Sexo Arquivo

  • <p style="text-align: justify;">Um pivete encontra uma prostituta e um jovem marginal. Afeto e solidariedade nascem entre eles. Passam a morar juntos e vivem de pequenos golpes, liderados por um marginal experiente que programa um grande assalto. A polícia frustra parcialmente os planos e mata a prostituta. Os dois pivetes continuam a vida pela ponte Rio-Niterói.</p>

    Marcados para Viver (1976)

    Um pivete encontra uma prostituta e um jovem marginal. Afeto e solidariedade nascem entre eles. Passam a morar juntos e vivem de pequenos golpes, liderados por um marginal experiente que programa um grande assalto. A polícia frustra parcialmente os planos e mata a prostituta. Os dois pivetes continuam a vida pela ponte Rio-Niterói.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Quatro perigosos assassinos, Profeta, Gringo, Cafeta e Laguna, escapam de um presídio e são caçados implacavelmente sob o comando de Caco, um grande conhecedor da região. Os presidiários invadem um hotel com violência assassina, matando e violentando mulheres e fugindo em seguida. Ao mesmo tempo, Patrícia, uma jovem milionária, resolve aderir ao Projeto de Integração que sua faculdade desenvolve no interior. O pequeno avião em que ela viaja sofre uma pane, caindo exatamente na região onde se encontram os fugitivos. Ela fica, então, à mercê do bando, que resolve levá-la como refém na fuga e, ao mesmo tempo, com a intenção de exigir uma grande soma de seus pais. Mas Patrícia é surpreendida por Gringo banhando-se nua na cachoeira e é por ele estuprada com requintes de violência. Os acontecimentos se sucedem até que os fugitivos são alcançados por Caco, travando-se, então, uma luta de morte.</p>

    Passaporte para o Inferno (1977)

    Quatro perigosos assassinos, Profeta, Gringo, Cafeta e Laguna, escapam de um presídio e são caçados implacavelmente sob o comando de Caco, um grande conhecedor da região. Os presidiários invadem um hotel com violência assassina, matando e violentando mulheres e fugindo em seguida. Ao mesmo tempo, Patrícia, uma jovem milionária, resolve aderir ao Projeto de Integração que sua faculdade desenvolve no interior. O pequeno avião em que ela viaja sofre uma pane, caindo exatamente na região onde se encontram os fugitivos. Ela fica, então, à mercê do bando, que resolve levá-la como refém na fuga e, ao mesmo tempo, com a intenção de exigir uma grande soma de seus pais. Mas Patrícia é surpreendida por Gringo banhando-se nua na cachoeira e é por ele estuprada com requintes de violência. Os acontecimentos se sucedem até que os fugitivos são alcançados por Caco, travando-se, então, uma luta de morte.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Jovem foge do casamento e vai morar com milionário numa casa de praia. Mas é violentada enquanto o amante mantinha um caso com outra garota.</p>

    A Mulher Serpente e a Flor (1983)

    Jovem foge do casamento e vai morar com milionário numa casa de praia. Mas é violentada enquanto o amante mantinha um caso com outra garota.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Uma jovem da alta sociedade decide rifar-se a si mesma a fim de conseguir dinheiro para concluir a construção de um hospital, obra social a que se dedicara. Tira uma fotografia despida, manda fazer diversas cópias, que são numeradas e vendidas. O plano, inicialmente, estava previsto para limitar-se às pessoas de sua intimidade, sendo adotadas diversas providências para que a fotografia não fosse vista de um círculo limitado. Mas aquelas providências resultam insatisfatórias e, em pouco tempo, a rifa ultrapassa os limites sob controle de sua promotora. O fato se torna o principal assunto da cidade e as fotos-rifas são vendidas, e adquiridas vorazmente, em toda parte na rua, nas Universidades, escritórios, lojas. A jovem vê-se de repente em sérias dificuldades, mas consegue livrar-se de todas e, finalmente, concluir a construção do hospital.</p>

    Rifa-se uma mulher (1969)

