Karim Aïnouz

Biografia

Karim Aïnouz é um cineasta, roteirista e produtor brasileiro nascido em Fortaleza, no Ceará, no dia 17 de janeiro de 1966. É formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Brasília (UnB). É Mestre em História do Cinema pela Universidade de Nova York.

Dentre sua produção, estão os longas Madame Satã (2002) e O Céu de Suely (2006).

Seu trabalho mais recente, Velázquez ou o Realismo Selvagem, teve sua estreia em março de 2015 no Grand Palais em Paris e foi exibido no canal francês ARTE.

Seu longa-metragem mais recente, Praia do Futuro, foi filmado no Brasil e na Alemanha e teve sua estreia mundial em 2014 na Competição Oficial do 64° Festival de Berlim. Cathedrals of Culture, um filme em 3D que explora como seis edifícios significativos e diferentes refletem nossa cultura, com Wim Wenders como produtor executivo e Aïnouz como um dos diretores, estreou no Festival de Berlim na seção Berlinale Special neste mesmo ano.

Seu último trabalho de documentário experimental, Domingo, filmado do encontro com o artista dinamarquês Olafur Eliasson durante o 17° Festival Videobrasil, teve sua estreia mundial no Festival do Rio 2014. Em 2012 Aïnouz foi convidado a integrar o júri da Cinéfondation e Competição de Curtas-metragens do 65° Festival de Cannes. No mesmo ano participou do projeto Destricted.br, inspirado no projeto Destricted de Larry Clark, com Adriana Varejão, Janaína Tschäpe, Julião Sarmento, Lula Buarque de Hollanda, Marcos Chaves e Miguel Rio Branco.

Realizou, a convite da Sharjah Art Foundation, o filme Sonnenallee, exibido na Bienal de Sharjah de 2011. Aïnouz é co-roteirista dos filmes Abril Despedaçado, de Walter Salles; Cinema, Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes; e Cidade Baixa, de Sérgio Machado.

Seu primeiro longa-metragem, Madame Satã, estreou na mostra Un Certain Regard do Festival de Cinema de Cannes em 2002. Seus longas seguintes, O Céu de Suely e Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (co-dirigido com Marcelo Gomes) estrearam no Festival de Veneza na Mostra Orizzonti em 2006 e 2009 respectivamente. Em 2011 O Abismo Prateado teve sua estreia mundial em Cannes na Quinzena dos Realizadores e recebeu o prêmio de Melhor Diretor no Festival do Rio.

Em 2008, Aïnouz escreveu e dirigiu a série de TV Alice, em parceria com Sergio Machado, para a HBO América Latina. Seus curtas-metragens e instalações foram exibidos em inúmeras mostras e museus incluindo o Whitney Museum of American Art Biennial, MoMa Nova York, Bienal de São Paulo, Bienal de Sharjah, Museu de Arte Contemporânea – Fortaleza e Festival Videobrasil. Foi homenageado na 13ª Mostra de Cinema de Tiradentes e teve retrospectivas na Espanha e Suiça, França e Estados Unidos. Foi convidado para o júri do Heiner Carow Award durante o 63° Festival de Berlim e em 2014 foi presidente do júri do Festival do Rio.

Como palestrante convidado Aïnouz foi à Universidade de Princeton – Estados Unido; Birkbeck College – Londres; The Massachusetts Institute of Technology – Estados Unidos; EICTV – Cuba e San Francisco Art Institute – Estados Unidos, entre outras.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

2015 – Velázquez ou O Realismo Selvagem” – documentário, HD video, cor, 52min.
2014 – Terra Prometida – video instalação, video HD, cor, 4min. (co-direção Armando Praça)
2014 – Domingo – documentário, HD video, cor, 26min.
2014 – Praia do Futuro, ficção, cor, 106 min.
2014 – Cathedrals of Culture – episódio Centre Pompidou – documentário, 3D, cor, 165 min.
2011 – Sua Cidade Empática, video instalação, video HD de 3 canais, 24 refletores, dimmers, filtro de película colorida
2011 :: O Abismo Prateado, ficção, 35mm, cor, 84 min.
2011 – Destricted.br. experimental, 16mm, cor, 14min.
2011 – Sonnenallee, documentário para a Sharjah Art Foundation, Super 8 para Digital, cor, 12 min.
2011 :: Desassossego (codir. Helvécio Marins Jr., Clarissa Campolina, Carolina Durão, Andrea Capella, Ivo Lopes Araújo, Marco Dutra, Juliana Rojas, Marina Meliande, Caetano Gotardo, Raphael Mesquita, Leonardo Levis, Gustavo Bragança e Felipe Bragança)
2009 :: Viajo porque preciso, Volto porque te amo, ficção , 35mm , cor, 75 min. (co-direção Marcelo Gomes)
2008 – Alice, série de 13 episódios para HBO
2006 :: O Céu de Suely, ficção, 35mm, cor, 88 min.
2002 :: Madame Satã, ficção, 35mm, cor, 105 min.
2000 – Rifa-me, ficção, 35 mm, cor, 28 min.
1998 – Les Ballons des Bairros, documentário para a France 3, vídeo, 26 min.
1996 – Hic Habitat Felicitas, ficção, 35mm, cor, 26 min.
1994 – Paixão Nacional, experimental, 16mm, cor, 9 min.
1993 – Seams, documentário, 16mm, cor, 29 min.
1992 – O Preso, ficção, vídeo, cor, 19 min.

:: Filmografia como Roteirista ::

2015 – Velázquez ou O Realismo Selvagem – documentário, HD video, cor, 52min.
2014 – Domingo – documentário, HD video, cor, 26min.
2014 – Praia do Futuro, ficção, cor, 106 min.
2014 – Cathedrals of Culture – episódio Centre Pompidou – documentário, 3D, cor, 165 min.
2014 – Terra Prometida – video instalação, video HD, cor, 4min. (co-direção Armando Praça)
2011 – O Abismo Prateado, ficção, 35mm, cor, 84 min.
2011 – Destricted.br. experimental, 16mm, cor, 14min.
2011 – Sonnenallee, documentário para a Sharjah Art Foundation, Super 8 para Digital, cor, 12 min.
2010 – Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo , ficção , 35mm , cor, 75 min.
2010 – Desassossego – Direção de um dos fragmentos, ficção , cor, 63 min.
2008 – Alice, série da HBO
2006 – O Céu de Suely, ficção, 35mm, cor, 88 min.
2005 – Cinema, Aspirinas e Urubus, ficção, 35mm, cor, 104 min.
2005 – Cidade Baixa , ficção , 35mm , cor, 93 min.
2002 – Madame Satã, ficção, 35mm, cor, 105 min.
2001 – Abril Despedaçado, ficção , 35mm , cor, 105 min.
2000 – Rifa-me, ficção, 35 mm, cor, 28 min.
1998 – Les Ballons des Bairros, documentário para a France 3, vídeo, 26 min.
1996 – Hic Habitat Felicitas, ficção, 35mm, cor, 26 min.
1994 – Paixão Nacional, experimental, 16mm, cor, 9 min.
1993 – Seams, documentário, 16mm, cor, 29 min.
1992 – O Preso, ficção, vídeo, cor, 19 min.

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2015 :: Um Filme de Cinema

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.