Os Depravados (1978)

Sinopse

Em 1958, os jornais de São Paulo estampam manchetes sobre os sucessivos raptos de moças de famílias abastadas. A quadrilha responsável pelos crimes é chefiada por Fatah, e leva a cabo o rapto de oito garotas de um colégio, exigindo resgate. Com o recebimento do dinheiro, no entanto, Fatah ordena a Turcão, seu braço direito, e seus capangas que violentem e matem as moças, para evitar que elas forneçam pistas à polícia. Durante a partilha do dinheiro, os marginais se desentendem e Cabeção abandona a quadrilha, passando a ser perseguido. A amante de Cabeção é assassinada e ele parte para a vingança, conseguindo matar um a um seus ex-companheiros. Ele liberta as moças, mas, antes do seu confronto com Fatah e Turcão, os únicos ainda vivos, chega a polícia e prende os dois chefes, enquanto Cabeção foge.

Elenco

Tony Vieira …. Cabeção
Aoki, Suely (Nioka)
Veiga, Dalmi (Turcão)
Torres, Abdon (Fatah)
Claudette Jaubert …. Engraxate
Gaiotti, Heitor
Moraes, Dirce (Vítima)
Sevic, Wanda (Vítima)
Saeg, Sônia (Vítima)
Cássia, Rita de (Vítima)
Martino, Polyana (Vítima)
Felipe, Sonia (Vítima)
Rajá de Aragão …. Membro da quadrilha
Rodrigues, Nabor (Membro da quadrilha)
Soares, Orlando (Membro da quadrilha)
Avelino Sobrinho (Membro da quadrilha)
Bonco, Mauro (Membro da quadrilha)
Lopes, José (Membro da quadrilha)
Alvim, João (Membro da quadrilha)
Souza, Arlindo de (Membro da quadrilha)
Mariano, Iragildo
Carneiro, Hytagiba
Bruno, Renato
Purificação, Amaro da (O Cebolinha)
Carneiro, Hytagiba
Antonio, Hely
Castro, Celina de
Navarro, Antonio
Neri, Ana
Prais, José
Lima, Nestor
Reis, Margareth
Montenegro, Hosana

Participação especial:
Belmonte

Narração:
José, Chico

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Os Depravados (1978) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Tony Vieira
Roteiro: Tony Vieira
Assistência de direção: Rajá de Aragão
Produção: Mauri de Oliveira Queiroz
Assistência de produção: Navarro, Antonio; Lampa, José Carlos
Gerente de produção: Avelino Sobrinho
Direção de fotografia: Borges, Henrique
Câmera: Borges, Henrique
Assistência de câmera: Pereira, Armando
Efeitos especiais de fotografia: Mariano, Iragildo
Eletricista: Tavares, Arlindo
Direção de som: Macedo, Orlando
Montagem: Vanni, Walter
Música: Malffati, Santo
Seleção musical: Mauri de Oliveira Queiroz
Companhia Produtora: M.Q. Produção e Distribuição de Filmes Cinematográficos
Companhia(s) distribuidora(s): Ouro – SP; U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira S.A. – RJ

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 76/78
O Estado de S. Paulo, 03.12.1978
ALSN/DFB-LM

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Os Depravados. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/

Observações:
Guia de Filmes 76/78 informa sobre o lançamento silmultâneo em São Paulo (duas salas lançadoras populares e circuito complementar), Rio de Janeiro (quatro salas de estréia) e Niterói (uma sala). Informa ainda que Tony Vieira é o pseudônimo de Mauri de Oliveira Queiroz.
ALSN/DFB-LM indica: Mauri de Oliveira Queiroz como psedônimo de Tony Vieira; argumento de Tony Vieira; eletricista José Carlos Lampa; narração Chico José; grafa o nome do montador como Walter Wanny, do músico como Santo Malfatti e de um dos atores do elenco Claudette Joubert.

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.