    Uma jovem da alta sociedade decide rifar-se a si mesma a fim de conseguir dinheiro para concluir a construção de um hospital, obra social a que se dedicara. Tira uma fotografia despida, manda fazer diversas cópias, que são numeradas e vendidas. O plano, inicialmente, estava previsto para limitar-se às pessoas de sua intimidade, sendo adotadas diversas providências para que a fotografia não fosse vista de um círculo limitado. Mas aquelas providências resultam insatisfatórias e, em pouco tempo, a rifa ultrapassa os limites sob controle de sua promotora. O fato se torna o principal assunto da cidade e as fotos-rifas são vendidas, e adquiridas vorazmente, em toda parte na rua, nas Universidades, escritórios, lojas. A jovem vê-se de repente em sérias dificuldades, mas consegue livrar-se de todas e, finalmente, concluir a construção do hospital.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.</p>

    Ana, a Libertina (1975)

    Ana ao saber que seu marido Raul a trai com um amigo comum, João Paulo, passa a ter encontros amorosos com estranhos e conhecidos. Ela é encontrada assassinada em seu apartamento e o delegado Jorge, amigo da família, passa a investigar o crime. É feito um levantamento de sua vida pregressa e de suas relações: Raul, João Paulo, Britta, uma contrabandista, a vizinha que a odiava, o marginal Nove Horas, o porteiro do prédio, clientes eventuais e até o próprio delegado. Todos apresentam álibis mas também motivos para cometer o crime. Os suspeitos começam a se eliminar entre si, até que o porteiro, após ingerir veneno, e às portas da morte, confessa-se culpado pelo crime, cometido por paixão.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Tânia, 17 anos, estudante, filha de família conservadora, entrega-se a Pedrinho, seu namorado, na garçoniére dele. Perde a virgindade, para o desespero dos pais, que descobrem tudo através da prima de Tânia, Wanda. Namora depois o fotógrafo de modas Osvaldo, mas a família exige o casamento com Pedrinho. Tudo arranjado, na hora da cerimônia aparece Osvaldo provando ter-se casado com Tânia no civil três dias antes.</p>

    A penúltima Donzela (1969)

    Tânia, 17 anos, estudante, filha de família conservadora, entrega-se a Pedrinho, seu namorado, na garçoniére dele. Perde a virgindade, para o desespero dos pais, que descobrem tudo através da prima de Tânia, Wanda. Namora depois o fotógrafo de modas Osvaldo, mas a família exige o casamento com Pedrinho. Tudo arranjado, na hora da cerimônia aparece Osvaldo provando ter-se casado com Tânia no civil três dias antes.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Helen é uma tenista profissional, usando o esporte como válvula de escape para seu problema: é lésbica, mas não se aceita nessa condição. Seus maiores amigos são Rick e Sheila, os dois apaixonados por ela, apesar de Sheila nunca ter confessado o seu amor. A partir de uma conversa mais franca com Rick, Helen procura um médico para "curar-se de seu desvio", aceitando um tratamento rigorosíssimo, mas que, ainda assim, só garante 80 por cento de probabilidade de cura. Numa manhã, correndo no Parque Ibirapuera, a tenista encontra Sheila, a quem conta sobre o seu lesbianismo e o tratamento. Sheila diz que a ama e que se mataria se ela se curasse. Helen procura Rick e lhe conta sobre o seu tratamento, garantindo-lhe que, quando estivesse pronta para o relacionamento com um homem, ele seria o seu parceiro. Sheila, pela decepção com Helen e não suportando mais o tenso ambiente familiar, se mata. Rick vai para Nova York e deixa uma carta para Helen em que afirma que não suporta mais ficar a seu lado sem tê-la. Helen, sozinha num parque, está prestes a se matar quando alguém lhe pede um cigarro. É Lucy. Começam a se relacionar mais intimamente, apesar do medo de Lucy, que tem uma vida largada por ter passado por uma grande frustração amorosa. O idílio é intenso, mas se interrompe com a morte de Lucy, consumida pelo câncer. Helen, desesperada, se mata.</p>

    As Amantes de Helen (1981)

