Últimas Postagens
  • <strong>Olhar Imaginário</strong> é uma empresa produtora audiovisual brasileira.

    Olhar Imaginário

    Olhar Imaginário é uma empresa produtora audiovisual brasileira.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Marcio Paschoal</strong> mergulha na alma de Astolfo e mostra como, com talento e superação, ele transformou sua maior criação, <strong>Rogéria</strong>, num sucesso absoluto. Nascida <strong>Astolfo Barroso Pinto</strong>, teve de enfrentar grandes desafios para se afirmar como homossexual, ícone do transformismo e, acima de tudo, artista. Movida por uma enorme paixão pela arte e pela vida, conquistou, ao longo de mais de 50 anos de carreira, seu espaço no teatro, no cinema e na televisão, consagrando-se como uma personagem irresistível, quase mítica: <strong>Rogéria</strong>, o travesti da família brasileira.</p>

    LIVRO – Rogéria: uma mulher e mais um pouco

    Marcio Paschoal mergulha na alma de Astolfo e mostra como, com talento e superação, ele transformou sua maior criação, Rogéria, num sucesso absoluto. Nascida Astolfo Barroso Pinto, teve de enfrentar grandes desafios para se afirmar como homossexual, ícone do transformismo e, acima de tudo, artista. Movida por uma enorme paixão pela arte e pela vida, conquistou, ao longo de mais de 50 anos de carreira, seu espaço no teatro, no cinema e na televisão, consagrando-se como uma personagem irresistível, quase mítica: Rogéria, o travesti da família brasileira.

    Continue Lendo...

  • <strong>Astolfo Barroso Pinto</strong>, em arte mais conhecida como <strong>Rogéria</strong>, foi uma atriz, artista e ex-vedete brasileira nascida em Cantagalo, Rio de Janeiro, no dia 25 de maio de 1943. Seu nome artístico surgiu em um concurso de Carnaval onde se apresentou como <strong><em>Rogério</em></strong>. Ao final do show, a plateia a ovacionou aos gritos de <strong><em>Rogéria</em></strong>. Seu nome de batismo, então, deixou, de ser usado.

    Rogéria (1943-2017)

    Astolfo Barroso Pinto, em arte mais conhecida como Rogéria, foi uma atriz, artista e ex-vedete brasileira nascida em Cantagalo, Rio de Janeiro, no dia 25 de maio de 1943. Seu nome artístico surgiu em um concurso de Carnaval onde se apresentou como Rogério. Ao final do show, a plateia a ovacionou aos gritos de Rogéria. Seu nome de batismo, então, deixou, de ser usado.

    Continue Lendo...

  • <strong>Cine Jornal Brasileiro</strong> era uma produção realizado pelo <strong>Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP)</strong>.

    Cine Jornal Brasileiro

    Cine Jornal Brasileiro era uma produção realizado pelo Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP).

    Continue Lendo...

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Filme Sinopse Elenco Ficha Técnica […]

    Medea (2017)

    Filme Sinopse Elenco Ficha Técnica Galeria Bibliografia Filme Sinopse >> Sinopse . << FilmeElenco >> Elenco << SinopseFicha Técnica >> Ficha Técnica Por trás dos filmes, além dos atores, dos […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do Brasil. Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas, <em>Nunca me sonharam</em> reflete sobre o valor da educação.</p>

    Nunca Me Sonharam (2017)

    Os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do Brasil. Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas, Nunca me sonharam reflete sobre o valor da educação.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Animação que parte do encontro de um casal de amigos numa cafeteria. Apaixonados pela bebida, eles começam um papo descontraído sobre a história do café. Acompanhando a conversa, o espectador vai descobrindo curiosidades sobre a bebida, sua importância histórica, influência na economia e na cultura brasileiras. O filme resgata questões como a escravidão, a imigração, a <em>Semana de Arte Moderna</em>, de forma bem-humorada. Baseado no livro <strong>A História do Café</strong>, de <strong>Ana Luiza Martins</strong>.</p>

    Café, um dedo de prosa (2017)

