Vera Fischer

Biografia

Depois passa a atuar como jurada em programas de TV mas sua beleza logo a leva aos cinemas em 1972, com o filme Sinal Vermelho, as Fêmeas. Atua em oito filmes em São Paulo. Até 1977 faz só cinema, e eventualmente teatro, quando recebe convite para integrar o elenco da novela Espelho Mágico pela TV Globo. Faz tanto sucesso que não para mais, alternando-se entre cinema, televisão e teatro, melhorando sua condição de atriz, a cada atuação. Participa de inúmeras novelas e minisséries como Brilhante (1981), Mandala (1987), Riacho Doce (1990), Perigosas Peruas (1992), Agosto (1993) e O Rei do Gado (1996). Por sua atuação no filme Amor, Estranho Amor, de 1982, dirigido por Walter Hugo Khouri, ganha o prêmio de melhor atriz no Festival de Brasília.

Vera Lúcia Fischer, em arte mais conhecida como Vera Fischer, é uma atriz brasileira nascida na cidade de Blumenau (SC), no Vale do Itajaí, no dia 27 de novembro de 1951.

Nascida em uma família de origem alemã, na cidade de Blumenau, foi eleita Miss Brasil em 1969, título que lhe deu projeção nacional. Em recente autobiografia, Fischer declarou que seu pai era nazista. Vera nunca teve uma boa relação com o pai.

Iniciou a carreira como atriz fazendo pornochanchadas, depois passou a fazer telenovelas e outros filmes. No cinema, interpretou personagens de Rubem Fonseca, Plínio Marcos e Nelson Rodrigues.

A beleza física da atriz é um dos seus atrativos. Sendo assim posou nua para a Revista Playboy em agosto de 1982 e em janeiro de 2000, sendo que nesse último ensaio fez fotos nua em Paris aos 48 anos clicada pelo renomado fotógrafo Bob Wolfenson.

Em 1998, volta ao teatro, na peça Gata em Teto de Zinco Quente, ao lado de Floriano Peixoto, seu namorado na época.

Em 1º de setembro de 1993, aos 41 anos, foi capa da Revista Veja – com a chamada de capa O Furacão Loiro aos 40 – sobre o grande momento que vivia em sua carreira profissional na minissérie Agosto, na peça Desejo, de Eugene O’Neill e em Forever, filme sexo-cabeça de Walter Hugo Khouri.

Em 2000, ganhou o prêmio Melhores do Ano – Domingão do Faustão, na categoria Melhor Atriz, por sua atuação como a protagonista Helena, na novela Laços de Família, de Manoel Carlos.

Em 2000, atuou em Laços de Família, um grande sucesso, na qual tem um romance com um homem muito mais jovem, Reynaldo Gianecchini, então em começo de carreira. Retorna em O Clone (2001), Agora é que São Elas (2003), Senhora do Destino (2004) e América (2005).

Apesar de ter feito inúmeros personagens importantes na Rede Globo como nas novelas Coração Alado, Brilhante, Mandala, Perigosas Peruas, Laços de Família (2000), O Clone (2001) e Caminho das Índias e nas minisséries Riacho Doce, Desejo, Agosto e Amazônia, de Galvez a Chico Mendes, a atriz se queixou recentemente, na mídia, da falta de bons convites e papéis para a TV: Para eu voltar às novelas quero um personagem de verdade. Sou uma atriz, definiu.

Foi indicada quatro vezes ao Troféu Imprensa, na categoria Melhor Atriz como: Luiza Sampaio em Brilhante em 1981, Jocasta Silveira em Mandala em 1987, Helena em Laços de Família em 2000 e Ivete em O Clone em 2001.

Em 2005, dirigiu dois vídeos trash: Sangria Desatada e Vermelho Sangue.

Em 2007, retornou à TV na minissérie Amazônia: de Galvez a Chico Mendes.

Tem dois filhos, Gabriela, de seu casamento de quinze anos com o ator Perry Salles, e Gabriel, com o ator Felipe Camargo, com quem teve conturbado relacionamento. Foi um período difícil para Vera, quando perdeu inclusive a guarda do filho Gabriel para o ex-marido.

Ao longo de sua carreira, tornou-se uma personalidade polêmica, devido principalmente ao seu conturbado relacionamento amoroso com o ator Felipe Camargo, que foi iniciado nos bastidores da novela Mandala, em 1987, quando ainda era casada com Perry Salles, o que levou a separação do casal e ela se casou com Felipe. Também é conhecida devida às notórias e violentas brigas com Felipe após o casamento, além de seu envolvimento com drogas por mais de 20 anos, o que a fez, inclusive, perder a guarda dos filhos diversas vezes, mas ela os recuperou e os criou.

É mãe de dois filhos: A atriz Rafaela Fischer, nascida em 1979, que teve com Perry Salles, e Gabriel, nascido em 1993, filho de Felipe Camargo.

Vera Fisher foi internada por decisão própria, em julho de 2011, numa clínica de reabilitação para dependentes químicos, na Barra da Tijuca, pois ainda não se livrou do vício em drogas. Essa é a terceira vez que está sendo internada. Sua beleza e plástica estonteantes fazem dela uma das mais belas mulheres brasileiras, além do comprovado talento artístico.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2002 :: Xuxa e os Duendes 2 – No Caminho das Fadas …. Rainha Dara
1997 :: Navalha na Carne …. Neusa Suely
1993 :: Fala Baixo, Senão Eu Grito
1991 :: Forever (Per Sempre) (Brasil/Itália)
1990 :: The Fifth Monkey (O Quinto Macaco) (EUA) …. Mrs. Watts
1989 :: Doida Demais …. Letícia
1985 :: Eu te Amo
1984 :: Amor Voraz …. Anna
1984 :: Quilombo …. Ana de Ferro
1983 :: Perdoa-me por me traíres …. Judite
1982 :: Amor Estranho Amor …. Anna
1982 :: Dora Doralina …. Dora
1981 :: Eu te Amo …. Barbara Bergman
1981 :: Bonitinha, mas Ordinária ou Otto Lara Resende …. Ritinha/Bonitinha
1980 :: Perdoa-me por me Traíres
1975 :: Intimidade …. Tânia Velasco
1974 :: Essa Gostosa Brincadeira a Dois …. Lígia
1974 :: As Mulheres que Fazem Diferente (Episódio: Uma Delícia de Mulher)
1974 :: As Delícias da Vida …. Fernanda
1973 :: Macho e Fêmea …. Juliano (mulher)
1973 :: A Super Fêmea …. Eva
1973 :: Anjo Loiro …. Laura
1972 :: Sinal vermelho – As fêmeas

:: Filmografia como Ela Mesma ::

2002 :: ¿Quién es Alejandro Chomski? (Argentina) (depoimento).

Publicações

FISCHER, Vera. Serena. Rio de Janeiro: Litteris, .
______. Um Leão por dia. Rio de Janeiro: Editora Globo, 20.
______. Vera: a Pequena Moisi. Rio de Janeiro: Editora Globo, 2007.

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

ALMEIDA, Paulo Sérgio; OLIVEIRA, José Maria de. (org.). Quem é Quem no Cinema. Rio de Janeiro: Iluminuras, 2003.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Vera Fischer. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/vera-fischer/
WIKIPEDIA. Vera Fischer. Disponível no endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Vera_Fischer

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.