Ozualdo Candeias (1918-2007)

Biografia

Ozualdo Ribeiro Candeias, em arte mais conhecido como Ozualdo Candeias, foi um cineasta, produtor e diretor de fotografia brasileiro nascido em Cajobi (SP) no dia 05 de novembro de 1918. Foi um dos pioneiros do cinema marginal nacional. Faleceu na cidade de São Paulo no dia 08 de fevereiro de 2007.

De origem pobre, Ozualdo foi militar e caminhoneiro antes de começar sua carreira cinematográfica. Nos anos 1950, começou a fazer experiências com uma câmera 16mm, filmando festas, casamentos e acontecimentos importantes na cidade.

Em 1955, produz seu primeiro filme, o média-metragem Tambaú, Cidade dos Milagres, sobre o fenômeno Padre Donizetti, no qual já trazia elementos comuns à sua obra, como a ironia e a provocação.

Estuda cinema entre 1957 e 1959 e começa a fazer documentários institucionais. Em 1967, produz e dirige seu primeiro longa, o filme A Margem (1967), com parcos recursos e atores da Boca do Lixo paulistana. Típico exemplar do cinema marginal paulista, o filme hoje é considerado primitivo, experimental, genial e cult. O filme abriu caminho para o movimento do cinema marginal, de nomes como o do próprio Ozualdo, João Silvério Trevisan, Júlio Bressane e Rogério Sganzerla, Andrea Tonacci, entre outros.

Em 1968, produziu um dos segmentos do filme Trilogia de Terror, de José Mojica Marins, o Zé do Caixão: O Acordo. Ainda com Mojica, co-dirigiu Ritual dos Sádicos, produzido em 1969, mas só liberado pela Censura em 1982.

Acostumado a trabalhar com pequenas equipes, Candeias também fotografava, montava e sonorizava quase todos seus filmes, que dificilmente conseguem distribuição, exceção aos que trabalha como ator contratado, quase sempre por David Cardoso, como em Caçada Sangrenta (1974) e A Freira e a Tortura (1983).

Seu último filme foi O Vigilante, de 1992, permaneceu inédito, perdido em alguma prateleira. Seu último trabalho no cinema foi a fotografia adicional do filme Urubuzão Humano, filme trash experimental de Diomédio Piskator.

Avesso a entrevistas, a última aparição do cineasta foi para o videodocumentário Ozualdo Candeias: vida e obra marginal (2006); produzido por três alunos de Jornalismo da PUC Campinas.

Ozualdo Candeias faleceu na tarde do dia 08 de fevereiro de 2007, aos 88 anos, por problemas respiratórios, dois meses após sua última entrevista.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

1992 :: O Vigilante
1992 :: Bastidores das Filmagens de um Pornô (CM)
1988 :: Senhor Pauer (CM)
1988 :: Rastros na Areia
1986 :: As Belas da Billings
1985 :: A Boca do Cinema Paulista (CM)
1983 :: A Freira e a Tortura
1982 :: Manelão, o Caçador de Orelhas
1981 :: A Opção (As Rosas na Estrada)
1980 :: O Cangaceiro do Diabo
1978 :: Ninfas Diabólicas
1976 :: A Visita do Velho Senhor
1976 :: Bocadolixonocinema (ou Festa na Boca) (CM) (dir., fot.)
1976 :: O Candinho (MM) (dir., fot.)
1974 :: Caçada Sangrenta
1974 :: Previdência (CM) (dir.)
1974 :: Zézero
1973 :: Maria… Sempre Maria
1971 :: A Herança
1971 :: Uma Rua Chamada Triunpho 1969/70 (CM)
1971 :: Uma Rua Chamada Triunpho 1970/71 (CM)
1970 :: Ritual de Sádicos
1970 :: A Herança
1969 :: Meu nome é… Tonho
1968 :: Trilogia do Terror (Episódio: O Acordo)
1967 :: Casas André Luiz (CM)
1967 :: A Margem
1965 :: Jogos Nordestinos (CM) (dir., fot.)
1965 :: Marcha para o Oeste – Campo Grande (CM) (dir., fot.)
1965 :: Marcha para o Oeste – Corumbá (CM) (dir., fot.)
1962 :: Rodovias (CM) (dir., fot.)
1962 :: Ensino Industrial (CM)
1960 :: Polícia Feminina (CM)
1959 :: Escolas Profissionais (CM) (dir., fot.)
1956 :: Poços de Caldas (CM)
1956 :: Interlândia (CM)
1955 :: Tambaú, Cidade dos Milagres (MM)

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

1992 :: O Vigilante
1992 :: Bastidores das Filmagens de um Pornô (CM) (dir., fot.)
1988 :: Senhor Pauer (CM) (dir., fot.)
1986 :: As Belas da Billings (dir., fot.)
1983 :: A Freira e a Tortura
1982 :: Manelão, o Caçador de Orelhas
1981 :: A Opção (As Rosas na Estrada) (dir., fot.)
1976 :: A Visita do Velho Senhor
1976 :: Bocadolixonocinema (ou Festa na Boca) (CM) (dir., fot.)
1976 :: O Candinho (MM) (dir., fot.)
1974 :: Zézero
1973 :: A Noite do Desejo (Data Marcada Para o Sexo) (cofot. Antonio Meliande)
1973 :: Brás (CM) (cofot. Pedro Moraes)
1973 :: Com a Cama na Cabeça (cofot. Roland Henze e Afonso Vianna)
1973 :: Maria… Sempre Maria
1973 :: Um Intruso no Paraíso (cofot. Antonio Meliande)
1971 :: A Herança
1971 :: Uma Rua Chamada Triunpho 1969/70 (CM)
1971 :: Uma Rua Chamada Triunpho 1970/71 (CM)
1965 :: Jogos Nordestinos (CM) (dir., fot.)
1965 :: Marcha para o Oeste – Campo Grande (CM) (dir., fot.)
1965 :: Marcha para o Oeste – Corumbá (CM) (dir., fot.)
1962 :: Rodovias (CM) (dir., fot.)
1959 :: Escolas Profissionais (CM) (dir., fot.)
1957 :: Pleito Municipal em São Paulo (CM) (fot.) (cofot. Isolino Teixeira, João Cerqueira, Leo Pastro, Alexandre Liphner e Diogenes P.Tavares)
1956 :: Interlândia (CM) (dir., fot.)
1955 :: Tambaú, Cidade dos Milagres (MM) (dir., fot.)

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

2012 :: Ozualdo Candeias e o Cinema
2006 :: Ozualdo Candeias: vida e obra marginal
2002 :: Candeias: da Boca pra fora

Bibliografia

Livros:

ABREU, Nunes César. Boca do Lixo: cinema e classes populares. Campinas: UNICAMP, 2006.

REIS, Mauro. Ozualdo Candeias: pedras e sonhos no cineboca. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

SILVA NETO, Antônio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

TELES, Angela Aparecida. Ozualdo Candeias na Boca do Lixo: a estética da precariedade no cinema paulista. São Paulo: EDUC/FAPESP, 2012.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/ozualdo-candeias/

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.