Tato Gabus Mendes

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Biografia

Luís Otávio Gabus Mendes, em arte mais conhecido como Tato Gabus Mendes, é um ator brasileiro nascido em São Paulo no dia 22 de dezembro de 1959.

É neto de Octávio Gabus Mendes, filho do autor de telenovelas Cassiano Gabus Mendes, sobrinho do ator Luis Gustavo e irmão do também ator Cássio Gabus Mendes. É casado com a designer Mariana da Silva Telles, e é pai de Pedro Gabus Mendes e Luisa Gabus Mendes.

Sua estreia na televisão foi na novela Ti Ti Ti (85), autoria de seu pai, interpretando Alex, um dos filhos de Jacques Leclair (Reginaldo Faria). Depois faz a versão original de Sinhá Moça (86), como José, um jovem que se apaixona pela escrava Adelaide.

Mais tarde trabalharia nas novelas de seu pai, como Brega e Chique (87), como Maurício e Que Rei Sou Eu? (89), como Pichot/Lucien, sendo este seu primeiro papel de maior impacto e repercussão, fazendo par com Cláudia Abreu (Juliette). Seguiu-se outros trabalhos como Perigosas Peruas (92), como o atrapalhado Paulinho Pamonha e O Mapa da Mina (93), como Raul Gouveia. Além dessas novelas, fez Fera Radical (88), como Paxá, e Mico Preto (90), como Adolfo, filho de Áurea (Márcia Real).

Em 1994, fez outro de seus melhores sucessos, a novela Quatro por Quatro (94), como o hipocondríaco Alcebíades, mais conhecido como Alce. Seu personagem inicialmente fez par com Auxiliadora (Elizabeth Savala), e esta descobre que ele a traiu com Elisa Maria (Lizandra Souto). Depois fez a novela O Fim do Mundo (96), como Vadeco, e mais tarde, fez três novelas ao lado de Betty Lago: O Amor Está no Ar (97), como Filipe, Pecado Capital (98), como Valdir e Uga Uga (2000), como Anísio.

Em 2002, faz pela primeira vez uma novela de Antônio Calmon, O Beijo do Vampiro (2002), como o hilário Bartô, fazendo par com Betty Gofman (Amélie) e contracenando pela primeira vez com seu tio Luis Gustavo (Galileu), ambos interpretando pai e filho na trama. Logo, em 2004, faz a minissérie Um Só Coração (2004), como Paulo Prado, e a novela Como Uma Onda (2004), como o mulherengo Pedroca do Espírito Santo, e em 2006, em dose dupla pela segunda vez, faz a minissérie JK (2006), como Júlio Soares e Páginas da Vida (2006), como Leandro, filho de Tide (Tarcísio Meira) e Lalinha (Glória Menezes).

Em 2008, em dose dupla pela terceira vez, faz a minissérie Queridos Amigos (2008), como Fernando, e Três Irmãs (2008), como Orlando, fazendo par com Beth Goulart (Leonora). Depois faz o remake de Ti Ti Ti (2010), como Breno Rodrigues, e em seguida, fez O Astro (2011), como o inescrupuloso Amin Hayalla, casado com Jamile (Carolina Kasting), mas que tem um caso com a amante Silvia (Bel Kutner). Em 2012, esteve no sucesso Cheias de Charme, como o vilão Dr. Sarmento.

Em 2013, esteve em Sangue Bom, como Franklin Cardoso.

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/tato-gabus-mendes/

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.