Vânia Catani

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More
Print Friendly, PDF & Email

Biografia

Vânia Catani é uma produtora brasileira nascida em Montes Claros, cidade do interior de Minas Gerais, no ano de 1963. Como produtora, sua carreira nesse setor despontou na década de 90. À frente da Bananeira Filmes desde 1997.

Vânia Catani debutou na produção de longas-metragens em Outras Estórias, longa de estréia do jornalista Pedro Bial. O universo do filme, a obra do mestre Guimarães Rosa, é extremamente familiar para Vânia Catani, pois Guimarães foi o tradutor do homem do sertão mineiro. Outras Estórias levou esse universo para as telas de cinema com sensibilidade por Bial, revelando-se também uma produção cuidadosa.

Antes desse longa, Vânia Catani e Pedro Bial consolidaram premiada parceria com a série de documentários Os Nome do Rosa, uma produção exibida na GNT e indicada para o Emmy Awards 98. O longa, uma adaptação de cinco contos do livro “Primeiras Estórias”, derivou dessa bem-sucedida experiência.

Vânia Catani já vinha de uma longa e importante carreira no audiovisual em Belo Horizonte, com atuação na televisão e no vídeo – foi idealizadora e produtora do Festival Internacional de Vídeo de Belo Horizonte/ Fórum BHZ Vídeo. Além disso, integrou a equipe do filme O Menino Maluquinho, de Helvécio Ratton, em 1994, como assistente de arte de Clóvis Bueno e Vera Hamburger.

Na Bananeira Filmes, Vânia Catani assinou o documentário O Fim do Sem Fim, de Lucas Bambozzi, Cao Guimarães e Beto Magalhães, em 2001. O filme foi premiado no Festival É Tudo Verdade, no Festival de Ceará, no Fórum.Doc.BH e também no Festival de Documentários de Marselha, na França.

Em 2003, Vânia Catani produz o melhor filme lançado em 2004, o arrebatador Narradores de Javé, segundo longa-metragem de Eliane Caffé, importante curta-metragista que se lançara em longa com outro belo filme, Kenoma, em 1998.

Protagonizado por José Dumont, Narradores de Javé é um filme divertido e tocante, verdadeiro gol de placa do cinema da retomada. Tudo é perfeito no filme: a direção, o elenco, o roteiro, e, claro, a produção, assinada pela Bananeira Filmes e co-produzida pela Gullane Filmes.

Narradores de Javé recebeu nove prêmios no Festival de Recife, incluindo Melhor Filme. Foi também Melhor Filme pelo Júri Oficial no Festival do Rio BR; Melhor Filme e roteiro no Festival Internacional de Bruxelas; Prêmio da Crítica no Festival de Fribourg, na Suíça.

Filmografia

:: Filmografia como Produtora ::

2017 :: O Filme da minha vida
2016 :: Redemoinho
2015 :: Mate-me por favor
2012 :: Billi Pig
2011 :: O Palhaço
2010 :: O País do Desejo
2003 :: Narradores de Javé
2001 :: O Fim do Sem Fim
1999 :: Outras Estórias

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

ALMEIDA, Paulo Sérgio; OLIVEIRA, José Maria de. (org.). Quem é Quem no Cinema. Rio de Janeiro: Iluminuras, 2003.

Internet:

FILMEB. Disponível no endereço: http://www.filmeb.com.br/. Acesso em: 26 de jan. de 2011.

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.