Três Minutos (1999)

Sinopse

Três minutos. O tempo de passar o bastão e correr 1600 metros. De cozinhar um ovo. O tempo de tomar uma decisão que pode mudar a sua vida, antes que caia a ficha.

Uma Produção da Casa de Cinema PoA.

Elenco

Lisa Becker …. Marília
Werner Schünemann …. Voz do Mágico, português
Sérgio Lulkin …. Voz do Mágico, inglês

Ficha Técnica

Direção: Ana Luiza Azevedo
Produção Executiva: Nora Goulart e Luciana Tomasi
Roteiro: Jorge Furtado
Direção de Fotografia: Alex Sernambi
Direção de Arte: Fiapo Barth
Música: Leo Henkin
Montagem: Giba Assis Brasil
Direção de produção: Denise Garcia
Figurino: Rosangela Cortinhas
Assistente de direção: Daniel Merel
Produção de arte: Pierre Olivé
Operador de steadicam: Silvano Guglioimoni
Músicos: Hique Gomez e Celau Moreira
Edição de som: André Oliveira
Mixagem: José Luiz Sasso
1º Assistente de câmara: Juliano Lopes Fortes
2º Assistente de câmara: Adinam Lopes
Assistente de figurino: Lica Stein
Assistentes de produção: Márcio Schoenardie e Marne Pereira
Fotógrafo de cena: Carlos Gerbase
Pintura do trailer: Walter Paquistanês
Eletricistas: Melissandro Bitencourt
/ Guilhermer Kroeff
Assistente de eletricista: Alexandre Antunes
Geradorista: Paulo Silva da Silveira
Cenógrafo: Cláudio Costa
Assistente de cenografia: Giovani Pituca
Estágiários: Betânia Furtado
/ Paula Coelho
/ Gustavo Türck
/ Luiz Eduardo Bom Queiroz
Motoristas: Rogério Almeida da Silva
Alemão Edson
Lelo Almeida

FORNECEDORES
Transporte: Pró Set
Película: Kodak Eastmancolor
Laboratório de imagem: Curt-Alex
Montagem em Video Machine: Cooperativa de Vídeo
Conformação em Avid: Arquitetura de Cinema (SP)
Estúdio de música: Atendimento e Produção
Edição de som e mixagem: JLS Facilidades Sonoras

FINANCIAMENTO
6º Prêmio Iecine (1997-98) / Convênio Governo RS – APTC
Produção: Casa de Cinema de Porto Alegre

HISTÓRICO
Filmado em Porto Alegre, de 01 a 03 de dezembro de 1998.
Pré-estréia na Sala P.F.Gastal, 23 de junho de 1999. 23/06/1999

Prêmios

6º Prêmio Iecine (Governo do Estado/RS), 1997-98: Apoio à Produção.

27º Festival de Gramado, Cinema Latino e Brasileiro, 1999: Prêmio Especial do Júri de Curtas Gaúchos.

10º Festival Internacional de Curtas-metragens de São Paulo, 1999: Destaque do Júri Popular (entre os 10 filmes mais votados), Seleção Do Espaço Unibanco

7º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá, 1999: Melhor Direção de Arte

6º Vitória Cine Vídeo, 1999: Melhor Filme de Ficção e Melhor Direção de Arte

32º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, 1999: Melhor Filme de Curta Metragem

1º Grande Prêmio Cinema Brasil (Ministério da Cultura), 2000: Prêmio Humberto Mauro para o Melhor Curta-metragem

53º Festival de Cinema de Cannes, França, 2000: Único curta brasileiro selecionado para a competição oficial.

8º Festival de Capalbio (Itália), 2001: Prêmio Haibun para a melhor idéia criativa.

Integrante da Mostra “Os 30 Clássicos do Curta Brasileiro na Década de 90”, a partir de seleção feita por personalidades do cinema do país.

Bibliografia

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.