RJ Arquivo

  • <p style="text-align: justify;">Um pivete encontra uma prostituta e um jovem marginal. Afeto e solidariedade nascem entre eles. Passam a morar juntos e vivem de pequenos golpes, liderados por um marginal experiente que programa um grande assalto. A polícia frustra parcialmente os planos e mata a prostituta. Os dois pivetes continuam a vida pela ponte Rio-Niterói.</p>

    Marcados para Viver (1976)

    Um pivete encontra uma prostituta e um jovem marginal. Afeto e solidariedade nascem entre eles. Passam a morar juntos e vivem de pequenos golpes, liderados por um marginal experiente que programa um grande assalto. A polícia frustra parcialmente os planos e mata a prostituta. Os dois pivetes continuam a vida pela ponte Rio-Niterói.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Durante os festejos de Carnaval, Rodolfo cede aos encantos de Alice - melhor amiga de sua esposa - e vão ao grande baile à fantasia do cassino, enquanto Nina acredita que seu marido estaria de plantão no hospital. Ao retornar, já de manhã, encontra a esposa a sua espera. Esta conta-lhe que estava tendo um pesadelo: sonhava que o marido a enganava com outra... Rodolfo agasta, despertando suspeitas da ingênua esposa, que passa a aferir o assunto. Um vestígio é encontrado por ela: marca de rouge. Discutem e passam a dormir separados. Nesta situação é que D. Aurora vai encontrá-los. Depois de falar com a filha, quer ouvir o genro. Recrimina-o sinceramente e Rodolfo promete pedir perdão, providenciando um anel de brilhante. Mas a sogra, muito astuta descobre o nome da 'outra'. D. Aurora desejosa em falar com Alice não percebe quando Nina inesperada interrompe o diálogo. As duas amigas discutem. A esposa traída, promete vingar-se do marido, no que será auxiliada pela mãe. Lulu que durante o baile de carnaval flertara com Iracema (a criada), ajudará a despertar ciúmes em Rodolfo. Depois de uma boa briga com o falso 'rival', a paz volta a reinar.</p>

    Direito de Pecar (1940)

    Durante os festejos de Carnaval, Rodolfo cede aos encantos de Alice - melhor amiga de sua esposa - e vão ao grande baile à fantasia do cassino, enquanto Nina acredita que seu marido estaria de plantão no hospital. Ao retornar, já de manhã, encontra a esposa a sua espera. Esta conta-lhe que estava tendo um pesadelo: sonhava que o marido a enganava com outra... Rodolfo agasta, despertando suspeitas da ingênua esposa, que passa a aferir o assunto. Um vestígio é encontrado por ela: marca de rouge. Discutem e passam a dormir separados. Nesta situação é que D. Aurora vai encontrá-los. Depois de falar com a filha, quer ouvir o genro. Recrimina-o sinceramente e Rodolfo promete pedir perdão, providenciando um anel de brilhante. Mas a sogra, muito astuta descobre o nome da 'outra'. D. Aurora desejosa em falar com Alice não percebe quando Nina inesperada interrompe o diálogo. As duas amigas discutem. A esposa traída, promete vingar-se do marido, no que será auxiliada pela mãe. Lulu que durante o baile de carnaval flertara com Iracema (a criada), ajudará a despertar ciúmes em Rodolfo. Depois de uma boa briga com o falso 'rival', a paz volta a reinar.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">É o relato da vida acidentada e por vezes trágica de D. Luiz XII que comanda com mão de ferro, mas geralmente com muito amor e compreensão, os nove habitantes de seu universo, uma pensão num velho prédio que relembre o Rio de Janeiro de antigamente. As fantasias dessas personagens que circundam entre as minúcias de seu trabalho de conserto de peças antigas de relojoaria e sua amizade, à beira do desvario, por um jovem chamado Pig, envolvem sete lindas mulheres que querem se afirmar na vida de alguma maneira, parte delas à custa de sacrifícios, e uma senhora que se nutre das ilusões de um dia poder voltar aos seus grandes momentos como atriz de teatro de revista.</p>

    Estranhas Relações (1983)

