LIVRO – Carmen: Uma biografia

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly

Sinopse

botao_comprarCarmen, livro escrito por Ruy Castro, é a maior biografia de um artista já publicada no Brasil.

Ano a ano, o autor acompanha a vida da brasileira mais famosa do século XX – do nascimento da menina Maria do Carmo, numa aldeia em Portugal (e a vinda ao Rio de Janeiro, em 1909, com dez meses de idade), à consagração brasileira e internacional de Carmen Miranda e sua morte em Beverly Hills, aos 46 anos, vítima da carreira meteórica e dos muitos soníferos e estimulantes que massacraram seu organismo em pouco tempo. Mas Carmen não é apenas uma biografia. Enquanto entrelaça a intimidade e a vida pública da maior estrela do Brasil, Ruy Castro nos leva a um passeio pelo Rio dos anos 20 e 30, e por Nova York e Hollywood dos anos 40 e 50 – cenários em que é especialista.

O livro ainda resgata a história da música popular brasileira, da praia, do Carnaval, da juventude do passado, da Rádio Mayrink Veiga, do Cassino da Urca, da Broadway, dos gângsters que dominavam os nightclubs americanos e dos bastidores dos estúdios de cinema – numa época em que para estrelas como Carmen, as noites não tinham fim.

Dos 21 aos 29 anos, entre 1930 e 1939, Carmem Miranda foi a maior estrela do disco, do rádio, do cinema, dos palcos e dos cassinos brasileiros – recordista em gravações, vendas, cachês, salários e, principalmente, em amor. Era adorada pelo público, respeitada pelos colegas, disputada pelos veículos de imprensa, desejada pelos homens. Até então, nenhuma outra mulher fora tão famosa no país – e o Carnaval, o golpe mortal naquela história de o brasileiro ser o produto de “três raças tristes”. (Se era, deixou de ser, assim que Carmen descobriu a alegria brasileira). Aos trinta anos recém-feitos, em 1939, rica, bonita e independente, Carmen, se quisesse, poderia ter se aposentado, escolhido um marido e se recolhido ao seu palacete na Urca. Em vez disso, convidada para Nova York, resolveu recomeçar tudo no mercado mais disputado do mundo. Em sua noite de estréia numa revista musical da Broadway, poucos dias depois de chegar, levou apenas seis minutos para se tornar um nome nos Estados Unidos. E, então, a mágica se repetiu, só que em escala vertiginosa. Em questão de semanas, o rádio, os discos, os nightclubes, as capas de revistas, os anúncios de publicidade e até as vitrines das grandes lojas, todos queriam Carmen. Hollywood, também – e, mais uma vez, bastou um filme para seu nome ganhar dimensão mundial. Não há nenhum exagero nessas afirmações. Na verdade, elas não refletem nem sombra do que Carmen Miranda realmente significou nos anos 40 e 50. O Brasil nunca compreendeu a dimensão de sua lenda e nem sempre soube aceitar seu sucesso americano. Carmen sofreu com isso e inventou um Brasil só para ela, à beira de sua piscina em Beverly Hills, onde todos os brasileiros de passagem se sentiam em casa. E, por vários motivos, um dos quais a guerra, ficou quatorze anos sem voltar aqui, numa eternidade de distância entre a cantora e seu país. Durante esse período, o Brasil jamais suspeitou do drama íntimo vivido por sua estrela: o da mulher que trocaria todas as luzes do palco por um casamento tradicional que lhe desse um filho. Movida pelo sucesso que não a abandonava e por seu terrível senso profissional, Carmen deixou-se seduzir pela facilidade dos soníferos e estimulantes, dos quais ficou prisioneira. Em mais de um sentido, eles bombardearam seu coração. E, quando se casou, fez uma escolha precipitada, que contribuiu para sua tragédia. “Carmen – Uma Biografia” não se limita a reconstituir a vida da brasileira mais famosa do século XX, com um prodígio de informações. Esta é também uma história dos costumes da juventude brasileira, da música popular, do rádio e dos cassinos, no Rio dos anos 1920 e 1930, e da intimidade dos grandes astros americanos, na Broadway e na Hollywood dos anos 40 e 50. É uma história profundamente humana – temperada pelo humor e pelo estilo inconfundível de Ruy Castro.

Dados Técnicos

botao_comprarTítulo: Carmen: Uma biografia
Autor: Ruy Castro
Editora: Companhia das Letras
Ano da Edição: 2005
Encadernação: Capa dura | 23cm x 16cm | 632 páginas
ISBN: 8535907602

Aproveite e Adquira Já o seu Exemplar!

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.