Otávio Augusto

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Biografia

Otávio Augusto de Azevedo Sousa, em arte mais conhecio como Otávio Augusto, é um ator e produtor brasileiro nascido em São Manuel (SP) no dia 30 de janeiro de 1945.

Ator que se destaca na comédia, com várias atuações em cinema, televisão e teatro. Em 30 anos de carreira atuou em cerca de 50 filmes e tornou-se um dos intérpretes preferidos de Ugo Giorgetti, que o escalou para Festa (1989), Sábado (1996), Boleiros – Era uma vez o futebol (1998) e O Príncipe (2002).

Nascido no interior de São Paulo em 1945, teve formação essencialmente teatral antes de estrear no cinema em 1970, em A guerra dos pelados, de Sylvio Back.

Por Mar de Rosas (1977), de Ana Carolina, ganhou prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte e do Festival de Toronto, Canadá. Passou também pelo elenco de comédias eróticas como A viúva virgem (1972), de Pedro Rovai, comédias de costume como Vai trabalhar, vagabundo (1973), de Hugo Carvana, e dramas como O Cirme do Zé Bigorna (1977), de Anselmo Duarte.

Por seu desempenho em Muito Prazer (1979), de David Neves, ganhou o prêmio de ator em Brasília, e, em 1983, o prêmio de ator coadjuvante em Gramado por Noite, de Gilberto Loureiro. Atuou também em Banana Split (1988), de Paulo Sérgio Almeida; Eternamente Pagú, de Norma Bengell; Lua cheia, de Alain Fresnot, e Leila Diniz, de Luiz Carlos Lacerda, todos de 1989.

A partir da retomada do cinema brasileiro, integrou os elencos de As meninas (1995), de Emiliano Ribeiro; Doces poderes (1996), de Lúcia Murat, Ed Mort (1997), de Alain Fresnot; Central do Brasil (1996), de Walter Salles, e Bufo & Spallanzani (2001), de Flavio Tambellini.

Com o curta-metragem BMW Vermelho (2000), de Reinaldo Pinheiro e Edu Ramos, ganhou o prêmio de interpretação no Cine Ceará de 2001.

Em 2003, fez o papel principal de Bendito fruto, primeiro longa-metragem de Sergio Goldenberg. Em 2005, atuou na série Carandiru – outras histórias.

Fez participações em Brasília 18% (2006), de Nelson Pereira dos Santos; Boleiros 2 – Vencedores e vencidos (2006), de Ugo Giorgetti; e Anjos do Sol (2006), de Rudi Lagemann.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2016 :: Uma noite em Sampa
2015 :: Sorria, Você está sendo filmado
2014 :: Made in China
2013 :: Giovanni Improtta
2012 :: A Memória que me Contam
2010 :: Revertere ad Locum Tuum
2008 :: A mulher do meu amigo
2008 :: Polaróides Urbanas
2008 :: O Demoninho de Olhos Pretos
2007 :: Ruínas
2006 :: Anjos do Sol
2006 :: Brasília 18%
2006 :: Boleiros 2 – Vencedores e vencidos
2005 :: Bendido Fruto
2002 :: O Príncipe
2001 :: Bufo & Spallanzani
2000 :: BMW Vermelho
1998 :: Boleiros – Era uma vez o futebol
1997 :: Ed Mort
1997 :: O Cangaceiro
1996 :: Central do Brasil
1996 :: Doces poderes
1995 :: Jenipapo
1995 :: As Meninas
1995 :: Sábado
1991 :: Manobra Radical
1991 :: Vai Trabalhar Vagabundo II, A Volta
1989 :: Festa
1989 :: Lua Cheia
1988 :: Banana Split
1987 :: Eternamente Pagú
1987 :: Leila Diniz
1983 :: Noite
1982 :: Profissão Mulher
1982 :: Dora Doralina
1982 :: Insônia
1982 :: Amor Estranho Amor
1982 :: Carícias eróticas: um Casal de Três
1981 :: O Seqüestro
1981 :: O Fruto do Amor
1981 :: A Mulher Sensual
1980 :: Terror e Êxtase
1980 :: O Torturador
1979 :: Muito Prazer
1979 :: Eu Matei Lúcio Flávio
1979 :: Inquietações de Uma Mulher Casada
1979 :: O Coronel e o Lobisomem
1978 :: Assim Era a Pornochanchada
1977 :: Mar de Rosas
1977 :: O Cirme do Zé Bigorna
1977 :: Um Brasileiro chamado Rosa Flor
1976 :: O Vampiro de Copacabana
1976 :: Noite Sem Homem
1976 :: As Desquitadas em Lua de Mel
1975 :: Deixa Amorzinho… Deixa
1975 :: A Extorsão
1974 :: Relatório de um Homem Casado
1973 :: A Filha de Madame Betina
1973 :: Vai Trabalhar, Vagabundo
1972 :: A Viúva Virgem
1972 :: Elas
1971 :: O Doce Esporte do Sexo
1971 :: Prata Palomares
1971 :: Capitão Bandeira Contra o Doutor Moura Brasil
1970 :: A guerra dos pelados

:: Filmografia como Produtor Associado ::

2015 :: Sorria, Você está sendo filmado

Bibliografia

Fontes de Referência

Internet:

FILMEB. http://www.filmeb.com.br/ – Filme B – Brasil

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.