Torre (2017)

Sinopse

Quatro irmãos, filhos de Virgílio Gomes da Silva, o primeiro desaparecido político da ditadura militar brasileira, relatam suas infâncias durante o regime.

Em 2018, o filme Torre, dirigido por Nádia Mangolini, foi selecionado para a programação da Mostra Competitiva de Curtas-metragens Brasileiros na 46º Festival de Cinema de Gramado.

Elenco

Isabel Gomes da Silva
Gregório Gomes da Silva
Virgílio Gomes da Silva Filho
Vladimir Gomes da Silva

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Torre que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Nádia Mangolini
Roteiro: Gustavo Vinagre
Produção Executiva: Heitor Franulovic, Nádia Mangolini e Paulo Serpa
Direção de Arte: Pedro Fraz e Rafael Coutinho
Trilha Musical: Dudu Tsuda
Trilha Sonora Original: Dudu Tsuda
Montagem: Lia Kulakauskas
Desenho de Som: Miriam Birdeman e Ricardo Reis Chuí
Empresa Produtora: Estúdio Teremim e Meus Russos

Brasil | SP | 19 min. | 2017

Bibliografia

Livros:

Internet:

46º FESTIVAL DE CINEMA DE GRAMADO. Disponível no endereço: http://www.festivaldegramado.net/. Acesso em: 10 de agosto de 2018.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Torre. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/torre/

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.