    É o relato da vida acidentada e por vezes trágica de D. Luiz XII que comanda com mão de ferro, mas geralmente com muito amor e compreensão, os nove habitantes de seu universo, uma pensão num velho prédio que relembre o Rio de Janeiro de antigamente. As fantasias dessas personagens que circundam entre as minúcias de seu trabalho de conserto de peças antigas de relojoaria e sua amizade, à beira do desvario, por um jovem chamado Pig, envolvem sete lindas mulheres que querem se afirmar na vida de alguma maneira, parte delas à custa de sacrifícios, e uma senhora que se nutre das ilusões de um dia poder voltar aos seus grandes momentos como atriz de teatro de revista.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.</p>

    Ana, a Libertina (1975)

    Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Carlos, executivo bem sucedido, casado e pai de três filhos, resolve abandonar a poluição da vida moderna no Rio de Janeiro e parte para Porto Seguro, na Bahia, com a idéia de recomeçar sua vida como pescador. De todas as mulheres que convida para acompanhá-lo, inclusive a própria esposa, Helena, a única que aceita é Gilda, jovem livre e sem preconceitos. Mas quando chegam a Porto Seguro, ela tenta convencê-lo de que aquele é um belo lugar para um grande empreendimento imobiliário, e que ele deve retomar suas funções de empresário.</p>

    Ipanema, adeus (1975)

    Carlos, executivo bem sucedido, casado e pai de três filhos, resolve abandonar a poluição da vida moderna no Rio de Janeiro e parte para Porto Seguro, na Bahia, com a idéia de recomeçar sua vida como pescador. De todas as mulheres que convida para acompanhá-lo, inclusive a própria esposa, Helena, a única que aceita é Gilda, jovem livre e sem preconceitos. Mas quando chegam a Porto Seguro, ela tenta convencê-lo de que aquele é um belo lugar para um grande empreendimento imobiliário, e que ele deve retomar suas funções de empresário.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cine Carioca</strong> era uma sala de cinema localizada na Praça Saens Pena, no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. O edifício se mantém praticamente sem alterações desde o fim da sala de cinema. Foi inaugurado a 23 de março de 1941 possuindo mais de 1.000 lugares e fechado como cinema provavelmente no início dos anos 2000.</p>

    Cine Carioca – Rio de Janeiro – RJ

    Cine Carioca era uma sala de cinema localizada na Praça Saens Pena, no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. O edifício se mantém praticamente sem alterações desde o fim da sala de cinema. Foi inaugurado a 23 de março de 1941 possuindo mais de 1.000 lugares e fechado como cinema provavelmente no início dos anos 2000.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;"><strong>Cine-Theatro Phenix</strong> foi uma sala de espatáculos localizada na rua Barão de São Gonçalo, nº 63 (posteriormente, a rua passou a ser chamada de Avenida Almirante Barroso) no Rio de Janeiro (RJ). Funcionou entre 26 de fevereiro de 1914 a 10 de julho de 1932.</p>

    Cine-Theatro Phenix – Rio de Janeiro – RJ

    Cine-Theatro Phenix foi uma sala de espatáculos localizada na rua Barão de São Gonçalo, nº 63 (posteriormente, a rua passou a ser chamada de Avenida Almirante Barroso) no Rio de Janeiro (RJ). Funcionou entre 26 de fevereiro de 1914 a 10 de julho de 1932.

    Continue Lendo...

  • Cinema Elegante – Rio de Janeiro – RJ

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">A <em>Escola de Samba Unidos de Vila Isabel</em> entra na avenida no carnaval de 1965. Por meio de texto construído a partir de declarações de um dos fundadores da escola, <strong>Antônio Fernandes da Silveira</strong>, o <strong><em>China</em></strong>, é possível conhecer um pouco da vida de alguns moradores do <em>Morro do Pau da Bandeira</em> no Rio de Janeiro. A preparação para o carnaval: a pesquisa para o tema, a construção dos carros alegóricos, os ensaios, o samba-enredo. A presença crescente da comunidade. Com o enredo <em>Rio Epopeia do Teatro Municipal</em> a escola sobe para o grupo especial do carnaval carioca.</p>

    Nossa Escola de Samba (1965)