    Helen é uma tenista profissional, usando o esporte como válvula de escape para seu problema: é lésbica, mas não se aceita nessa condição. Seus maiores amigos são Rick e Sheila, os dois apaixonados por ela, apesar de Sheila nunca ter confessado o seu amor. A partir de uma conversa mais franca com Rick, Helen procura um médico para "curar-se de seu desvio", aceitando um tratamento rigorosíssimo, mas que, ainda assim, só garante 80 por cento de probabilidade de cura. Numa manhã, correndo no Parque Ibirapuera, a tenista encontra Sheila, a quem conta sobre o seu lesbianismo e o tratamento. Sheila diz que a ama e que se mataria se ela se curasse. Helen procura Rick e lhe conta sobre o seu tratamento, garantindo-lhe que, quando estivesse pronta para o relacionamento com um homem, ele seria o seu parceiro. Sheila, pela decepção com Helen e não suportando mais o tenso ambiente familiar, se mata. Rick vai para Nova York e deixa uma carta para Helen em que afirma que não suporta mais ficar a seu lado sem tê-la. Helen, sozinha num parque, está prestes a se matar quando alguém lhe pede um cigarro. É Lucy. Começam a se relacionar mais intimamente, apesar do medo de Lucy, que tem uma vida largada por ter passado por uma grande frustração amorosa. O idílio é intenso, mas se interrompe com a morte de Lucy, consumida pelo câncer. Helen, desesperada, se mata.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Lenita, ressentida da morte do pai e herdeira de grande fortuna, escreve ao Coronel Barbosa, velho amigo da família, pedindo-lhe para passar uma temporada em sua fazenda. O Coronel responde-lhe imediatamente. Na fazenda, Lenita é tomada por fortes e constantes lembranças do pai que aos poucos a abatem. Mantém contato com a natureza e sente nascer dentro de si um desejo sexual, tão poderoso, que foge ao seu controle. Vive neste clima até que, numa conversa com o Coronel, ele lhe conta que seu filho Augusto está para chegar. A idéia do encontro com Augusto traz novo ânimo a Lenita. Ela espera encontrar em Augusto o homem culto e educado de que o Coronel lhe falara. Porém, quando ele chega, está bêbado e não parece cortêz. Insatisfeita e decepcionada, Lenita retira-se para seu quarto cheia de rancor. No outro dia, com a mesma sensação, enquanto caminha pela fazenda é gentilmente surpreendida por Augusto, que lhe consquista a simpatia. A partir deste momento, começa a nascer um grande amor. Apesar de amá-la, Augusto se retrae do contato íntimo com Lenita, pois mesmo separado da esposa, continua casado. Recea também do Coronel, que considera Lenita como uma neta. Lenita não aceita esta situação e numa noite, procura Augusto em seu quarto, seduzindo-o. Mas o romance aos poucos é interrompido. Lenita, grávida, abandona a fazenda durante a ausência de Augusto, que ao voltar encontra sua carta comunicando que ela se casaria com outro. Oficialmente seu filho teria outro pai. Augusto, descrente do amor de Lenita, descrente da esposa, farto do mundo e enjoado até de sim, não se interessa por mais nada e acaba se suicidando.</p>

    A Carne (1975)

