Cinema Arquivo

  • <p style="text-align: justify;">Filme em tons comi-trágicos, que conta a história do Walter, um aposentado que já não sabe mais conviver com a solidão e vê no suicídio, a única saída. Já sua vizinha, a também solitária Vera, deseja conhecer o Walter, pois tem a esperança que ele seja seu último companheiro.</p>

    Walter do 402 (2016)

    Filme em tons comi-trágicos, que conta a história do Walter, um aposentado que já não sabe mais conviver com a solidão e vê no suicídio, a única saída. Já sua vizinha, a também solitária Vera, deseja conhecer o Walter, pois tem a esperança que ele seja seu último companheiro.

    Continue Lendo...

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse Quem […]

    LIVRO – O Caçador de Diamantes de Vittorio Capellaro

    Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Sinopse Dados Técnicos Sinopse Quem […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">São Paulo, 1978. Três chapas disputam a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, o maior da América Latina, com 300.000 associados, e presidido por um <em>pelego</em>, desde o golpe militar de 1964. Em meio à eleições, eclodem as primeiras greves operárias que iriam mudar o país. <strong>Braços Cruzados Máquinas Paradas</strong> revela, em narrativa envolvente, como funciona a estrutura sindical brasileira, de inspiração fascista. É também o primeiro documentário de longa-metragem sobre as chamadas <em>greves espontâneas</em>, ocorridas em São Paulo, 10 anos após a decretação do AI-5. Tais greves, que culminaram em um amplo movimento social que traria de volta a democracia ao país, estão na base dos acontecimentos que levaram à eleição do primeiro presidente operário da América Latina.</p>

    Braços cruzados, Máquinas paradas (1979)

    São Paulo, 1978. Três chapas disputam a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, o maior da América Latina, com 300.000 associados, e presidido por um pelego, desde o golpe militar de 1964. Em meio à eleições, eclodem as primeiras greves operárias que iriam mudar o país. Braços Cruzados Máquinas Paradas revela, em narrativa envolvente, como funciona a estrutura sindical brasileira, de inspiração fascista. É também o primeiro documentário de longa-metragem sobre as chamadas greves espontâneas, ocorridas em São Paulo, 10 anos após a decretação do AI-5. Tais greves, que culminaram em um amplo movimento social que traria de volta a democracia ao país, estão na base dos acontecimentos que levaram à eleição do primeiro presidente operário da América Latina.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">14ª Edição do <strong>Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades</strong>, um festival de cinema voltado exclusivamente para cineastas estreantes, em seus primeiros filmes como diretores, o evento foi realizado no <strong>Cinearte Palace</strong>, entre os dias 26 e 31 de outubro de 2015.</p>

    Primeiro Plano 2015 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades

    14ª Edição do Primeiro Plano – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades, um festival de cinema voltado exclusivamente para cineastas estreantes, em seus primeiros filmes como diretores, o evento foi realizado no Cinearte Palace, entre os dias 26 e 31 de outubro de 2015.

    Continue Lendo...

  • Histórico Bibliografia Histórico O Cinema Vitória ficava no último trecho da rua Itabaianinha, em Aracaju/Sergipe, onde hoje é o prédio das Lojas Americanas. Dos cinemas do centro foi o primeiro […]

    Cinema Vitória – Aracaju – SE

    Histórico Bibliografia Histórico O Cinema Vitória ficava no último trecho da rua Itabaianinha, em Aracaju/Sergipe, onde hoje é o prédio das Lojas Americanas. Dos cinemas do centro foi o primeiro […]

    Continue Lendo...

  • Sinopse Sinopse Organizado por Lara Amorim e Fernando Trevas, a publicação reúne textos de seis autores que refletem sobre a produção superoitista, o cinema direto na Paraíba e o contexto […]

    LIVRO – Cinema e Memória: o Super-8 na Paraíba nos anos 1970 e 1980

    Sinopse Sinopse Organizado por Lara Amorim e Fernando Trevas, a publicação reúne textos de seis autores que refletem sobre a produção superoitista, o cinema direto na Paraíba e o contexto […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Este livro traça um panorama das políticas públicas para o setor audiovisual, com ênfase nas políticas cinematográficas, dos anos 1990 até 2010. Nesse período, o cinema nacional passou por grandes mudanças, oscilando entre a crise profunda e momentos de incontida euforia. Analisando os períodos de reconstrução, consolidação e reavaliação do modelo estatal, o autor oferece um panorama rico e atual sobre o tema.</p>

