Sérgio Sanz

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Biografia

Sérgio Sanz começou no cinema como assistente de direção de Rui Guerra com quem fez O cavalo de Oxumaré, Os cafajestes, Os Fuzis e Os Deuses Mortos. Ainda como assistente de direção, trabalhou com diretores como Paulo César Sarraceni, Fernando Campos e Flávio Tambeline.

Trabalhou como montador na série “Cantos de trabalho” de Leon Hirshmam, “Cruz e Sousa” de Marco Faria, Os Deuses Mortos de Rui Guerra e Ladrões de Cinema de Fernando Coni Campos.

Foi premiado com medalha de prata no Festival Internacional de Filmes de Publicidade, Nova York.

Ganhou o prêmio Estácio de Sá, concedido pelo governo do Estado do Rio de Janeiro por sua relevância no cinema brasileiro.

Dirigiu entre outros o documentário “Caminho das Onças” e recebeu os prêmios, Kikito de Ouro, melhor filme 16mm em Gramado, no festival de Vitória Prêmio Especial do Júri e em Recife Melhor Montagem.

Atualmente é professor da Universidade Gama Filho, Escola de Cinema Darcy Ribeiro e da Escola de Teatro Martins Penna, terminou de realizar o documentário de longa-metragem “SOLDADO de DEUS” revisão critica do movimento Integralista Brasileiro (Premio especial do júri no Festival do Rio de Janeiro).

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

2008 :: Devoção
2004 :: Soldado de Deus
1997 :: Vitalino e o alto do Moura
1997 :: O caminho das onças
1995 :: Antônio de todos os santos
1993 :: Do mulungu ao tiridá
1990 :: Teatro de rua
1989 :: Eh, boi
1979 :: Suely
1979 :: Guaruba e os mágicos
1979 :: Guaruba e a fogueira
1974 :: Álbum de música
1968 :: Alcântara – cidade morta
1963 :: Aldeia

:: Filmografia como Montador ::

1978 :: Na boca do mundo
1977 :: Ladrões de cinema
1975 :: Cantos de trabalho
1970 :: Deuses mortos, de Rui Guerra

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

1977 :: Ladrões de cinema

:: Filmografia como assistente de direção ::

1962 :: Porto das Caixas, de Paulo César Sarraceni
■ Gimba, de Flávio Rangel, 1962
■ Os cafajestes, de Rui Guerra, 1962
■ Cavalo de Oxumaré, de Rui Guerra
Ainda na atividade cinematográfica
■ Fundador e Presidente da Associação Brasileira de Documentaristas
■ Presidente do Sated (Sindicato de artistas e Técnicos em Espetáculos de diversões do Rio de Janeiro)
■ Diretor do Centro Técnico Audiovisual – CTAV/Minc
■ Membro do Conselho de Liberdade de Expressão
■ Representante de artistas e técnicos na Comissão de Assessoramento à Constituinte
■ Presidente da ABRACI (Associação Brasileira de Documentaristas), 2007/2008

:: Filmografia como Ator ::

1962 :: Porto das Caixas

Na atividade de professor e educador
Diretor e professor da Escola de Teatro Martins Penna
Universidade Gama Filho
Escola de Cinema Darcy Ribeiro

Prêmios

Premiações
■ Soldado de Deus
– Melhor Direção no Festival de Paraty 2005
– Melhor montagem Jornada de Cinema da Bahia
– Prêmio especial do júri no Festival do RIO
■ Caminho das onças (média-metragem)
– Kikito de Ouro, melhor filme 16mm no Festival de Gramado
– Prêmio Especial do Júri no Festival de Vitória
– Melhor Montagem no Festival de Recife.
■ Aldeia
– Prêmio especial do Júri no Festival Oberhausen (Alemanha)

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

ALMEIDA, Paulo Sérgio; OLIVEIRA, José Maria de. (org.). Quem é Quem no Cinema. Rio de Janeiro: Iluminuras, 2003.

Internet:

http://www.filmeb.com.br/ – Filme B – Brasil

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.