35mm Arquivo

  • Desenho animado apresentando os 17 orixás do panteão dos deuses africanos.

    A Ceia dos Orixás (1980)

    Desenho animado apresentando os 17 orixás do panteão dos deuses africanos.

    Continue Lendo...

  • Desenho animado ecológico que pretende contribuir para a reflexão e discussão das questões que preocupam a humanidade.

    Imagine (1992)

    Desenho animado ecológico que pretende contribuir para a reflexão e discussão das questões que preocupam a humanidade.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><em>Asdrúbal</em> é o varredor do Zoológico, o Faz-Tudo. Um dia, quando alimentava os perus, percebeu que um deles falava. A partir daí, sua vida se transforma, pois resolve explorar o peru visando ao lucro próprio. O peru, com o tempo, alcança grande popularidade, impedindo Asdrúbal de viver sua calma de antes.</p>

    Asdrúbal, O que há com seu peru? (1978)

    Asdrúbal é o varredor do Zoológico, o Faz-Tudo. Um dia, quando alimentava os perus, percebeu que um deles falava. A partir daí, sua vida se transforma, pois resolve explorar o peru visando ao lucro próprio. O peru, com o tempo, alcança grande popularidade, impedindo Asdrúbal de viver sua calma de antes.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A ação se passa na Espanha em 1850. Trata-se da história de um carrasco sádico que executava os prisioneiros de um castelo espanhol; os infelizes, muitas vezes inocentes, eram jogados numa masmorra infecta e submetidos às mais ignóbeis torturas. No final, o carrasco recebe o seu castigo: é obrigado a executar, com os mesmos requintes de sadismo que empregava com os outros prisioneiros, o seu próprio filho.</p>

    Como Deus Castiga (1919)

    A ação se passa na Espanha em 1850. Trata-se da história de um carrasco sádico que executava os prisioneiros de um castelo espanhol; os infelizes, muitas vezes inocentes, eram jogados numa masmorra infecta e submetidos às mais ignóbeis torturas. No final, o carrasco recebe o seu castigo: é obrigado a executar, com os mesmos requintes de sadismo que empregava com os outros prisioneiros, o seu próprio filho.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O cotidiano de um jovem casal em que cada parceiro busca, por caminhos diferentes e contraditórios, compreender o sentido da vida.</p>

    Bela e Galhofeira (1998)

    O cotidiano de um jovem casal em que cada parceiro busca, por caminhos diferentes e contraditórios, compreender o sentido da vida.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Zé é um paraibano que, como muitos, vai para o Rio de Janeiro ver de perto a imagem de um grande sonho: Ipanema, praia, mulheres bonitas, vida fácil. Assim que chega, ele logo se dá conta das dificuldades de sobrevivência no grande centro. Vai morar na periferia junto com Zé Preto, um amigo, e outros nordestinos que trabalham em obras e fábricas. Mas o nosso Zé tem talento, é esperto e sua ambição não cabe em um barraco de subúrbio. Pertence à linhagem de heróis picarescos e, como um novo Macunaíma, vai vencendo os obstáculos do percurso na metrópole. Camelô, falso mendigo, candidato em concurso de calouros, ele se vira. A vida é uma festa e ele nem percebe a aflição do amigo, ameaçado de desemprego. Um dia, Zé encontra o amor. Branca é uma linda jovem cega, a quem ele salva de um atropelamento. Ela o enfeitiça com sua beleza, pureza e ingenuidade - desperta o seu lado bom escondido. Mas Branca desaparece e ele continua se consumindo nas praias da zona sul até encontrar Débora, uma fotógrafa profissional, com quem vai viver uma relação séria. Os sonhos de José se realizam enfim, mas ele se separa de Débora não só por se sentir dominado por ela mas sobretudo por ter reencontrado Branca. O reencontro com Branca e a partida da fotógrafa para os Estados Unidos colocam nosso herói em um conflito; é a hora de uma decisão definitiva em sua vida. Aventuras de um paraíba é a história de um homem rumo ao seu destino, sua busca e seu encontro com a maturidade.</p>

    Aventuras de um Paraíba (1983)

