser sua nova denominação social. Além do foco na manutenção da qualidade já estabelecida, a mudança trouxe também a implementação de um planejamento de longo prazo e de práticas modernas de gestão.

Paralelamente, a Gullane assume o compromisso de colaborar com ações sócio-culturais de iniciativa própria ou de parceiros. Em 2005, fundou o projeto social Oficinas Querô, Empreendedorismo e Cidadania através do Cinema, onde se mantém como parceiro do projeto que hoje se tornou Instituto Querô.

Atenta também ao mercado de televisão, a Gullane fortalece sua atuação na criação de conteúdo para esse segmento. Tendo já realizado importantes produções como a série Alice para HBO Latin America, a Gullane incrementa os negócios de TV com novas associações.

Buscando o contínuo aprimoramento da qualidade de suas produções, a Gullane conta com uma equipe estruturada para atender a importante sequência de trabalhos com já consagrados ou com novos talentos, colaborando de forma ativa no fortalecimento da indústria audiovisual do Brasil.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.