    A Escola de Samba Unidos de Vila Isabel entra na avenida no carnaval de 1965. Por meio de texto construído a partir de declarações de um dos fundadores da escola, Antônio Fernandes da Silveira, o China, é possível conhecer um pouco da vida de alguns moradores do Morro do Pau da Bandeira no Rio de Janeiro. A preparação para o carnaval: a pesquisa para o tema, a construção dos carros alegóricos, os ensaios, o samba-enredo. A presença crescente da comunidade. Com o enredo Rio Epopeia do Teatro Municipal a escola sobe para o grupo especial do carnaval carioca.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Uma história de conflitos e contrastes com endereço certo, na confluência dos bairros cariocas de Ipanema e Leblon. Ali, frente a frente, convivem categorias sociais opostas. De um lado, o quarteirão proletário da Cruzada São Sebastião. Do outro, apartamentos ocupados pela alta classe média da Zona Sul do Rio de Janeiro.</p>

    Jardim de Alah (1989)

    Uma história de conflitos e contrastes com endereço certo, na confluência dos bairros cariocas de Ipanema e Leblon. Ali, frente a frente, convivem categorias sociais opostas. De um lado, o quarteirão proletário da Cruzada São Sebastião. Do outro, apartamentos ocupados pela alta classe média da Zona Sul do Rio de Janeiro.

    Continue Lendo...

  • <strong>Carmen Miranda</strong> é uma pequena do rádio, toda <em>sex-appeal</em> que se deixa enamorar pelos estudantes, pelos seus encantos e pelas suas canções, que a <em>Pequena Notável</em> interpreta com toda a brejeirice. <strong>Mesquitinha</strong> e <strong>Barbosa Júnior</strong> são os apaixonados... E <strong>Carmen Miranda</strong>, que gosta do estudante <strong>Mário Reis</strong>, näo quer desiludir os dois, proporcionando-lhes momentos de alegria e... comédia. As declarações de ambos são gozadíssimas.

    Estudantes (1935)

    Carmen Miranda é uma pequena do rádio, toda sex-appeal que se deixa enamorar pelos estudantes, pelos seus encantos e pelas suas canções, que a Pequena Notável interpreta com toda a brejeirice. Mesquitinha e Barbosa Júnior são os apaixonados... E Carmen Miranda, que gosta do estudante Mário Reis, näo quer desiludir os dois, proporcionando-lhes momentos de alegria e... comédia. As declarações de ambos são gozadíssimas.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Fugitivo de um hospital psiquiátrico - advogado, divorciado com filhos e, também, vendedor de colchões - conta o seu drama pessoal num botequim, desde o dia em que se viu desempregado, na véspera do Ano Novo. Vivendo num claustrofóbico conjugado em Copacabana, o personagem mantém como única ligação com o mundo exterior as notícias dadas regularmente por um repórter da televisão, permanentemente ligada. Diante do aparelho - em que a realidade ultrapassa a ficção - , o drama do personagem compete com os filmes e reportagens exibidos na TV. Ele vivencia diversos estados de espírito, mergulhado na mais completa solidão. Essa animosidade homem X televisão aumenta, progressivamente, e estado de depressão do advogado que, diversas vezes, tenta o suicídio. No entanto, a paixão platônica por uma estrela da TV e o prêmio de um grande sorteio de final de ano fazem com que a vida do personagem se modifique radicalmente.</p>

    O lado certo da vida errada (1996)

    Fugitivo de um hospital psiquiátrico - advogado, divorciado com filhos e, também, vendedor de colchões - conta o seu drama pessoal num botequim, desde o dia em que se viu desempregado, na véspera do Ano Novo. Vivendo num claustrofóbico conjugado em Copacabana, o personagem mantém como única ligação com o mundo exterior as notícias dadas regularmente por um repórter da televisão, permanentemente ligada. Diante do aparelho - em que a realidade ultrapassa a ficção - , o drama do personagem compete com os filmes e reportagens exibidos na TV. Ele vivencia diversos estados de espírito, mergulhado na mais completa solidão. Essa animosidade homem X televisão aumenta, progressivamente, e estado de depressão do advogado que, diversas vezes, tenta o suicídio. No entanto, a paixão platônica por uma estrela da TV e o prêmio de um grande sorteio de final de ano fazem com que a vida do personagem se modifique radicalmente.

    Continue Lendo...

Página 1 de 1812345...10...Última »