    Zé é um paraibano que, como muitos, vai para o Rio de Janeiro ver de perto a imagem de um grande sonho: Ipanema, praia, mulheres bonitas, vida fácil. Assim que chega, ele logo se dá conta das dificuldades de sobrevivência no grande centro. Vai morar na periferia junto com Zé Preto, um amigo, e outros nordestinos que trabalham em obras e fábricas. Mas o nosso Zé tem talento, é esperto e sua ambição não cabe em um barraco de subúrbio. Pertence à linhagem de heróis picarescos e, como um novo Macunaíma, vai vencendo os obstáculos do percurso na metrópole. Camelô, falso mendigo, candidato em concurso de calouros, ele se vira. A vida é uma festa e ele nem percebe a aflição do amigo, ameaçado de desemprego. Um dia, Zé encontra o amor. Branca é uma linda jovem cega, a quem ele salva de um atropelamento. Ela o enfeitiça com sua beleza, pureza e ingenuidade - desperta o seu lado bom escondido. Mas Branca desaparece e ele continua se consumindo nas praias da zona sul até encontrar Débora, uma fotógrafa profissional, com quem vai viver uma relação séria. Os sonhos de José se realizam enfim, mas ele se separa de Débora não só por se sentir dominado por ela mas sobretudo por ter reencontrado Branca. O reencontro com Branca e a partida da fotógrafa para os Estados Unidos colocam nosso herói em um conflito; é a hora de uma decisão definitiva em sua vida. Aventuras de um paraíba é a história de um homem rumo ao seu destino, sua busca e seu encontro com a maturidade.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Um cantor, às voltas com os bandos de um agente chantagista e de um paraibano que o acusa de ter desonrado sua filha, foge nos mais diversos transportes, de São Paulo para a Argentina, até escapar da situação.</p>

    Agnaldo, perigo à vista (1969)

    Um cantor, às voltas com os bandos de um agente chantagista e de um paraibano que o acusa de ter desonrado sua filha, foge nos mais diversos transportes, de São Paulo para a Argentina, até escapar da situação.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Adaptação do romance de <strong>Helena Jobim</strong>, as histórias de três mulheres e as fortes lembranças da infância e da figura paterna. Uma tem uma vida frustrante com o marido, a outra tem um casamento vazio e opressor e a terceira escolheu a fuga da realidade, na tentativa de sobreviver.</p>

    Fonte da Saudade (1986)

    Adaptação do romance de Helena Jobim, as histórias de três mulheres e as fortes lembranças da infância e da figura paterna. Uma tem uma vida frustrante com o marido, a outra tem um casamento vazio e opressor e a terceira escolheu a fuga da realidade, na tentativa de sobreviver.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O jovem Marcelo, no Rio de Janeiro, evita o trabalho e a escola e, ao lado de um amigo, procura flertes inconseqüentes. Ameaçados pelo pai do primeiro, funcionário público, os dois tentam fugir de casa mas à beira da Rio-São Paulo decidem retornar à tranqüilidade da vida classe média. Aos 16 anos, Marcelo é um jovem cheio de vitalidade e terrivelmente inquieto. Bom coração, rebelde sem causa aparente, leva a vida na flauta. Nas salas de aula, travesso e enganador, perde-se na conversa miúda, no flerte e no desinteresse. Filho de funcionário público, cheio de método e organização, é uma dor de cabeça permanente para o pai sisudo. Assimilou muitos macetes e um deles é a queda para a paquera. O herói travesso tem um amigo da mesma idade e de condição social mais alta, amigo do peito que aceita a liderança de Marcelo, embora tenha formação e temperamento diferentes. Arrasta-o para todos os cantos e convoca uma namoradinha para o companheiro, já que Marcelo tem a dele. Depois de alegres e inocentes aventuras que revela nos dois companheiros o anseio de liberdade total, o pai ameaça Marcelo com um doce castigo: o trabalho sob tutela, na mesma repartição. Mas o desejo de emancipação desencadeia o sinistro plano de fuga em direção do Eldorado paulista. Dedo em riste, à beira da Rio-São Paulo, lá estarão os dois, madrugada adentro, à espera de uma carona. Porém, na última hora resolvem voltar para os seus lares.</p>

