Waldir Onofre (1934-2015)

Biografia

FOTO Waldir OnofreWaldir Onofre foi um cineasta brasileiro nascido no ano de 1934.

Waldir Onofre foi, antes de tudo, um ator experiente com quatro anos de Conservatório de Teatro e atuações em peças e filmes, que em 1975 colocou como protagonista de seu longa-metragem uma mulher branca casada tendo fantasias com um operário negro (papel representado pelo próprio Waldir) e depois tendo um caso com um artista negro (Haroldo de Oliveira), provocando a discussão racial na sociedade ainda mais racista da década de 1970, e através de um olhar negro sobre o tema.

Como cineasta, Waldir Onofre é o pioneiro do Cinema Negro dirigido por negros, inaugurando um cinema racial-histórico de ficção que mostra o português querendo abusar de nossas mulheres brasileiras, o quase-branco marido brasileiro manipulável e fraco, e o negro brasileiro, artista e bom amante, que é atacado pelo português, com capangas. Mas o português perde porque o negro tem a capoeira a seu favor. Feitos sob a pressão do mercado cinematográfico da época por filmes de pornochanchada, As aventuras amorosas de um padeiro.

Coadjuvante bastante considerado pelo tipo físico, expressividade facial e o talento interpretativo, filmou quase sempre atuando em papéis de vilão. Começou a trabalhar desde criança, como serralheiro e ferreiro. Fez um curso técnico de rádio e televisão, passando a viver dos consertos em aparelhos eletrônicos. Conseguiu juntar algum dinheiro, com o qual passou a fazer um curso de interpretação por correspondência. Em 1953, descobriu o curso de interpretação de Berliet Junior, produtor da Rádio Nacional. Três anos depois matriculou-se no Conservatório Nacional de Teatro, onde estudou até 1960. Estudou com João Bethencourt e fez estágio com o ensaiador americano Jack Brown, discípulo de Constantin Stanislavski.

Estreou profissionalmente no teatro com uma montagem de O Contato drama americano encenado em 1960. Seu desempenho chamou a atenção do diretor Miguel Borges que o chamou para protagonizar o episódio Zé da Cachorra, incluído no longa Cinco Vezes Favela.

Tornou-se colaborador regular de Borges, com quem filmou Perpétuo contra o Esquadrão da Morte, Canalha em Crise e Maria Bonita, rainha do cangaço. Ao mesmo tempo, iniciava sua carreira por trás das câmeras, como assistente de direção de Canalha em crise.

Em 1968, montou a primeira peça da sua escolinha de teatro, Papai Noel e os dois ladrões, um texto do antigo professor João Bethencourt.

Manteve a carreira como ator de cinema, marcado pelos papéis de vilão, até que conseguiu chamar a atenção de Nelson Pereira dos Santos, que o convidou para atuar em O amuleto de Ogum. Mais do que isso, o cineasta incentivou Onofre a se expressar também realizando os próprios filmes. O resultado foi As aventuras amorosas de um padeiro: adultério à suburbana, uma comédia de costumes sobre a vida suburbana que também abordava o tema do racismo. Produzido por Nelson Pereira dos Santos, foi o único longa dirigido por Onofre. O filme ganhou o Kikito de Ouro no Festival de Gramado de 1976.

Vieram em seguida os curtas que, a exemplo de As aventuras amorosas de um padeiro: adultério à suburbana, retratavam os hábitos e costumes do subúrbio do Rio de Janeiro, como Clóvis, a alegria do carnaval suburbano.

Idealizou um projeto de uma agência de figuração dedicada exclusivamente a atores negros, que finalmente saiu do papel na década de 1980. Continuou atuando esporadicamente, com participações em teatro e nas telenovelas Irmãos Coragem e O homem que deve morrer.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

1975 :: As aventuras amorosas de um padeiro: adultério à suburbana

:: Filmografia como Ator ::

2004 :: Lost Zweig
1998 :: Mauá: O Imperador e o Rei
1996 :: O Que é Isso, Companheiro?
1994 :: A Terceira Margem do Rio
1989 :: Doida Demais
1989 :: Jorge, um Brasileiro …. Telmo
1988 :: Sonhei com Você
1987 :: Lili, a Estrela do Crime
1987 :: Leila Diniz
1987 :: Running Out of Luck …. Guarda
1987 :: Jubiabá
1986 :: O Homem da Capa Preta
1984 :: Memórias do Cárcere
1984 :: Quilombo
1979 :: O Caso Cláudia
1978 :: A Dama do Lotação
1976 :: Marcados para Viver …. Branquinho (participação especial)
1975 :: As aventuras amorosas de um padeiro: adultério à suburbana
1974 :: O amuleto de Ogum
1973 :: Sagarana, o Duelo
1972 :: Toda Nudez Será Castigada …. Bêbado que briga com Serginho
1972 :: Jesuíno brilhante, o Cangaceiro
1971 :: Emboscada
1971 :: O Barão Otelo no Barato dos Bilhões …. Operário
1970 :: Os Senhores da Terra
1969 :: Macunaíma
1967 :: Perpétuo contra o Esquadrão da Morte
1965 :: A Falecida
1965 :: Canalha em Crise
1964 :: Ganga Zumba – Rei dos Palmares
1962 :: Cinco vezes favela …. Zé da Cachorra

:: Filmografia como Roteirista ::

1975 :: As aventuras amorosas de um padeiro: adultério à suburbana

:: Filmografia como Assistente de Direção ::

1994 :: A Terceira Margem do Rio
1984 :: Memórias do Cárcere
1967 :: Perpétuo contra o Esquadrão da Morte

:: Filmografia como Ele Mesmo ::

1979 :: Waldir Onofre

Bibliografia

Livros:

RODRIGUES, João Carlos. O Negro no Cinema Brasileiro. : Pallas Editora, 2001

LEÃO, Antônio. Dicionário de Cineastas.

LEÃO, Antônio. Dicionário de Filmes. : , .

RAMOS, Fernão, e MIRANDA, Luiz Felipe. Dicionário do Cinema Brasileiro. São Paulo: Senac-SP, 2000. Pág. 406

Internet:

INVERTA. Morre Waldir Onofre, o cineasta do povo. Disponível no endereço: http://inverta.org/jornal/edicao-impressa/476/cultura/morre-waldir-onofre-o-cineasta-do-povo/

SATED-RJ. Morre no Rio o cineasta Waldir Onofre. Disponível no endereço: http://www.satedrj.org.br/noticias/379-morre-no-rio-o-cineasta-waldir-onofre/. Acessado em: 08 de janeiro de 2015.

WIKIPEDIA. https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Waldir_Onofre/

Print Friendly, PDF & Email

Sobre História do Cinema Brasileiro

Site do História do Cinema Brasileiro.