    Lenita, ressentida da morte do pai e herdeira de grande fortuna, escreve ao Coronel Barbosa, velho amigo da família, pedindo-lhe para passar uma temporada em sua fazenda. O Coronel responde-lhe imediatamente. Na fazenda, Lenita é tomada por fortes e constantes lembranças do pai que aos poucos a abatem. Mantém contato com a natureza e sente nascer dentro de si um desejo sexual, tão poderoso, que foge ao seu controle. Vive neste clima até que, numa conversa com o Coronel, ele lhe conta que seu filho Augusto está para chegar. A idéia do encontro com Augusto traz novo ânimo a Lenita. Ela espera encontrar em Augusto o homem culto e educado de que o Coronel lhe falara. Porém, quando ele chega, está bêbado e não parece cortêz. Insatisfeita e decepcionada, Lenita retira-se para seu quarto cheia de rancor. No outro dia, com a mesma sensação, enquanto caminha pela fazenda é gentilmente surpreendida por Augusto, que lhe consquista a simpatia. A partir deste momento, começa a nascer um grande amor. Apesar de amá-la, Augusto se retrae do contato íntimo com Lenita, pois mesmo separado da esposa, continua casado. Recea também do Coronel, que considera Lenita como uma neta. Lenita não aceita esta situação e numa noite, procura Augusto em seu quarto, seduzindo-o. Mas o romance aos poucos é interrompido. Lenita, grávida, abandona a fazenda durante a ausência de Augusto, que ao voltar encontra sua carta comunicando que ela se casaria com outro. Oficialmente seu filho teria outro pai. Augusto, descrente do amor de Lenita, descrente da esposa, farto do mundo e enjoado até de sim, não se interessa por mais nada e acaba se suicidando.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Sentindo-se abandonada e usada por Gilberto, seu marido, Analú devolve-lhe a aliança, rompendo a relação. Resolve, então, ir de carro refugiar-se em Ubatuba. Num bar da estrada, conhece Fernanda que lhe oferece sua casa, já que não há vagas nos hotéis da cidade. Daí nasce uma relação amorosa entre as duas. Tudo ocorre muito bem, no início; mas depois, Fernanda mostra-se muito ciumenta. Isso provoca uma série de desentendimentos e brigas entre as duas. Gilberto, afinal, consegue localizar Analú em casa de Fernanda. O encontro dos três é muito desagradável. Depois que Gilberto sai, já sabendo de tudo, Analú decide fugir. Aproveitara a madrugada, enquanto Fernanda dorme. Mas esta percebe a fuga e sai de carro em sua perseguição. Chegando em São Paulo, Analú tranca-se em casa a chave para que Fernanda não entre. Não percebe, no entanto, que Gilberto, escondido, destranca a porta. Fernanda entra, armada de canivete. Ameaçada, Analú mata Fernanda. Os vizinhos acordam com o tiro e Analú mente, dizendo-lhes não conhecer aquela mulher, afirmando ser ela uma assaltante. Gilberto, o único a saber a verdade, chantageia Analú, obrigando-a voltar para ele. Ela aceita, recolocando a aliança no dedo.</p>

    As Intimidades de Analú e Fernanda (1980)

    Sentindo-se abandonada e usada por Gilberto, seu marido, Analú devolve-lhe a aliança, rompendo a relação. Resolve, então, ir de carro refugiar-se em Ubatuba. Num bar da estrada, conhece Fernanda que lhe oferece sua casa, já que não há vagas nos hotéis da cidade. Daí nasce uma relação amorosa entre as duas. Tudo ocorre muito bem, no início; mas depois, Fernanda mostra-se muito ciumenta. Isso provoca uma série de desentendimentos e brigas entre as duas. Gilberto, afinal, consegue localizar Analú em casa de Fernanda. O encontro dos três é muito desagradável. Depois que Gilberto sai, já sabendo de tudo, Analú decide fugir. Aproveitara a madrugada, enquanto Fernanda dorme. Mas esta percebe a fuga e sai de carro em sua perseguição. Chegando em São Paulo, Analú tranca-se em casa a chave para que Fernanda não entre. Não percebe, no entanto, que Gilberto, escondido, destranca a porta. Fernanda entra, armada de canivete. Ameaçada, Analú mata Fernanda. Os vizinhos acordam com o tiro e Analú mente, dizendo-lhes não conhecer aquela mulher, afirmando ser ela uma assaltante. Gilberto, o único a saber a verdade, chantageia Analú, obrigando-a voltar para ele. Ela aceita, recolocando a aliança no dedo.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Uma mulher forte, um marido fraco, uma filha entre os dois. Com este estranho triângulo desenvolve-se estranha e curiosa estória da vida secreta de cada qual. Principalmente entre mãe e filha instala-se furiosa disputa por homens, pois a mãe sempre acha desejáveis e desfrutáveis os namorados que a filha consegue. O marido, por sua vez, afunda-se em seu único desejo e prazer, o voyeurismo, a satisfação de ser o eterno espectador do amor, nunca o participante. Admira todas as mulheres da casa na prática sexual, a própria mulher, a filha e as empregadas. Poderia com tal situação esperar desenrolar e desfecho dramático, mas isso não acontece. Trata-se de gente civilizada e de bom tom e quando as pessoas são civilizadas tudo sempre acaba bem nesse melhor dos mundos.</p>

