Primeiro Plano 2009 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades

Evento

Com o tema O(u)tros Camin(h)os, o Primeiro Plano 2009 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades realiza sua oitava edição buscando pensar formas alternativas de produção e distribuição de filmes no Brasil e na América do Sul.

Uma realização do Luzes da Cidade – Grupo de Cinéfilos e Produtores Culturais, com patrocínio máster da Cemig/Governo de Minas Gerais, patrocínio da MRS Logística SA, com co-patrocínio do Ministério da Cultura/ Fundo Nacional de Cultura/ Secretaria do Audiovisual, da Prefeitura de Juiz de Fora/Funalfa e da Universidade Federal de Juiz de Fora, com divulgação da Panorama, com apoio inestimável do Espaço Unibanco de Cinema; do CTAv; da Kodak Brasileira; do Mega Color; da Link Digital; da CDL; da Rain; da Videosol; da Locatrans; do MAM – Museu de Arte Moderna Murilo Mendes; do Constantino Hotel e Eventos; do Café Toko; da Associação Cultural Festival Brasileiro de Cinema Universitário; do Estação Geraes; do Centro Cultural Bernardo Mascarenhas; do Cine-Theatro Central; do Instituto Brasileiro de Audiovisual/Escola de Cinema Darcy Ribeiro; do Ministério das Relações Exteriores; do Cinearte Palace; da AceOptimidia; da Diamantina; d’A Terceira Margem; da Leitura; do 20th Century Fox; do Mary Milk; da Picanha, Pimenta & Pinga; do Nectar Bistrô; do Mr Tugas; do CardápiosJF; do Mabruk; do Chimarron; do Majestic Colonial Hotel; com promoção do Canal Brasil; da Revista de Cinema e do Curta o Curta, o prêmio Incentivo Primeiro Plano só foi possível com o apoio da Universidade Federal de Juiz de Fora, do CTAv, da Kodak, da MegaColor, dos Estúdios Quanta, dos Estúdios Mega, da Dolby Digital e da Universidade Federal Fluminense, o festival aconteceu entre os dias 26 de outubro a 31 de outubro de 2009 no Cinearte Palace, no Cine-Theatro Central, no MAMM – Museu de Arte Moderna Murilo Mendes, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas e no Centro Cultural Benfica.

O evento abriu com O Edifício, de Rita Viana e Victor Zaiden, primeiro curta produzido com os recursos do Prêmio Incentivo Primeiro Plano, e com o longa Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos, de Paulo Halm.

Exibiu, ainda, 70 trabalhos dentro das mostras competitivas de filmes nacional e regional, além do Plano Animado, da Sessão Escola, da Mostra Mercocidades e da Mostra Audiovisual de Juiz de Fora. A semana seguiu com as pré-estreias dos longas Teste de Elenco, de Ian SBF e Osiris Larkin; No meu Lugar, de Eduardo Valente; Mistéryos, de Beto Carminatti e Pedro Merege, e o argentino Pra Quem Você Ligaria?, de Martin Viaggio.

O festival também organizou 3° Encontro Internacional Audiovisual, no qual discutiu o fazer cinematográfico sulamericano. Houve ainda debates com os diretores e oficinas gratuitas. Tivemos um público estimado em cinco mil pessoas. O festival recebeu convidados de várias partes do Brasil.

Neste ano, o festival premiou pela segunda vez, com R$ 5.000 e outros recursos, a equipe do melhor curta universitário da cidade eleito por um júri.

Selecionados

Mostra Competitiva Nacional

Mostra Competitiva Regional

Premiados

No encerramento, foram exibidos os principais premiados da edição anterior e entregues os prêmios aos trabalhos abaixo relacionados:

Melhor Filme: Sobe, Sofia e Sobre um Dia Qualquer
Melhor Direção: Diego Muller, por Cortejo Negro
Melhor Roteiro: Jansen Raveira, por Como Comer um Elefante
Melhor Ator: Rafael Sieg, por Cortejo Negro
Melhor Atriz: Julia Stockler, por Sobe, Sofia
Melhor Fotografia: Fernando Vanelli, por Cortejo Negro
Melhor Montagem: Alexandre Taira, por Laurita
Melhor Concepção sonora: Pedro Jorge, por A Vermelha Luz Do Bandido
Melhor Trilha musical: Livio Tragtenberg, por Menino Aranha
Melhor Direção de arte: Guilherme Pacheco, por Sobre um Dia Qualquer
Prêmio especial do júri: Minha Tia, Meu Primo
Menção honrosa: Elétrico Jardim da Escuridão
Melhor Primeiro Plano: Elétrico Jardim da Escuridão
Melhor Filme pelo Júri Popular: Calango Lengo – Morte e Vida Sem Ver Água
Incentivo Primeiro Plano 2: Firma
Melhor Filme pelo Júri Popular: Firma
Prêmio José Sette: Pé na Estrada

Outras Edições

Bibliografia

Internet:

PRIMEIRO PLANO. http://www.primeiroplano.art.br

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.