Veja esta Canção (1994)

Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sinopse

Veja Esta Canção foi dirigido por Carlos Diegues inspirado em canções de amor da música popular brasileira, escrita por quatro de seus maiores compositores contemporâneos: Gilberto Gil, Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso e Jorge Benjor.

As histórias de amor se passam em quatro regiões diferentes do Rio de Janeiro, abrangendo desde suas famosas praias, até o drama dos meninos de rua.

Elenco

Jorge, Adriana
Zalfa, Ana Claudia
Montanha, André
Berenguer, Caetano
Voss, Camila
Batista, Carolina
Monteiro, Celso André
Ribeiro, Edison
Pereira, Fernando
Bessa Jr., Geraldo
França, Gilberto
Francavilla, Guilherme
Souza Jr., Gilberto
Grupo Afrobrazil
Hsú Chien Hsin
Siqueira, Isabel
Paulo, Julia São
Bessa, Juliana
Moisés, Jurema
Niemayer, Katy
Martins, Leila
Rangel, Luciano
Senna, Luis Otávio
Gomes, Luís Pedro
Fernandes, Maria
Paulá, Maria
Vianna, Marlene
Bema, Mauro
Bessa, Natalia
Ferrari, Nico
Cachorrão, Paulo
Rudi Lagemann
Rio, Sergio Henrique de Souza
Carvalho, Silvia de
Hammer, Valeria
Lachtermarcher, Thaíssa

Ficha Técnica

Produção:
Companhia(s) produtora(s): Mapa Filmes; TV Cultura; Projeto Cultural Banco Nacional
Produção: Zelito Viana
Co-produção: Paula, Elano de
Direção de produção: Ramos, Eduardo
Produção executiva: Rudi Lagemann e Tania Lamarca
Produtor associado: Miguel Faria Jr.
Assistência de produção: Fábio Bruno

Produção – Dados adicionais
Secretaria de produção:
Coordenação de produção: Bruno, Fábio
Produção de locação: Magalhães, Rogério Emerson
Motorista: Oliveira, Andir de; Lemos, Ricado Silva; Cruz, Francisco José Mello; Café, Beto; Gomes Neto, Edmundo; Simões, Carlos; Oliveira, Paulo Faria de; Sampaio, José Carlos

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Riofilme; Sagre Vídeo

Direção: Carlos Diegues
Assistência de direção: Vicente Amorim e Isabel Diegues
Continuidade: Borges, Adriana; Monteiro, Madeleine

Fotografia
Assistência de câmera: Rocha, Marcelo; Damasceno, Celso; Brasil, Marcelo
Fotografia de cena: Justa, Luciana da

Dados adicionais de fotografia
Técnico de cor: Rob Filmes
Eletricista: Segovia, Nestor E.; Baiano; Cavalcanti, Pedro; Acerbi, Luiz Carlos
Assistente de eletrecista: Marajá; Guimba; Lopes, Carlos Alberto; Silva, Daniel da; Paulo, Allan
Maquinista: Barreto, Carlito; Hora, Julio
Auxiliar de maquinista: Ferreira, Geraldo

Som
Mixagem: Roberto de Carvalho
Sonografia: Rob Filmes

Dados adicionais de som
Operador de microfone: Calaça, Renato

Montagem
Edição: Tavares, Mair; Harley, Karen
Montagem de som: Maciel, Cristiano; Cox, Carlos

Direção de arte
Assistência de direção de arte: Egrejas, Fabiana; Akerman, Dorit; Pinheiro, Sebastião Oliveira
Figurinos: Kangussu, Cristina; Klay, Marise Von; Tomé, Sonia
Letreiros: Monteiro, Maurício
Títulos de apresentação: Lins, Rico; Nacif, Mauricio; Heitor, Mauro; Viana, Zelito

Dados adicionais de direção de arte
Assistencia de cenografia: Pinto, Luis Henrique Lopes
Contra-regra/acessórios de cenografia: Cequeira, Delanir Dias
Cabelereiro: Michelotti, Luiz; Monteiro, Maurício
Maquiagem: Michelotti, Luiz; Monteiro, Maurício

