Cinema Arquivo

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Histórico Histórico O Cine Rio […]

    Cinema Rio Branco – Nazaré das Farinhas – BA

    Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Histórico Histórico O Cine Rio […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Numa época em que são travados inúmeros debates sobre os espaços públicos destinados à sociabilidade, parece oportuno refletir sobre a habitação de memórias e espaços comuns das cidades. E é nesse contexto que se encontra o conteúdo do livro <strong>Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: <em>memórias do Cine São Luiz</em></strong>.</p>

    LIVRO – Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: memórias do Cine São Luiz

    Numa época em que são travados inúmeros debates sobre os espaços públicos destinados à sociabilidade, parece oportuno refletir sobre a habitação de memórias e espaços comuns das cidades. E é nesse contexto que se encontra o conteúdo do livro Os Cinemas de Rua de Juiz de Fora: memórias do Cine São Luiz.

    Continue Lendo...

  • Your ads will be inserted here byEasy Plugin for AdSense.Please go to the plugin admin page toPaste your ad code OR Suppress this ad slot. Histórico Galeria Bibliografia Histórico Os […]

    Cine-Theatro Ideal – Rio de Janeiro – RJ

    Histórico Galeria Bibliografia Histórico Os quatro sobrados que compunham originalmente o Cinema Ideal foram construídos em 1905 pelo construtor Miguel Bruno, a mando de seu proprietário, o Visconde de Moraes. […]

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cinema Oriente</strong> foi uma sala de cinema de rua Dr. Alfredo Barcelos, nº 705, no bairro de Olaria, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ).</p>

    Cine-Theatro Oriente – Rio de Janeiro – RJ

    Cinema Oriente foi uma sala de cinema de rua Dr. Alfredo Barcelos, nº 705, no bairro de Olaria, na Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ).

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">O pintor <strong>Juarez Paraíso</strong> descreve a montagem de painéis na entrada do <strong>Cinema Tupi</strong>, em Salvador, explicando o seu significado.</p>

    Paraiso, Juarez (1971)

    O pintor Juarez Paraíso descreve a montagem de painéis na entrada do Cinema Tupi, em Salvador, explicando o seu significado.

    Continue Lendo...

  • Cinema Elegante – Rio de Janeiro – RJ

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cinema Santa Cecília</strong> foi uma sala de cinema de rua localizada na rua Itabira, nº 87 (depois nº 123) no bairro de Brás de Pina, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro (RJ). Foi inaugurado no ano de 1937.</p>

    Cinema Santa Cecília – Rio de Janeiro – RJ

    Cinema Santa Cecília foi uma sala de cinema de rua localizada na rua Itabira, nº 87 (depois nº 123) no bairro de Brás de Pina, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro (RJ). Foi inaugurado no ano de 1937.

    Continue Lendo...

  • Histórico Galeria Histórico Galeria >> Galeria << Histórico

    Cinema Vera Cruz – Aracaju – SE

    Histórico Galeria Histórico Galeria >> Galeria << Histórico

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cinema Guarany</strong> era uma sala de cinema localizada na rua Estância, esquina com Avenida Pedro Calazans, na cidade de Aracaju (SE).</p>

    Cinema Guarany – Aracaju – SE

    Cinema Guarany era uma sala de cinema localizada na rua Estância, esquina com Avenida Pedro Calazans, na cidade de Aracaju (SE).

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Filme em tons comi-trágicos, que conta a história do Walter, um aposentado que já não sabe mais conviver com a solidão e vê no suicídio, a única saída. Já sua vizinha, a também solitária Vera, deseja conhecer o Walter, pois tem a esperança que ele seja seu último companheiro.</p>

    Walter do 402 (2016)

    Filme em tons comi-trágicos, que conta a história do Walter, um aposentado que já não sabe mais conviver com a solidão e vê no suicídio, a única saída. Já sua vizinha, a também solitária Vera, deseja conhecer o Walter, pois tem a esperança que ele seja seu último companheiro.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Quem se apressar em dizer que o primeiro roteiro teria sido Ouro Branco se esquece que esse era apenas um relato jornalístico. <strong>O caçador de diamantes</strong>, ao contrário, embora seja o segundo cronologicamente, é realmente um roteiro, com <em>Scenas</em> e <em>Quadros</em> - nossos atuais <em>seqüências e planos</em>. Descreve posição de câmera, marca a atuação do atores - um roteiro, enfim. Este volume é uma raridade, mesmo para quem não é estudioso de cinema.</p>

    LIVRO – O Caçador de Diamantes de Vittorio Capellaro

    Quem se apressar em dizer que o primeiro roteiro teria sido Ouro Branco se esquece que esse era apenas um relato jornalístico. O caçador de diamantes, ao contrário, embora seja o segundo cronologicamente, é realmente um roteiro, com Scenas e Quadros - nossos atuais seqüências e planos. Descreve posição de câmera, marca a atuação do atores - um roteiro, enfim. Este volume é uma raridade, mesmo para quem não é estudioso de cinema.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">São Paulo, 1978. Três chapas disputam a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, o maior da América Latina, com 300.000 associados, e presidido por um <em>pelego</em>, desde o golpe militar de 1964. Em meio à eleições, eclodem as primeiras greves operárias que iriam mudar o país. <strong>Braços Cruzados Máquinas Paradas</strong> revela, em narrativa envolvente, como funciona a estrutura sindical brasileira, de inspiração fascista. É também o primeiro documentário de longa-metragem sobre as chamadas <em>greves espontâneas</em>, ocorridas em São Paulo, 10 anos após a decretação do AI-5. Tais greves, que culminaram em um amplo movimento social que traria de volta a democracia ao país, estão na base dos acontecimentos que levaram à eleição do primeiro presidente operário da América Latina.</p>

    Braços cruzados, Máquinas paradas (1979)

    São Paulo, 1978. Três chapas disputam a direção do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, o maior da América Latina, com 300.000 associados, e presidido por um pelego, desde o golpe militar de 1964. Em meio à eleições, eclodem as primeiras greves operárias que iriam mudar o país. Braços Cruzados Máquinas Paradas revela, em narrativa envolvente, como funciona a estrutura sindical brasileira, de inspiração fascista. É também o primeiro documentário de longa-metragem sobre as chamadas greves espontâneas, ocorridas em São Paulo, 10 anos após a decretação do AI-5. Tais greves, que culminaram em um amplo movimento social que traria de volta a democracia ao país, estão na base dos acontecimentos que levaram à eleição do primeiro presidente operário da América Latina.

    Continue Lendo...

Página 1 de 712345...Última »