No intenso agora (2017)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Trailer

Sinopse

Feito a partir da descoberta de filmes caseiros rodados na China em 1966, durante a fase inicial e mais aguda da Revolução Cultural, No intenso agora trata da natureza efêmera dos momentos de grande intensidade. Documentário que acompanha através de imagens de arquivo, uma série de acontecimentos diferentes da década de 1960. Evento como: a revolta estudantil em Paris, a Primavera de Praga em meio a dominação da antiga União Soviética e a China de 1966 sob o Regime de Mao, experienciado pela mãe do diretor na época.

Às cenas da China somam-se imagens dos eventos de 1968 na França, na Tchecoslováquia e, em menor medida, no Brasil, a partir das quais, na tradição dos filmes-ensaio, tenta-se investigar como aqueles que tomaram parte naqueles acontecimentos seguiram adiante depois do arrefecimento das paixões. As imagens, todas elas de arquivo, revelam não só o estado de espírito das pessoas filmadas – alegria, encantamento, medo, decepção, desalento – como também a relação entre registro e circunstância política. O que se pode dizer de Paris, Praga, Rio de Janeiro e Pequim a partir das imagens daquele período? Por que cada uma dessas cidades produziu um tipo específico de registro?

O filme foi selecionado para participar do Festival de Berlim 2017, para a Mostra Panorama Dokumente.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de No intenso agora (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: João Moreira Salles
Roteiro: João Moreira Salles
Produção: Maria Carlota Bruno
Produção Executiva: Maria Carlota Bruno
Fotografia: Eduardo Escorel
Montagem: Eduardo Escorel e Lais Lifschitz
Pesquisa de imagens de arquivo: Antonio Venancio
Edição de som: Denilson Campos
Mixagem: Denilson Campos
Coordenação de Pós-Produção: Marcelo Pedrazzi
Música Original: Rodrigo Leão
Empresa Produtora: VideoFilmes

Bibliografia

Livros:

Internet:

FACEBOOK. Disponível no endereço: http://www.facebook.com/nointensoagora
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. No intenso agora. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/
NO INTENSO AGORA – SITE OFICIAL. Disponível no endereço: http://www.nointensoagora.com.br

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.