    Animação que parte do encontro de um casal de amigos numa cafeteria. Apaixonados pela bebida, eles começam um papo descontraído sobre a história do café. Acompanhando a conversa, o espectador vai descobrindo curiosidades sobre a bebida, sua importância histórica, influência na economia e na cultura brasileiras. O filme resgata questões como a escravidão, a imigração, a Semana de Arte Moderna, de forma bem-humorada. Baseado no livro A História do Café, de Ana Luiza Martins.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>André Pellenz</strong> é um cineasta e roteirista brasileiro. Formado em <em>Cinema</em> pela <strong>Universidade Federal Fluminense (UFF)</strong>, tem pós-graduação em <em>Direção de Atores</em> no <strong>American Film Institute</strong> (em Los Angeles). Em publicidade, dirigiu premiados comerciais em produtoras como <strong>O2 Filmes</strong>, <strong>Jodaf</strong> e <strong>Movi&art</strong>.</p>

    André Pellenz

    André Pellenz é um cineasta e roteirista brasileiro. Formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF), tem pós-graduação em Direção de Atores no American Film Institute (em Los Angeles). Em publicidade, dirigiu premiados comerciais em produtoras como O2 Filmes, Jodaf e Movi&art.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Todo mundo vai morrer, inclusive o <strong>Sarney</strong>. E o mundo vai acabar, quer acredite em deus ou não, mais cedo ou mais tarde, que nem o governo <strong>Dilma</strong>. Aliás essa é a experiência mais comum da vida, que ela acaba. Acontece o tempo todo de diferentes maneiras, desde quando mata uma barata ou termina um relacionamento. É o fim. E mesmo assim, não nos preparamos para a coisa mais antiga e certa da vida. É essa angústia primordial que faz o ser humano inventar ideias de imortalidade, deuses e sustentar consultórios de psicanálise.</p>

    LIVRO – O fim do mundo é hoje!

    Todo mundo vai morrer, inclusive o Sarney. E o mundo vai acabar, quer acredite em deus ou não, mais cedo ou mais tarde, que nem o governo Dilma. Aliás essa é a experiência mais comum da vida, que ela acaba. Acontece o tempo todo de diferentes maneiras, desde quando mata uma barata ou termina um relacionamento. É o fim. E mesmo assim, não nos preparamos para a coisa mais antiga e certa da vida. É essa angústia primordial que faz o ser humano inventar ideias de imortalidade, deuses e sustentar consultórios de psicanálise.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Como Fracassar na Vida e Ser Infeliz no Amor</strong> é uma obra que parodia os livros de autoajuda, expondo ao longo do texto diversos temas tratados pela literatura do gênero, mas refutando suas verdades tidas como absolutas e, assim, mostrando ao leitor de maneira inteligente e bem-humorada que viver com base em manuais que ditam o caminho do sucesso podem levá-lo ao inverso.</p>

    LIVRO – Como fracassar na vida e ser infeliz no amor

    Como Fracassar na Vida e Ser Infeliz no Amor é uma obra que parodia os livros de autoajuda, expondo ao longo do texto diversos temas tratados pela literatura do gênero, mas refutando suas verdades tidas como absolutas e, assim, mostrando ao leitor de maneira inteligente e bem-humorada que viver com base em manuais que ditam o caminho do sucesso podem levá-lo ao inverso.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A história de <strong>Rogério Sampaio</strong> rumo à conquista olímpica distingue-se pelo seu forte componente de superação. Ausente por quase três anos de competições oficiais e logo após ter sofrido com a morte trágica de seu irmão Ricardo, seu mentor e companheiro de treinos, o atleta teve que driblar a desconfiança geral. A escolha de um diretor com enorme relação com o judô –cortado às vésperas das <em>Olimpíadas de Atlanta 1996</em> e <em>Sidney 2000</em> –conferirá ao documentário um caráter intimista.</p>

    Ippon – A Superação Olímpica de Rogério Sampaio (2013)

    A história de Rogério Sampaio rumo à conquista olímpica distingue-se pelo seu forte componente de superação. Ausente por quase três anos de competições oficiais e logo após ter sofrido com a morte trágica de seu irmão Ricardo, seu mentor e companheiro de treinos, o atleta teve que driblar a desconfiança geral. A escolha de um diretor com enorme relação com o judô –cortado às vésperas das Olimpíadas de Atlanta 1996 e Sidney 2000 –conferirá ao documentário um caráter intimista.

    Continue Lendo...

  • <strong>Rejane Zilles</strong> é uma cineasta, atriz e produtora. É formada em <em>Artes Cênicas</em> pela <strong>Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO)</strong> e atua em teatro, cinema e televisão.

    Rejane Zilles

    Rejane Zilles é uma cineasta, atriz e produtora. É formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO) e atua em teatro, cinema e televisão.

    Continue Lendo...

Página 4 de 899« Primeira...23456...102030...Última »