    Mulher Tentação (1982)

    Uma mulher forte, um marido fraco, uma filha entre os dois. Com este estranho triângulo desenvolve-se estranha e curiosa estória da vida secreta de cada qual. Principalmente entre mãe e filha instala-se furiosa disputa por homens, pois a mãe sempre acha desejáveis e desfrutáveis os namorados que a filha consegue. O marido, por sua vez, afunda-se em seu único desejo e prazer, o voyeurismo, a satisfação de ser o eterno espectador do amor, nunca o participante. Admira todas as mulheres da casa na prática sexual, a própria mulher, a filha e as empregadas. Poderia com tal situação esperar desenrolar e desfecho dramático, mas isso não acontece. Trata-se de gente civilizada e de bom tom e quando as pessoas são civilizadas tudo sempre acaba bem nesse melhor dos mundos.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Fernando e Ana Maria são aparentemente um casal feliz. Mas, há algum tempo, Fernando vem sofrendo com problemas de origem psicossomática que resultaram na perda de sua capacidade sexual. Depois de se submeter em vão a diversos tratamentos, Fernando não vê solução para o problema. Não querendo desfazer seu casamento e não admitindo que a esposa possa viver castamente ao seu lado, propõe que ela arranje um amante. Cientes dos perigos que tal decisão poderia resultar, decidem escolher uma pessoa que, sem saber do problema, satisfaça as necessidades sexuais de Ana Maria. A escolha recai sobre Hugo, um advogado recém-formado, que depois de alguns encontros acaba se apaixonando por Ana Maria. Quando descobre que está sendo utilizado pelo casal, Hugo fica indignado e resolve encerrar a farsa. Mas Ana Maria o demove da idéia, participando-lhe sua gravidez. A felicidade de Hugo e Ana chega ao fim com a morte de Ana durante o parto.</p>

    Liberdade Sexual (1979)

    Fernando e Ana Maria são aparentemente um casal feliz. Mas, há algum tempo, Fernando vem sofrendo com problemas de origem psicossomática que resultaram na perda de sua capacidade sexual. Depois de se submeter em vão a diversos tratamentos, Fernando não vê solução para o problema. Não querendo desfazer seu casamento e não admitindo que a esposa possa viver castamente ao seu lado, propõe que ela arranje um amante. Cientes dos perigos que tal decisão poderia resultar, decidem escolher uma pessoa que, sem saber do problema, satisfaça as necessidades sexuais de Ana Maria. A escolha recai sobre Hugo, um advogado recém-formado, que depois de alguns encontros acaba se apaixonando por Ana Maria. Quando descobre que está sendo utilizado pelo casal, Hugo fica indignado e resolve encerrar a farsa. Mas Ana Maria o demove da idéia, participando-lhe sua gravidez. A felicidade de Hugo e Ana chega ao fim com a morte de Ana durante o parto.

    Continue Lendo...

  • <p style="text-align: justify;">Miriam e Ana moram no mesmo prédio mas não são amigas. Miriam, reprimida pela mãe, sublima suas neuroses na pintura; Ana, de vida sexual livre e casada com um homem machista, sente o casamento como uma prisão. Miriam é seduzida pelo homem que toma conta dos negócios da família e é rechaçada pela mãe. Ana, reencontrando um antigo namorado, envergonha-se com a cena de ciúmes do marido. Ambas humilhadas, as duas mulheres terminam por matar seus detratores. Ao se encontrarem, mentem sobre suas vidas, como sempre fizeram.</p>

    Meus Homens, Meus Amores (1978)

    Miriam e Ana moram no mesmo prédio mas não são amigas. Miriam, reprimida pela mãe, sublima suas neuroses na pintura; Ana, de vida sexual livre e casada com um homem machista, sente o casamento como uma prisão. Miriam é seduzida pelo homem que toma conta dos negócios da família e é rechaçada pela mãe. Ana, reencontrando um antigo namorado, envergonha-se com a cena de ciúmes do marido. Ambas humilhadas, as duas mulheres terminam por matar seus detratores. Ao se encontrarem, mentem sobre suas vidas, como sempre fizeram.

    Continue Lendo...

Página 1 de 612345...Última »