LIVRO – JF Anos 80: fotografias

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

O fotógrafo Humberto Nicoline reconstitui parte da história de Juiz de Fora no livro JF Anos 80. Patrocinada pela Lei Murilo Mendes de Incentivo à Cultura de Juiz de Fora, por meio da Funalfa, e com o apoio da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a obra reúne 280 imagens nas quais o olhar atento e sensível do autor flagra acontecimentos da década de 80, marcada por manifestações de ordem social, cultural, política, sindical e estudantil.

Com 304 páginas, JF Anos 80 tem apresentação do escritor Luiz Ruffato, projeto gráfico da designer Ligia Lacerda e texto do jornalista Jorge Sanglard, contemporizando o panorama da época em Juiz de Fora. Conforme Nicoline, a publicação foi dividida em quatro temas: Cidade, Política, Manifestações e Personagens, sendo os três primeiros em ordem cronológica. A impressão, da DI Gráfica e Editora, foi feita em papel couchê 115gr. A edição é costurada, com capa dupla e tem tiragem de 1500 exemplares. Além do patrocínio da Lei Murilo Mendes e da Pró-Reitoria de Cultura da UFJF, “JF Anos 80” conta com apoio cultural das empresas Unimed, Monte Sinai/Suprema, Empório Bahamas Verde, Foto Fuji Digital, Cave, Grupo HGD, Mister Shopping e Cemig.

Entre as cenas incluídas na coleção, estão o encontro entre Itamar Franco, Tancredo Neves, Geraldo Mendes e o jovem Aécio Neves; o presidente Luz Inácio Lula da Silva, nos tempos de sindicalismo, em comício na Praça da Estação; Cazuza, Raul Seixas e Erasmo Carlos em festivais de rock realizados na cidade; o movimento “Mascarenhas, meu amor”, pela revitalização da antiga fábrica de tecidos Bernardo Mascarenhas e transformação em centro cultural; a movimentação de punks; a inauguração da Siderúrgica Mendes Júnior e do jornal Tribuna de Minas; desfile militar e o incêndio na Fábrica São Vicente.

Autor

Humberto Nicoline é jornalista e repórter fotográfico, formado pela UFJF em 1981. Até 1989, trabalhou no jornal Tribuna de Minas, em Juiz de Fora e Belo Horizonte. Foi membro do conselho editorial da revista de artes D’Lira. De 1990 a 2003, trabalhou como repórter fotográfico e editor-adjunto de fotografia no jornal Hoje em Dia em BH. Entre novembro de 2003 e março de 2007, exerceu a função de editor de fotografia no jornal Panorama em Juiz de Fora.

Foi premiado em concursos de fotografia nacionais e internacionais, como o World Press Photo, Nikon Photo Contest International, Salon Internacional Centro Argentino Fotográfico, Concurso Internacional de Fotografia de La Red Mercociudades, Concurso Nacional de Fotografia do Centro Cultural Sérgio Buarque de Hollanda e o Concurso Nacional de Fotografia da Arfoc-MG e Belotur. Em maio de 2003, realizou a exposição fotográfica individual “JF Anos 80”, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM).

Atuou em coberturas fotojornalísticas em todo território nacional e em países da América do Sul, Europa e África, com destaque para os torneios de futebol Copa Mercosul e Copa Libertadores da América, três Grandes Prêmios de Fórmula 1, além da nomeação de cardeais na cidade do Vaticano. Foi vice-presidente eleito do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Juiz de Fora e da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de Minas Gerais. Atualmente trabalha na Secretaria de Comunicação Social (SCS), da Prefeitura de Juiz de Fora.

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.