Tainá 2 – A Aventura Continua (2004)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Agora uma pré-adolescente, a indiazinha se divide entre o enfrentamento dos bandidos e a atenção para com a pequenina Catiti, de seis anos, que foge da aldeia querendo imitar Tainá como protetora do meio ambiente. A garotinha sonha encontrar seu xerimbabo, bichinho de estimação.

A pequenina índia Catiti (Arilene Rodrigues) anda pela floresta seguindo e imitando Tainá (Eunice Baía), hoje uma linda e corajosa adolescente. Elas inutilizam as armadilhas dos traficantes de espécimes raros e, durante suas aventuras, encontram Carlito (Vitor Morosini), garoto da cidade à procura de seu cachorrinho perdido, que Catiti resgata e quer adotar como seu xerimbabo (bichinho de estimação), pois todas as crianças da aldeia têm um, com exceção de Catiti.

Quando a quadrilha se apodera dos xerimbabos da aldeia, todas as crianças devem esquecer as diferenças de cultura e temperamento para socorrer os cativos e se unirem sob a liderança de Tainá.

A franquia infantil é uma das mais populares do país. Tainá – Uma Aventura na Amazônia, de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch, foi vista por 853 mil espectadores e contabilizou R$ 3 milhões de bilheteria em 2001.

Este segundo filme da franquia, Tainá – A Aventura Continua, de Mauro Lima, teve 788 mil espectadores e renda de R$ 4,6 milhões em 2005.

O final da trilogia será dirigido por Michael Ruman (montador de “Eliana em O Segredo dos Golfinhos”).

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.