Marco Ricca

Biografia

Marco Antonio Ricca, em arte mais conhecido como Marco Ricca, é um ator e cineasta brasileiro, nascido em São Paulo (SP) no dia 28 de novembro de 1962.

Foi vendedor, office-boy, garçom e professor de história. Iniciou sua carreira artística aos 15 anos, em 1978, escrevendo e atuando no teatro.

Estreou no cinema em 1991, no curta-metragem Caminho da Salvação. Depois de participar de outros curtas, estreou seu primeiro longa-metragem, O Guarani, de Norma Bengell. A partir daí, fez sólida carreira no cinema, em filmes importantes: O Invasor (2002), O Casamento de Romeu e Julieta (2005) e O Maior Amor do Mundo (2006).

Estreou na carreira televisiva, como ator, em 1993, na Rede Globo, ao participar da novela Renascer, já em papel de destaque, como o co-protagonista Zé Augusto. Posterior a esse trabalho, transferiu-se para o SBT, onde atuou, em 1994, na novela Éramos Seis. Entre outras, participou também de Razão de Viver (1996), pelo SBT, e Por Amor (1998), na TV Globo.

Em 1995, fez uma rápida passagem pela teledramaturgia da Rede Bandeirantes, participando da novela A Idade da Loba. Em seguida, retornou ao SBT, para protagonizar a novela Razão de Viver.

Foi nessa época que inicou um affair com a atriz Adriana Esteves, com quem contracenava na novela. Acabaram casados, entre 1993 e 2004, e tiveram um filho, Felipe, nascido em 2000. A separação aconteceu amigavelmente, em 2003.

Em 1997, retornou definitivamente para a Rede Globo, emissora a qual permanece contratado até os dias atuais. Atuou na novela Por Amor e, em 1998, integrou o elenco do remake de Pecado Capital, na pele do bandido Miguel.

Em 1999, fez uma participação na novela Força de Um Desejo e ainda, ganhou o prêmio Lente de Cristal de Melhor Ator Coadjuvante no Festival de Cinema Brasileiro de Miami, por Até que a Vida nos Separe.

Em 2000, participaria de sua primeira minissérie, Aquarela do Brasil e, em 2001, recebeu uma indicação de Melhor Ator no Grande Prêmio Cinema Brasil, pelo filme O Invasor, tendo sido muito elogiado pela crítica por sua atuação no longa.

Em 2002, viveu um dos personagens centrais da novela O Beijo do Vampiro. Depois, emendou com Kubanacan, novela exibida logo após o fim de O Beijo do Vampiro, tendo entrado na trama já no meio para permanecer até o fim, porém insatisfeito com os rumos dados a sua personagem, pediu para sair.

Em 2005, esteve presente no grande sucesso do Projeto Quadrante, Hoje é Dia de Maria e, ainda atuou na novela Bang Bang. Novamente, insatisfeito com os rumos da novela, pediu para deixar a produção. Em 2006, obteve a honra de representar o dono da emissora da qual é contratado, Roberto Marinho, na minissérie JK. Também nesse ano, atuou como produtor, roteirista e ator no filme Crime Delicado.

Na televisão, atuou também em Kubanacan (2003), Hoje é Dia de Maria (2005) e Bang-Bang (2005). Em 2007, mostrou seu lado cômico na novela Paraíso Tropical, como o passivo Gustavo, homem simples que vive as turras com a esposa, vivida por Isabela Garcia. Em 2008, recusou o convite para antagonizar o remake de Ciranda de Pedra e, em 2009, protagonizou o seriado Tudo Novo de Novo, no papel de Miguel.

Em 2010, dirigiu o ator Eduardo Moscovis no elogiado longa Cabeça a Prêmio, tendo atuado também como roteirista no filme.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2018 :: Canastra Suja
2017 :: Aos teus olhos
2017 :: As Duas Irenes
2017 :: Morto não fala
2016 :: Bio
2015 :: Chatô, o Rei do Brasil …. Chatô
2014 :: O Fim e os Meios
2013 :: Trinta – O Filme
2013 :: Os Amigos
2010 :: 5x Favela – Agora por Nós Mesmos
2010 :: Cabeça a Prêmio
2008 :: Verônica
2006 :: Canta Maria
2006 :: O Maior Amor do Mundo
2006 :: Sonhos e Desejos
2007 :: A Via Láctea
2005 :: O Coronel e o Lobisomem
2005 :: O Casamento de Romeu e Julieta
2003 :: Rua 6, Sem Número
2003 :: Cristina quer casar
2002 :: Crime delicado
2001 :: Dia de Visita (CM)
2001 :: O Invasor
1999 :: Até que a Vida nos Separe
1999 :: Tiradentes
1997 :: Meninos de Deus
1997 :: Impala 60 (Inacabado)
1997 :: O Que é Isso, Companheiro?
1996 :: O Guarani
1996 :: Olhos de Vampa
1993 :: Zuleika (CM)
1993 :: Zuleika
1992 :: Tango (CM)
1992 :: Batimam e Robim (CM)
1991 :: Isabel (CM)
1991 :: O Outro (CM)
1991 :: Caminho da Salvação (CM)

:: Filmografia como Diretor ::

2010 :: Cabeça a Prêmio

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Marco Ricca. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/marco-ricca/

Print Friendly, PDF & Email

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.