LIVRO – Caminhos e Descaminhos do Cinema Paulista: a Década de 50

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

Material importante para quem ambiciona relacionar-se com a controvertida década de 50, que posicionou Juscelino, Jango, Niemeyer, José Lins do Rego, Chateaubriand, Lacerda, Mesquita e tantos outros espectros, que para o bem e para o mal transitaram entre nós, o trabalho investigativo sobre o cinema da década de 50, aqui realizado por Máximo Barro, pesquisa as produtoras cinematográficas e distribuidoras Atlântica, Vera Cruz, Maristela, Kino, Multifilmes, Líder, Rex e Gravason.

A inauguração de salas como o Metro, Cine Marrocos, Cine Marabá, etc. O livro possui 90 páginas, ilustrado. Século 20, Década de 1950, Cinema brasileiros, Produtores de cinema, produções cinematográficas, Filmes, Memória, Iconografia do cinema, Interdisciplinaridade.

Autor

Máximo Barro é Professor de cinema da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), montador, pesquisador e escritor. Escreveu 8 livros dentre os temas de cinema e da História da cidade de São Paulo.

Dados Técnicos

Título: Caminhos e Descaminhos do Cinema Paulista: a Década de 50
Autor: Máximo Barro
Editora: Centro Pesquisadores de Cinema
Ano da Edição: 1997
ISBN:

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.