Música
Música-tema: Nascimento, Milton; Brant, Fernando

Dados adicionais de música
Instrumentista: Moreira, Elaine – percussão

Canção
Título: Veja esta canção;
Autor da canção: Nascimento, Milton e Brant, Fernando;
Intérprete: Nascimento, Milton;

Título: Pisada de elefante;
Autor da canção: Jor, Jorge Ben;
Intérprete: Jor, Jorge Ben;

Título: Drão;
Autor da canção: Gil, Gilberto;
Intérprete: Gil, Gilberto;

Título: Você é linda;
Autor da canção: Veloso, Caetano;
Intérprete: Veloso, Caetano;

Título: Samba do grande amor;
Autor da canção: Buarque, Chico;
Intérprete: Ricardo, Sergio e Djavan;

Título: Prato;
Autor da canção: Lobato, Marcelo;
Intérprete: Lobato, Marcelo e Bateria mirim da Mangueira;

Título: Deus;
Autor da canção: Israel, George; Dias, Sergio e Toller, Paula;
Intérprete: Kid Abelha;
Conjunto e banda: Kid Abelha;

Título: Que maravilha;
Autor da canção: Jor Jorge Ben e Toquinho;
Intérprete: Jor Jorge Ben;

Título: Arrastão;
Autor da canção: Scandurra, Edgard;
Intérprete: Ira!;
Conjunto e banda: Ira!;

Título: Nem sempre se pode ser Deus;
Autor da canção: Titãs;
Intérprete: Titãs;
Conjunto e banda: Titãs;

Título: Vamos dançar;
Autor da canção: Motta, Ed e Cardoso, Rafael;
Intérprete: Motta, Ed;

Título: Runaway love;
Autor da canção: Mcelroy, Thomas e Foster, Denzil;
Intérprete: En Vogue;
Conjunto e banda: En Vogue;

Título: Quilombo;
Autor da canção: Gil, Gilberto e Waly Salomão;
Intérprete: Gil, Gilberto;

Título: Paz, A;
Autor da canção: Gil, Gilberto e Donato, João;
Intérprete: Gil, Gilberto;

Título: Teteia;
Autor da canção: Kaê;
Intérprete: Banda Brasil;
Conjunto e banda: Banda Brasil;

Título: Aquela imagem;
Autor da canção: Dorileo, Rico e China, Marquinho;
Intérprete: Grupo Molejo;
Conjunto e banda: Grupo Molejo;

Título: Santa madrugada;
Autor da canção: Debétio, Paulo e Rezende, Paulinho;
Intérprete: Monteiro, Cristina;

Título: Alujá do rei Xangô;
Autor da canção: Gil, Gilberto;
Intérprete: Gil, Gilberto;

Título: Copacabana
Autor da canção: Frejat
Intérprete: Barão Vermelho
Conjunto e banda: Barão Vermelho

Bibliografia

Internet:

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros
Press-release
Riofilme/site
ALSN/DFB-LM
MBNC/6
CUIABÁ/2
Folha de S. Paulo, 02.05.1994
Press-release
Jornal do Brasil, 05.10.1994
Observações:
Press-release em sua ficha técnica indica e , além da maquiagem, cabelos. Para a produção de locação de , está indicado o .
Em memória de .
Jornal do Brasil de 05.10.1994 divulga que o filme VEJA ESTA CANÇÃO ganhou o
no .
Os letreiros do filme especificam a função de como 2§ assistente de direção.
Para a produção de locação, outras fontes creditam o nome de seguido da informação “()”.
Para as canções, os letreiros do filme apontam as seguintes informações: “Veja esta canção” – ; “Pisada de elefante” – ; “Drão” – ; “Você é linda” – e ; “Samba do grande amor” – ; “Deus” – ; “Que maravilha” – ; “Arrastão” – ; “Nem sempre se pode ser Deus” – e ; “Runaway love” – ; “Quilombo” – e ; “A paz” e “Alujá do rei Xangô” – ; “Teteia”, “Aquela imagem”, “Santa madrugada” e “Copacabana” – .

Print Friendly, PDF & Email
Compartilhe em suas Redes Sociais!
  • Twitter
  • Facebook
  • email
  • Google Reader
  • LinkedIn
  • BlinkList
  • Google Bookmarks
  • MSN Reporter
  • Myspace
  • Posterous
  • Tumblr
  • More

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.