Leonardo Villar

Biografia

Leonildo Motta, em arte conhecido como Leonardo Villar, é um ator brasileiro de teatro, cinema e televisão, nascido na cidade de Piracicaba (SP) no dia 25 de julho de 1923.

Teve uma infância difícil, trabalha nas fazendas até se mudar para São Paulo, onde trabalhou em uma alfaiataria no bairro do Brás, quando descobriu sua vocação de ator. Leu um anúncio de convocação de alunos para a primeira turma da Escola de Arte Dramática de São Paulo, acreditando ter talento para o palco e se inscreveu. Ao final do curso, enfrentou a banca examinadora presidida pela atriz Cacilda Becker, ao lado de quem, em 1954, formaria a dupla de astros do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC).

No cinema, sua primeira oportunidade é consagradora, ao interpretar o personagem Zé do Burro em O Pagador de Promessas (1962), de Anselmo Duarte, ganhador da Palma de Ouro do Festival de Cannes.

Fez outros filmes, como Lampião, Rei do Cangaço (1963), O Santo Milagroso (1966) e Madona de Cedro (1968), alternando participações também no teatro, tendo atuado em mais de 60 peças, e televisão, com mais de 15 novelas, sendo sua estreia em A Cor de Sua Pele, em 1965, pela extinta TV Tupi.

Contratado pela TV Globo em 1972, estreou em O Primeiro Amor (1972), com a difícil missão de substituir Sérgio Cardoso, que morrera sem terminar a novela. Profissional que é, Leonardo Villar entra e dá conta do recado. Seguem-se Escalada (1975), Coração Alado (1980), Mania de Querer (1986), Os Ossos do Barão (1997), esta pelo SBT; Coração de Estudante (2002) e Pé na Jaca (2007).

Leonardo Villar é considerado um dos melhores atores brasileiros, sendo reverenciado principalmente entre seus colegas de profissão. Seu temperamento reservado e tímido, nunca fez dele uma estrela, mas sempre escolheu os papéis e fez as participações que quis.

Em 1998, retorna ao cinema, 15 anos depois, num thriler policial dirigido por Beto Brant, Ação Entre Amigos, onde dá um verdadeiro show de interpretação.

Em 2005, a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, por meio da Coleção Aplauso, lançou sua biografia, Leonardo Villar: garra e paixão, de autoria de Nydia Lícia.

Em 2007, participou das filmagens Chega de Saudade, filme dirigido por Laís Bodanzky, onde atua ao lado de Tônia Carrero.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2008 :: Chega de Saudade
2000 :: Brava Gente Brasileira
1998 :: Ação Entre Amigos
1996 :: Enigma de um Dia (CM)
1995 :: Caligrama (CM)
1995 :: Gaivotas – Tragédia em Cinco Olhares (CM)
1982 :: Amor de Perversão
1973 :: O Duelo
1968 :: A Madona de Cedro
1967 :: Jogo Perigoso (Juego Peligroso) (Brasil/México)
1966 :: A Grande Cidade
1966 :: Amor e Desamor
1966 :: O Santo Milagroso
1965 :: Amor e Desamor
1965 :: Samba (Espanha/ Brasil) (participação não creditada)
1965 :: A Hora e a Vez de Augusto Matraga
1964 :: Procura-se uma Rosa
1963 :: Lampião, Rei do Cangaço
1962 :: O Pagador de Promessas

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

1981 :: Chick Fowle – O Faixa Preta do Cinema (CM)

Bibliografia

Livros:

GUZIK, Alberto; PEREIRA, Maria Lúcia (Org.). Teatro Brasileiro de Comédia. Dionysos, Rio de Janeiro, n. 25, set. 1980. Edição especial.
MICHALSKI, Yan; TROTTA, Rosyane. Teatro e estado: as companhias oficiais de teatro no Brasil: história e polêmica. São Paulo: Hucitec; Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Arte e Cultura, 1992. 235 p. (Teatro, 21).
LICIA, Nydia. Leonardo Villar: garra e paixão. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2005.

Print Friendly, PDF & Email

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.