Tem piranha no Garimpo (1979)

Sinopse

Abandonada pelo noivo, Jandira entra numa profunda crise emocional. Querendo superar a falta do noivo, aceita o convite do pai para juntos tentarem a sorte num garimpo. Príncipe, o chefe do garimpo, não permite a entrada de mulheres no local, apesar de manter em sua casa a amante Ana, uma jovem muito bonita. Os garimpeiros, fortes e jovens, explodem de satisfação quando Jandira consegue de Príncipe a autorização para abrir uma boate de mulheres no Puxa-Faca, um garimpo vizinho. Zé Bodega espalha a notícia para os companheiros, mas a boate só pode ser freqüentada pelos homens de Príncipe. Não suportando mais a falta de mulheres, os garimpeiros do Puxa-Faca decidem invadir a boate e seqüestrá-las. Ajudado por seus homens, Príncipe rechaça os invasores depois de um violento combate. Vitoriosa como empresária de mulheres, Jandira acaba conquistando Príncipe que abandona sua amante, deixando-a disponível para os garimpeiros.

Elenco

Spencer, Kátia
Lúcia, Vera
Espósito, Maria Alba
Costa, Bianchina Della
Franco, Maria José
Carolina, Nadir
Rocha, Helen
Lacerda, Marlene
Paiva, Mara
Malú
Líbano, Príncipe do
Bazam, Isnard
Africano, Leão
Cavalcanti, Black
Teixeira, Laudelino
Vedovato, José
Dornelles, Carlos
Raimundo, Milton
Nelson, Tedy
Irmãos da Estrada
Anão Pichilinga
Martins, Marta
Luzia, Lucy
Fumanchu
Metralha
Duende
David
Belo
Cigano
Neves
Africano, Leão
Antonielo
Sol, Filho do
Bueno, Syllas

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Tem piranha no Garimpo (1979) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: José Vedovato
Argumento: Vedovato, José; Afonso, Kleber
Produção: Coutinho, Álvaro
Direção de produção: Vedovato, José
Direção de fotografia: Fantin, Euclides
Câmera: Fantin, Euclides; Calhado, Raul
Fotografia de cena: Bazam, Isnard
Chefe eletricista: Barreto, João
Maquinista: Silva, Edson
Técnico de som: Oliveira, Benedito de; Santos, Eduardo dos; Ventura, Jorge
Montagem: Cavalcanti, Black
Contra-regra/acessórios de cenografia: Teixeira, Laudelino
Companhia Produtora: Dali Produções Cinematográficas
Companhias Distribuidoras: Brasil Internacional Cinematográfica | U.C.B. – União Cinematográfica Brasileira S.A.

Dados adicionais de música
Título da música: Irmãos da estrada
Intérprete(s): Cavalcanti, Black

Locação: Rio Guarau, Cajati, SP

Bibliografia

Fontes utilizadas:

Guia de Filmes, 79
O Estado de S. Paulo, 25.03.1979

Fontes consultadas:
ACPJ/II
Press-release
Jornal do Brasil, 25.03.1979
ALSN/DFB-LM

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Tem piranha no Garimpo. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/tem-piranha-no-garimpo/

Observações:

O Estado de S. Paulo de 25.03.1979 aponta outro nome para a companhia produtora, Dali Produções Cinematográficas, e para Cleber Afonso aponta Kleber Afonso. No elenco também grafa alguns nomes de forma diferente: pata Bianchine Della Costa aponta Bianchina Della Costa; para Lucy Luzia aponta Luci Luzia e para Ted Nelson aponta Tedy Nelson. Para o elenco inclui ainda: Duende; Antonielo; Metralha; Fumanchu; Ramos – o cigano; Filho do Sol; Neves; Isnard Bazan e Belo – o carrasco português. Informa que Irmãos da Estrada é um dupla sertaneja. Por fim indica que o lançamento ocorreu a 26.03.1979 no Cine Paissandú (Sala Independência), no Cine Belas Artes-Centro 2 e circuito.

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.