fbpx

10 Filmes Espíritas Brasileiros

Separamos 10 importantes filmes espíritas produzidos pelo cinema nacional para quem deseja um entretenimento com um olhar singular sobre a doutrina espírita e suas crenças. São eles:

01 – Kardec – A História por Trás do Nome (2019)

Cinebiografia dirigida por Wagner de Assis, que conta a história do educador francês Hypolite Leon Denizard Rivail, reconhecido mais tarde como Allan Kardec. Além de tradutor e escritor, Kardec (Leonardo Medeiros) é conhecido por ter decodificado o espiritismo, uma das religiões mais praticadas no Brasil. O longa é baseado no livro Kardec – A Biografia, de Marcel Souto Maior.

02 – Chico Xavier – O Filme (2010)

Dirigido por Daniel Filho, Chico Xavier é uma adaptação para o cinema que descreve a trajetória do médium Chico Xavier, que viveu 92 anos desenvolvendo importante atividade mediúnica e filantrópica. Vida conturbada, com lutas e amor. Seus mais de 400 livros psicografados, consolaram, pregaram a paz e estimularam caridade. Fênomeno? Fraude? Os Espiritos existem? Para os admiradores mais fervorosos, foi um santo. Para os descrentes, no mínimo, um personagem intrigante.

03 – Nosso Lar (2010)

Dirigido por Wagner de Assis, após a morte do seu corpo físico, famoso médico acorda no mundo espiritual e vai viver numa colônia que paira sobre a Terra, onde terá que aprender novos valores morais e vencer a saudade da família na Terra.

04- Bezerra de Menezes: O Diário de um Espírito (2008)

Filme dirigido por Glauber Filho e Joe Pimentel. O universo sertanejo permeia a trama dessa cinebiografia de Bezerra de Menezes desde sua infância, passando pela adolescência até a vida adulta. Aos dezoito anos, o protagonista inicia no Rio de Janeiro seus estudos de medicina. Na então Capital da República, elegeu-se vereador e deputado em várias legislaturas e defendeu as idéias abolicionistas. Mas o que lhe trouxe o maior reconhecimento de seu povo foi o trabalho anônimo realizado em prol dos desfavorecidos. Por conta disso, ficou conhecido como o “Médico dos Pobres”. Seja como político devotado às causas humanitárias ou como médico conhecido por jamais negar socorro a quem batesse à sua porta, Bezerra de Menezes tornou-se um exemplo de homem e escreveu uma história de vida marcada pelo amor e pela caridade.

05 – E a vida continua… (2012)

Filme dirigido por Paulo Figueiredo. Quando o carro da bela e jovem Evelina (Amanda Costa) quebra na estrada, ela não faz ideia de como seus caminhos serão profundamente alterados para sempre. Socorrida pelo gentil Ernesto (Luiz Baccelli), Evelina logo fica sabendo que tanto ele como ela estão indo exatamente para o mesmo hotel. Coincidência? Talvez, mas Ernesto não acredita em coincidências. Imediatamente eles desenvolvem uma amizade tão sólida que persistirá quando ambos passam para o outro plano. Será ali, do outro lado da vida, que Evelina e Ernesto enfrentarão enormes dificuldades e desafios, onde não faltarão surpresas e surpreendentes revelações?

06 – Menina Indigo

Filme dirigido por Wagner de Assis. Eles já estão entre nós… As crianças dos novos tempos já vivem entre nós. São portadoras de altas habilidades, são promotoras de novas formas de convivência. Sofia, uma criança de 8 anos rejeitada na escola porque já sabe tudo, resolve morar com o pai porque está na hora de fazer ele e sua mãe se amarem de novo.

07 – As Mães de Chico Xavier (2011)

Filme de Glauber Filho e Halder Gomes, que conta a história na qual três mães vêem sua realidade se transformar por completo… São elas: Ruth (Via Negromonte), cujo filho adolescente, Raul (Daniel Dias da Silva), enfrenta problemas com drogas; Elisa (Vanessa Garbelli), que tenta suprir a ausência do marido dando total atenção ao filho, o pequeno Théo (Gabriel Pontes), e Lara (Tainá Müller), professora que enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada. Essas três mulheres, vivendo momentos distintos de suas vidas, buscam conforto junto a Chico Xavier (Nelson Xavier). E o repórter Karl (Caio Blat) permanece insistindo em entrevistar o médium, mesmo sem estar preparado para isso…

08 – Divaldo – O Mensageiro da Paz (2019)

Dirigido por Clovis Mello, o longa mostra a dificuldade inicial do baiano em lidar com a mediunidade, que surgiu quando ele tinha 4 anos. Visto por muitos como louco por conversar com os mortos, Divaldo decide, aos 17 anos, se mudar para Salvador e usar seu dom para ajudar as pessoas. Sob a orientação de sua guia espiritual, Joanna de Ângelis (Regiane Alves), ele se torna um dos mais importantes líderes espíritas do mundo. O filme mergulha na história deste homem simples e caridoso que publicou 270 livros e construiu uma obra social que hoje tem mais de 50 prédios, retirou mais de 160 mil pessoas da miséria nas últimas sete décadas e atende cerca de 5 mil pessoas por dia (entre crianças, adolescentes, adultos e idosos).

09 – O Filme dos Espíritos (2011)

Dirigido por André Mouroço, o filme conta a história de Bruno Alves que, por volta dos 40 anos, perde a mulher e se vê completamente abalado. A perda do emprego se soma à sua profunda tristeza e o suicídio lhe parece a única saída. Nesse momento, ele entra em contato com O Livro dos Espíritos, obra basilar da doutrina espírita. Há também uma dedicatória no exemplar: “esta obra salvou-me a vida. Leia-a com atenção e tenha bom proveito.” A partir daí, o protagonista da história começa uma jornada de transformação interior rumo aos mistérios da vida espiritual.

10 – Causa e Efeito (2014)

Dirigido por André Morouço, o filme é um drama espírita que conta a história de Paulo, um policial que tinha uma vida tranquila até que um motorista alcoolizado atropela e mata sua esposa e filho. O motorista não é preso e revoltado Paulo torna-se justiceiro. Contratado para dar fim a uma garota de programa chamada Madalena, ele se sensibiliza com a história dela e coloca-se em fuga com a moça. Na fuga, o casal se apaixona e juntos reajustam suas condutas de vida, auxiliados por um trio de religiosos: um padre, um pastor e um espírita. Ao longo da trama os protagonistas alcançam o amor, a paz e a iluminação.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.