    Marcelo Zona Sul (1970)

    O jovem Marcelo, no Rio de Janeiro, evita o trabalho e a escola e, ao lado de um amigo, procura flertes inconseqüentes. Ameaçados pelo pai do primeiro, funcionário público, os dois tentam fugir de casa mas à beira da Rio-São Paulo decidem retornar à tranqüilidade da vida classe média. Aos 16 anos, Marcelo é um jovem cheio de vitalidade e terrivelmente inquieto. Bom coração, rebelde sem causa aparente, leva a vida na flauta. Nas salas de aula, travesso e enganador, perde-se na conversa miúda, no flerte e no desinteresse. Filho de funcionário público, cheio de método e organização, é uma dor de cabeça permanente para o pai sisudo. Assimilou muitos macetes e um deles é a queda para a paquera. O herói travesso tem um amigo da mesma idade e de condição social mais alta, amigo do peito que aceita a liderança de Marcelo, embora tenha formação e temperamento diferentes. Arrasta-o para todos os cantos e convoca uma namoradinha para o companheiro, já que Marcelo tem a dele. Depois de alegres e inocentes aventuras que revela nos dois companheiros o anseio de liberdade total, o pai ameaça Marcelo com um doce castigo: o trabalho sob tutela, na mesma repartição. Mas o desejo de emancipação desencadeia o sinistro plano de fuga em direção do Eldorado paulista. Dedo em riste, à beira da Rio-São Paulo, lá estarão os dois, madrugada adentro, à espera de uma carona. Porém, na última hora resolvem voltar para os seus lares.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Repórter de TV acha, casualmente, nos <em>Achados e Perdidos</em> do metrô, uma carta de amor endereçada a uma mulher, há mais de 50 anos. Investiga sua trajetória real e improvável, desencadeando uma série de acontecimentos imprevistos e revelando uma estória cheia de sentimentos esquecidos.</p>

    Achados e Perdidos (2002)

    Repórter de TV acha, casualmente, nos Achados e Perdidos do metrô, uma carta de amor endereçada a uma mulher, há mais de 50 anos. Investiga sua trajetória real e improvável, desencadeando uma série de acontecimentos imprevistos e revelando uma estória cheia de sentimentos esquecidos.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Na construção de uma São Paulo que <em>crescia desafiando as nuvens</em>, um trabalhador cai de um andaime e, à beira da morte, pede ao filho que trilhe o caminho da <em>honestidade, do trabalho e da honradez</em>. O filho, no entanto, prefere se tornar um vagabundo, e tudo faz para tornar-se presidiário e com isso garantir meios de sobrevivência. A ação é, involuntariamente, impedida pelos outros. Quando finalmente decide <em>tornar-se digno pelo trabalho</em>, o vagabundo cai nas mãos da polícia e é preso sob falsa acusação de roubo.</p>

    Fragmentos da vida (1929)

    Na construção de uma São Paulo que crescia desafiando as nuvens, um trabalhador cai de um andaime e, à beira da morte, pede ao filho que trilhe o caminho da honestidade, do trabalho e da honradez. O filho, no entanto, prefere se tornar um vagabundo, e tudo faz para tornar-se presidiário e com isso garantir meios de sobrevivência. A ação é, involuntariamente, impedida pelos outros. Quando finalmente decide tornar-se digno pelo trabalho, o vagabundo cai nas mãos da polícia e é preso sob falsa acusação de roubo.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Filmado em 1963 e montado no início de 1964, Maioria Absoluta dá voz aos analfabetos, mostra as condições de vida dos camponeses impedidos de votar e denuncia a desigualdade social no país. Com o advento do golpe militar, o documentário ficou proibido até 1980, período em que foi exibido fora do Brasil.</p>

    Maioria absoluta (1964)

    Filmado em 1963 e montado no início de 1964, Maioria Absoluta dá voz aos analfabetos, mostra as condições de vida dos camponeses impedidos de votar e denuncia a desigualdade social no país. Com o advento do golpe militar, o documentário ficou proibido até 1980, período em que foi exibido fora do Brasil.

    Continue Lendo...

Página 1 de 1312345...10...Última »