    LIVRO – Cinema Brasileiro a partir da retomada: aspectos econômicos e políticos

    Este livro traça um panorama das políticas públicas para o setor audiovisual, com ênfase nas políticas cinematográficas, dos anos 1990 até 2010. Nesse período, o cinema nacional passou por grandes mudanças, oscilando entre a crise profunda e momentos de incontida euforia. Analisando os períodos de reconstrução, consolidação e reavaliação do modelo estatal, o autor oferece um panorama rico e atual sobre o tema.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Atualmente, vemos com mais frequência estudos sobre história e cinema. Contudo, vale reforçar que a pesquisa encontrada neste livro, sobre o diretor de cinema <strong>Humberto Mauro</strong> (1897-1983), foi resultado de estudos de um historiador e cinéfilo, <strong>Eduardo Morettin</strong>, que analisa filmes com uma perspectiva histórica desde a década de 1980.</p>

    LIVRO – Humberto Mauro, Cinema, História

    Atualmente, vemos com mais frequência estudos sobre história e cinema. Contudo, vale reforçar que a pesquisa encontrada neste livro, sobre o diretor de cinema Humberto Mauro (1897-1983), foi resultado de estudos de um historiador e cinéfilo, Eduardo Morettin, que analisa filmes com uma perspectiva histórica desde a década de 1980.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Joaquim, Dico, Davi, Paulo César (PC) e Geraldo: cinco amigos que formam um grupo musical que tenta a sorte nos Estados Unidos, em meio à onda de esperança que surge graças à repercussão mundial da bossa nova. Em Nova York, Joaquim conhece a bela Glória, outra brasileira em busca de um lugar ao sol, e se interessa por ela, mas nunca deixa de lado a lembrança da esposa Luiza, que ficou no Brasil, grávida, e que ele ama verdadeiramente.</p>
<p style="text-align: justify;">A publicação do roteiro de <strong>Os Desafinados</strong> dá início à <em>Coleção 24 Quadros</em>, dirigida por <strong>Luiz Carlos Lacerda</strong>, através da qual a <strong>Giostri Editora</strong> pretende apresentar ao público o cinema brasileiro através de livros que tratem da produção cinematográfica nacional antiga e moderna.</p>

    LIVRO – Os Desafinados

    Joaquim, Dico, Davi, Paulo César (PC) e Geraldo: cinco amigos que formam um grupo musical que tenta a sorte nos Estados Unidos, em meio à onda de esperança que surge graças à repercussão mundial da bossa nova. Em Nova York, Joaquim conhece a bela Glória, outra brasileira em busca de um lugar ao sol, e se interessa por ela, mas nunca deixa de lado a lembrança da esposa Luiza, que ficou no Brasil, grávida, e que ele ama verdadeiramente.

    A publicação do roteiro de Os Desafinados dá início à Coleção 24 Quadros, dirigida por Luiz Carlos Lacerda, através da qual a Giostri Editora pretende apresentar ao público o cinema brasileiro através de livros que tratem da produção cinematográfica nacional antiga e moderna.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Coletânea de textos do blog homônimo, escrito por <strong>Marcelo Ikeda</strong>, reunidos em comemoração aos dez anos de sua criação. No blog, Ikeda desenvolve uma concepção muito particular da crítica de cinema, como uma relação afetiva que entrecruza cinema e vida. O livro abrange aspectos do cinema contemporâneo e do cinema contemporâneo brasileiro, com textos sobre realizadores e filmes de períodos diversos, combinando crítica cinematográfica, análise fílmica e história do cinema.</p>

    LIVRO – Cinecasulofilia

    Coletânea de textos do blog homônimo, escrito por Marcelo Ikeda, reunidos em comemoração aos dez anos de sua criação. No blog, Ikeda desenvolve uma concepção muito particular da crítica de cinema, como uma relação afetiva que entrecruza cinema e vida. O livro abrange aspectos do cinema contemporâneo e do cinema contemporâneo brasileiro, com textos sobre realizadores e filmes de períodos diversos, combinando crítica cinematográfica, análise fílmica e história do cinema.

    Continue Lendo...

  • LIVRO – Alegorias do Subdesenvolvimento: cinema novo, tropicalismo, cinema marginal

    Continue Lendo...

  • Evento Selecionados Edições Anteriores Galeria Evento Selecionados >> Selecionados << EventoEdições Anteriores >> Edições Anteriores Primeiro Plano 2015 – Festival de Cinema de Juiz de Fora Primeiro Plano 2014 – […]

    Primeiro Plano 2014 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades

    Evento Selecionados Edições Anteriores Galeria Evento Selecionados >> Selecionados << EventoEdições Anteriores >> Edições Anteriores Primeiro Plano 2015 – Festival de Cinema de Juiz de Fora Primeiro Plano 2014 – […]

    Continue Lendo...

Página 1 de 512345